Com o novo padrão de vida, a maior parte das pessoas está inativa fisicamente. Os governos tem investido muito dinheiro para transmitir o quão importante é se exercitar seja de forma programada ou lúdica. Com uma vida mais ativa, a pessoa consegue melhorar e muito a sua qualidade de vida, além de controlar e combater várias doenças como, por exemplo, a obesidade e a diabetes.

Diversos estudos comprovam cientificamente que a atividade física regular é um forte e importante aliado para combater as doenças crônicas não transmissíveis. Mas, o atual padrão de vida do ser humano moderno caminha para o lado contrário disso, ou seja, o sedentarismo é cada vez maior e o número de pessoas com estas doenças também.

As pessoas que estão atentas à alimentação correta e que geralmente tem acompanhamento de um nutricionista sabem da existência da pirâmide alimentar. Nela, há uma representação esquemática que mostra os tipos de nutrientes existentes nos alimentos e quais as quantidades que devemos ingerir diariamente.

Agora vai uma pergunta, você sabia que existe a pirâmide do exercício físico? Ela foi criada pelo Departamento de Saúde dos Estados Unidos no ano de 1996. Eles perceberam a importância da pessoa se manter ativa como ferramenta primordial para a prevenção de diversas doenças e promoção da saúde.

O que é pirâmide do exercício físico?

Pirâmide do exercício físico e suas indicações!

O que é pirâmide do exercício físico?

Com o objetivo de representar visualmente estes benefícios e alertar sobre os riscos, eles criaram um esquema para orientar as pessoas, mostrando qual a quantidade e quais são os tipos de exercícios que devem ser praticados.

Além dos benefícios já citados, o aumento do nível de atividade física, ou seja, as atividades de lazer sem objetivos definidos, podem sim auxiliar no emagrecimento, já que na sua pratica também há o aumento de gasto calórico diário.

Já falamos em nosso site, sobre os benefícios e a importância da atividade física, unido a isso, a pirâmide do exercício físico surge com um modelo de indicação básica de diversas praticas que não provoquem danos à saúde. Você sabe qual o seu lugar na pirâmide? Vejam a imagem da pirâmide do exercício físico a seguir:

Para o que serve a pirâmide do exercício físico?

Pirâmide do exercício físico, qual a sua posição?

Primeiro andar da pirâmide – Atividades diária

Você deve compreender que os exercícios e atividades não precisam ser exatamente os que foram representados na pirâmide, eles são apenas exemplos. Na base da pirâmide, encontramos as atividades físicas. Elas são ações que você provavelmente realiza de forma natural sem imaginar que são benéficas para a sua saúde, são elas: caminhar, subir escadas, fazer faxina, lavar um carro, lavar louça, etc.

Se você observar bem, com apenas poucas mudanças na sua rotina diária, você já pode fazer parte da base da pirâmide. Subir as escadas ao invés de pegar o elevador, ir à padaria ou ao supermercado de bicicleta ou simplesmente levar o cachorro para passear, são exemplos de simples mudanças que lhe fará muito bem.

Segundo andar da pirâmide – Atividades de lazer e exercícios aeróbicos

Subindo na pirâmide chegamos à segunda parte, nela nós encontramos as atividades que precisam ser realizadas 3 a 5 vezes por semana. Estas atividades são classificadas como recreativas e a sua duração deve ser entre 30 e 50 minutos diários.

As modalidades esportivas se encaixam neste grupo, ou seja, praticar vôlei, futebol, basquete, dança, artes marciais ou tênis. Você também pode focar nas atividades aeróbicas como: Natação, pedalada e corrida, todas elas são indicadas e oferecem inúmeros benefícios!

Terceiro andar da pirâmide – Treinos de flexibilidade e força

Chegamos agora na terceira parte da pirâmide, nela estão os exercícios específicos, mas como assim? São aqueles com objetivos definidos, ou seja, são as atividades que trabalham a força como, por exemplo, musculação, flexões e abdominais. E também estão os exercícios que trabalham a flexibilidade, por exemplo: alongamentos, ioga e ginástica. O indicado é que a pessoa trabalhe as atividades deste grupo 2 ou 3 vezes por semana.

Quarto andar da pirâmide – Inatividade

Chegando ao pico da pirâmide encontramos a parte mais crucial, no alto não está o melhor, mas sim o que você deve ser evitado ou fazer o menor tempo possível. Os especialistas indicam que quanto menor for o tempo em frente à TV, jogando vídeo game ou usando o computador, menores serão os riscos para sua saúde.

Para te ajudar a passar menos tempo nestas condições indesejadas, a melhor coisa a fazer é planejar atividades para o dia e ocupar o seu tempo com ações fisicamente ativas. Quando a pessoa não tem ocupações, fatalmente ela cairá no grupo do pico da pirâmide.

Para te ajudar a compreender ainda melhor a pirâmide, encontramos um vídeo que fala de uma forma bem clara e objetiva sobre os andares da pirâmide e suas indicações, confiram abaixo!

Considerações finais

Talvez você que esteja lendo este artigo, não seja classificado como inativo, mesmo que você seja um praticante assíduo de exercícios físicos este artigo tem um grande valor. Além de confirmar que você está no caminho certo, você está conhecendo novas opções de modalidades e exercícios que você pode experimentar e aumentar ainda mais a sua motivação e o bem estar durante os treinos.

Tudo que você puder fazer para promover uma saúde melhor, deve ser feito. Diversos estudos mostram que ao unir uma alimentação balanceada com uma prática regular de exercícios físico, você tem os 2 principais componentes de prevenção de doenças crônicas. Portanto, está mais do que na hora de você mudar o estilo de vida.

Antes de finalizar mais um artigo, não podemos deixar de falar da importância de obter uma liberação médica para se exercitar e é claro, contar com um acompanhamento profissional para a realização dos exercícios de forma correta. Os alongamentos, exercícios de força e os aeróbicos tem muitos benefícios para oferecer, mas sem orientação adequada, os riscos superam estes benefícios.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

4 comentários para “Pirâmide do exercício físico! O que é? Onde você está?”

  1. Thaynara

    Adorei o post! Parabéns professor?

    Responder
    • Bruno

      Muito obrigado pela leitura minha amiga, espero que continue nos visitando e que goste das informações postadas!

      Responder
  2. Cintia Braga

    Muito bom. Parabéns!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)