Durante o período gestacional o corpo da mulher sofre diversas mudanças hormonais como, por exemplo, aumento de líquido e do fluxo sanguíneo. Além disso o centro de gravidade também sofre alterações e tudo isso faz com que a mulher se sinta mais cansada.

O controle do peso corporal faz com que muitas mulheres busquem iniciar uma rotina de exercícios, além é claro daquelas que já eram ativas e querem manter a prática. Mas até que ponto, a prática de atividade física durante a gestação faz bem para a saúde da gestante e do bebê?

Gestante pode praticar atividade física?

Na opinião de diversos especialistas, a atividade física só faz bem para as gestantes quando são realizadas com moderação. Grande parte das atividades podem ser realizadas sem riscos para a mãe e para o bebê, desde que as mesmas sejam orientadas por um profissional capacitado.

Além de controlar o peso corporal e a pressão arterial, a atividade física também previne a diabetes gestacional, reduz as dores lombares e prepara a gestante para o parto normal. Assim como acontece com todas as pessoas que se exercitam, existe um importante fortalecimento muscular, no caso das gestantes, isso é fundamental para ajudar na manutenção da boa postura, que é bastante afetada durante a gravidez.

Cuidado com os exageros na gestação

Exercícios de alta intensidade, com muita exposição ao sol ou com muito impacto são contra indicados para as gestantes. Os especialistas alertam que as atividades nestas condições, podem provocar lesões articulares e musculares nas gestantes e problemas no crescimento do bebê ou parto prematuro.

Para saber se a gestante está exagerando na realização da atividade física, basta que ela fique atenta aos sinais de excesso, são eles: vermelhidão, transpiração excessiva, taquicardia e tontura.

Quais as melhores atividades físicas para as gestantes?

Na sequência de nosso artigo vamos apresentar quais as atividades mais seguras e benéficas paras as gestantes. Vejam porque os especialistas as indicam e quais requerem cuidados especiais.

Hidroginástica na gestação

A hidroginástica é uma das atividades mais indicadas, ela trabalha força, resistência muscular e estimula a parte cardiovascular. Como a água reduz o peso corporal, a realização dos exercícios fica mais relaxante e a existência quase zero de impacto, faz com que a hidroginástica ofereça benefícios de uma maneira muito segura para as gestantes.

Quais as melhores atividades físicas para as gestantes?

Quais os benefícios da atividade física para a gestante?

Musculação na gestação

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a musculação é muito importante para as gestantes. Os exercícios realizados tendem a fortalecer os músculos e articulações. Os especialistas informam que estes exercícios devem ser realizados com controle da pressão arterial e frequência cardíaca.

Ioga na gestação

Esta é outra excelente opção para as gestantes! A Ioga estimula o relaxamento muscular, flexibilidade corporal e fortalecimento da pelve, além de exercitar o controle da respiração, que será muito importante para as mamães que terão parto normal

Existem locais que oferecem aulas de Ioga específicas para as mulheres grávidas, neste caso os benefícios serão ainda maiores, mas se na sua região não tiver esta opção, basta que você informe ao professor sobre a sua gravidez, desta forma ele irá indicar apenas movimentos que melhor se adaptem à sua condição.

Natação na gestação

A natação é uma excelente forma de trabalhar o sistema cardiovascular e assim como a hidroginástica, as atividades na água são as mais indicadas por favorecer o relaxamento e trabalhar o fortalecimento muscular sem grandes riscos devido ao baixo índice de impacto.

Alongamento na gestação

Os alongamentos são fundamentais para a gestante, visto que durante a maturidade gestacional, diversas mudanças com relação ao centro de gravidade vão ocorrendo. Os alongamentos favorecem um melhor funcionamento dos músculos e articulações que sofrem sobrecarga constante neste período, ou seja, os alongamentos favorecem esta adaptação e alivia bastante as dores.

Pilates na gestação

As mulheres que já praticavam antes de engravidar podem continuar naturalmente, devendo apenas informar da sua gravidez para que haja adaptação dos exercícios para a sua condição. As mulheres que nunca praticaram antes também podem iniciar no Pilates, porém o controle quanto aos movimentos deve ser ainda mais rigoroso, visto que ela ainda não possui muita experiência nos mesmos e alguns exigem uma boa coordenação motora e um bom equilíbrio.

Caminhada na gestação

A caminhada é super indicada do começo ao fim da gravidez. A redução da pressão arterial e o controle do peso corporal são importantes benefícios que a caminhada irá oferecer para a gestante. As mulheres que caminham com frequência, conseguem melhorar a sua dilatação, ou seja, sendo uma excelente opção para as que querem ter parto normal.

Dança na gestação

A dança também é liberada para as gestantes, mas lembrando que como é considerada uma atividade aeróbica, a pessoa deve ficar atenta à intensidade e duração da mesma. A pessoa também precisa de uma boa flexibilidade e equilíbrio para realizar alguns movimentos.

Quais atividades físicas não são indicas para as gestantes?

A corrida é uma delas, mesmo que a pessoa já seja experiente nesta modalidade, o alto índice de impacto pode ser perigoso para as articulações da mulher. Isso sem falar que a constante alteração do centro de gravidade fará com que ela tenha uma dificuldade maior de se adaptar à postura correta.

As atividades como jump, step, vôlei ou qualquer outra que exija realização de saltos também entram nesta lista de contra indicadas.  As atividades com alto índice de impacto, realização de saltos e quedas, aumentam consideravelmente as chances de rompimentos de ligamentos.

Trouxemos um vídeo com a opinião de uma gestante sobre a atividade física na gravidez. Nele você também saberá qual é a visão de uma médica obstetra sobre este assunto. Confira a seguir:

Considerações Finais

O primeiro e mais importante passo é conseguir a liberação médica para realizar atividades físicas durante a gestação, mesmo que você já seja ativa, esta será uma nova realidade e uma orientação profissional é fundamental.

As mulheres ativas e que nunca tiveram um caso de aborto podem continuar suas rotinas de atividades físicas apenas promovendo as adaptações indicadas. Para as mamães que eram inativas, a indicação é que elas iniciem os exercícios somente depois da 12ª semana de gestação.

Ambos os grupos podem praticar as atividades até a época do parto, mas é fundamental ir reduzindo gradualmente a intensidade, para que isso seja realizado da forma mais correta possível, o acompanhamento de um profissional de Educação Física é importantíssimo.

Compreender que no período da gestação não é uma fase para aumentar o desempenho, mas sim visar a promoção e manutenção da boa saúde da mãe e do bebê, sem dúvidas é a chave do sucesso.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)