Você sabe quais são os sintomas da falta de exercício físico? É muito importante conhecer todas as doenças causadas pela inatividade física. Muitas pessoas perguntam porque sentem tantas dores no corpo e uma das respostas pode ser por não se exercitar regularmente! Neste artigo vamos falar quais são os 4 principais riscos da falta de exercício físico.

Atividade física: Qual a importância?

Para ter uma boa saúde e bom funcionamento de todos os sistemas do nosso organismo, é necessário se alimentar muito bem, ou seja, mantenha uma dieta alimentar balanceada. Além disso, é importante se manter fisicamente ativo, para isso deve-se inserir atividades físicas em sua rotina semanal, o mínimo indicado são 3 vezes por semana, por pelo menos 30 a 40 minutos.

O nível de sedentarismo no Brasil é algo assustador, de acordo com os resultados de uma pesquisa feita pelo Ministério do Esporte, aproximadamente 46% dos brasileiros são classificados como sedentários, ou seja, quase metade da população está fisicamente inativa e propensa a sofrer as suas graves consequências.

Quais os sintomas da falta de exercício físico?

Se manter fisicamente inativo é muito perigoso e você sofrer com vários problemas de saúde e desenlevável graves doenças!

Falta de exercício físico: Os 4 piores riscos

Mesmo com uma rotina extremamente agitada em casa, nos estudos e/ou no trabalho, as pessoas precisam compreender que uma vida sedentária é muito arriscada. São diversos problemas e doenças relacionadas com o sedentarismo e na sequência do artigo você vai conhecer os 4 principais riscos.

Consequências do sedentarismo: Doenças Cardíacas

De acordo com uma pesquisa realizada com 30 mil pessoas na Austrália, os cientistas da Universidade de Queensland afirmam que o desenvolvimento de doenças cardíacas é um dos riscos mais comuns da falta de exercício físico, principalmente entre as mulheres. O estudo constatou que além da inatividade física, o tabagismo foi o maior agravante sobre os riscos de doenças cardíacas. Os especialistas frisam que quanto mais velho, maiores são os riscos de doenças relacionadas à falta de atividade física.

Consequências do sedentarismo: Diabetes

O número de pessoas diagnosticadas com diabetes cresce alarmantemente ano a ano no mundo todo! Uma das causas desta doença é justamente a falta de atividade física regular. Portanto, as pessoas fisicamente inativas estão mais propensas a desenvolver diabetes do tipo 2. A perda de peso melhora a resistência à insulina, isso é muito importante uma vez que o organismo de uma pessoa com diabetes, não usa esse hormônio de maneira adequada, consequentemente os níveis da glicose sanguínea aumentam muito.

Consequências do sedentarismo:  Obesidade

As pessoas que não tem uma rotina regular de exercícios físicos, correm graves riscos de se tornarem obesos, principalmente se estas pessoas não se preocupam com uma alimentação saudável. Portanto, se o indivíduo não se exercita e ainda se alimenta mal, o excesso de gordura armazenada pelo organismo será enorme e o ganho de peso será cada vez maior. É muito importante estar atento aos riscos da obesidade.

Consequências do sedentarismo: Osteoporose

Quanto menos a pessoa se move, menores são estímulos e impactos importantes para o fortalecimento ósseo. Sendo assim, o sedentarismo é uma das principais causas da osteoporose nas pessoas. Esta doença ocorre quando há uma redução na densidade dos ossos, o que acaba os deixando muito mais fracos e elevando os riscos de fraturas. A prática de exercício físico regular pode prevenir este problema, mas para as pessoas que já tem esta doença, se exercitar pode ser muito perigoso, então ela precisa contar com um acompanhamento muito mais especifico e realizar exercícios com o mínimo de impacto possível.

Considerações Finais

Estamos chegando ao final deste artigo e esperamos que você tenha compreendido os riscos de se manter fisicamente inativo. Se você vem levando uma vida sedentária, mude os seus hábitos o mais rápido possível e se você conhece alguém que se enquadra neste problema, indique este artigo e nos ajude a propagar estas importantes informações.

Sempre que falamos de atividade física e alimentação, frisamos sobre a importância de contar com a orientação e acompanhamento de profissionais capacitados. Portanto, busque um nutricionista para cuidar da sua alimentação e um educador físico para te ajudar no planejamento e execução das atividades físicas, evite os riscos desnecessários.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)