O que é osteoporose e quais são as suas causas? Vamos apresentar as respostas desta pergunta e te informar qual é o tratamento para esta doença. Vejam também como você pode prevenir a osteoporose.

Osteoporose: O que é?

É uma doença que acelera a perda de massa óssea. Esta perda já ocorre naturalmente com o envelhecimento, mas para as pessoas que tem osteoporose, a degradação é muito maior. As mulheres são maioria nos casos de osteoporose e isso tem relação com a pós-menopausa.

A região da coluna vertebral, o fêmur e o pulso são as áreas mais afetadas pela osteoporose. Estudos apontam que esta doença está entre os maiores problemas de saúde mundial.

Quais as causas da osteoporose?

O que é osteoporose e quais as formas de evitar esta doença?

Osteoporose: Fatores de risco?

  • Pele branca
  • Sedentarismo
  • Pessoas muito pequenas
  • Pessoas muito magras
  • Consumo excessivo de bebida alcoólica
  • Consumo excessivo de cigarro
  • Baixa ingestão de cálcio
  • Baixa ingestão de vitamina D
  • Efeitos colaterais de medicamentos
  • Hereditariedade

Osteoporose: Quais os sintomas?

Ela é considerada como uma doença silenciosa por quase nunca apresentar sintomas. Diversas pessoas só descobrem a doença quando acontece algum acidente como uma fratura ou queda. Dores intensas nas costas e diminuição de estatura são dois possíveis sinais de fraturas causadas pela osteoporose.

Se você faz parte do grupo entre os fatores de risco citados acima, não deixe de realizar exames preventivos regularmente. O melhor exame é a Densitometria Óssea e é recomendado regularmente para o grupo dos fatores de risco. Já para as pessoas que estão fora deste grupo, a indicação é a partir dos 65 anos.

Osteoporose: Prevenção!

  • Alimentação – Uma dieta alimentar saudável te ajuda demais na prevenção da osteoporose! Deve existir a ingestão regular de alimentos ricos em cálcio que é de extrema importância na prevenção e combate a osteoporose. É possível encontrar cálcio em laticínios, feijão branco e verduras escuras, por exemplo.
  • Vitamina D – Esta vitamina é solúvel em gorduras e é naturalmente produzida e absorvida pelo organismo quando a pessoa realiza atividades ao ar livre e toma sol. Quando a vitamina D é ingerida oralmente, ela é absorvida com as gorduras pelas paredes intestinais.
  • Exercícios físicos – Se exercitar regularmente também é muito importante! Durante os exercícios, os movimentos e impactos causam um estresse ósseo importante para promover um fortalecimento dos ossos.

Osteoporose: Tratamento!

Existem tratamentos muito eficazes para esta doença, mas é preciso compreender que nenhum deles irá reverter totalmente a perda óssea que você já teve e nem fazer com que esta perda pare de acontecer, mas o tratamento é fundamental para reduzi-la.

O tratamento depende do grau da sua osteoporose. O médico pode indicar o uso de medicamentos à base de cálcio e vitamina D, além de uma exposição moderada ao sol e praticar exercícios físicos leves. Para as mulheres, além destes tratamentos citados, também pode ocorrer uma terapia hormonal.

Considerações finais

Consultar o médico e realizar os exames regularmente é a melhor forma de afastar as chances de sofrer graves problemas com a osteoporose. Note que a pessoa sedentária está muito propensa a ter este problema. A sua inatividade física, acompanhada de longos períodos dentro de casa sem tomar sol, são dois terríveis agravantes.

Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe nos comentários que iremos responder. Se você conhece alguém com este problema, indique este artigo para ela ou informe todas as dicas que aprendeu.  Ajude-nos a propagar a boa saúde.

Para finalizar, indicamos que jamais tome medicamentos para osteoporose por conta própria, a auto medicação é muito perigosa! Para quem tem problemas de densidade óssea, os exercícios físicos precisam ser muito bem dosados e escolhidos. Para controlar isso, é muito importante contar com a orientação de Educador Físico.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)