Manter os bons níveis de vitaminas no organismo é fundamental para quem quer ter uma boa saúde! Não adianta ter ótimos níveis de Vitamina C, Vitamina D e ter deficiência em outras vitaminas como por exemplo, as Vitaminas do complexo B.

Sendo assim, você precisa consumir alimentos com nutrientes variados para não ter deficiência de nenhum nutriente essencial. Neste artigo vamos falar sobre a Vitamina E, mostrando quais são os alimentos ricos em Vitamina E, além das consequências e riscos de ficar com níveis baixos desta vitamina.

Vitamina E: Qual a importância?

Grande parte dos alimentos ricos em Vitamina E são de origem vegetal, mas também existem alimentos ricos em Vitamina E de origem animal. Portanto, indiferente da sua orientação alimentar, você tem opções variadas para não correr o risco de ficar com deficiência de Vitamina E.

Caso você não saiba, a Vitamina E pode ser encontrada principalmente nos alimentos ricos em gorduras, justamente por ser uma vitamina classificada como lipossolúvel, ou seja, ela precisa de gordura para ser bem absorvida no intestino.

Então, as pessoas que tomam medicamentos para eliminar mais gordura no intestino devem ficar bem atentas quanto à quantidade de Vitamina E no organismo, visto que a deficiência desta vitamina pode ser um dos efeitos colaterais destes medicamentos.

Vitamina C, Vitamina D e Vitamina E

Conheça os alimentos ricos em vitamina E!

Alimentos ricos em Vitamina E

Para facilitar a compreensão e evitar informações incorretas, saiba que os valores apresentados na lista abaixo são referentes à Vitamina E presente em 100 gramas destes alimentos citados. Os alimentos ricos em Vitaminas E são:

  • Semente de girassol – 35 mg
  • Salmão – 1,1 mg
  • Amêndoas – 26 mg
  • Kiwi – 1,5 mg
  • Avelã – 15 mg
  • Abacate – 2,1 mg
  • Nozes – 9,3 mg
  • Ovo cozido – 2,3 mg
  • Amendoim – 8,3 mg
  • Azeitona – 3,8 mg
  • Castanha do Pará – 5,7 mg

Vitamina E: Quais os benefícios?

Dentre os principais benefícios da Vitamina E para a saúde, podemos citar a sua poderosa ação antioxidante, função que pode ser mais forte que a da Vitamina C. Essa característica é muito importante para prevenir doenças cardiovasculares, além de fortalecer o sistema imunológico e melhorar a saúde da pele.

Essa poderosa ação antioxidante tem ligação direta com a grande quantidade de tocoferol, que tem a função de proteger as células do organismo principalmente contra as alterações do DNA, situação que provoca o envelhecimento precoce e o câncer.

Outro importante benefício da Vitamina E é que ela auxilia na regulação dos níveis de colesterol no sangue, reduzindo as chances de problemas graves como por exemplo o infarto.

Cardápio com alimentos ricos em Vitamina E

Uma dúvida muito comum de quem está querendo melhorar a rotina alimentar é justamente quais alimentos consumir! Sempre que o nosso artigo fala sobre alimentação, alertamos sobre a necessidade de consultar um nutricionista, pois este profissional tem a capacitação necessária para fazer a avaliação correta e indicar os alimentos que vão suprir as necessidades nutricionais de cada pessoa.

Se pessoa focar em uma boa alimentação escolhendo opções ricas em vegetais, carnes, ovos e oleaginosas, naturalmente ela vai obter as quantidades necessárias de Vitamina E, afastando todos os possíveis riscos.

Se você tem uma boa alimentação e mesmo assim está com problemas de deficiência de Vitamina E, o recomendado é buscar uma ajuda especializada, pois você pode ter algum condição especial que requer um tratamento com suplemento alimentar.

Seguindo corretamente estas orientações, você certamente vai manter os bons níveis de Vitamina E no organismo. Aproveitamos para convidar você para continuar lendo os artigos no Buscar Saúde, temos vários artigos falando sobre alimentação saudável e hábitos importantes para afastar diversas doenças graves.

Se tiver ficado alguma dúvida, ou tiver alguma sugestão, deixe nos comentários que iremos responder com maior prazer. Quem saber a sua dúvida não vire o tema de um próximo artigo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)