O que é sedentarismo e as suas terríveis consequências. Vejam como a sua vida pode ser muito ruim quando você tem uma rotina sedentária. O sedentarismo é definido como a grande redução ou a falta completa de atividades físicas durante a rotina diária.

É importante frisar que não estamos falando apenas de atividade esportiva, a classificação de atividade física serve para qualquer ação que eleve o gasto calórico acima do estado de repouso, já falamos disso em outro artigo em nosso site.

Existe uma quantidade mínima de calorias semanais que a pessoa deve gastar para ser classificada fora do grupo dos sedentários. Se a pessoa gasta menos que 2.500 calorias semanais em atividades físicas, ela faz parte do grupo dos sedentários e começa a colocar a sua saúde em risco, abrindo portas para diversos problemas e doenças.

Quais as consequências do sedentarismo?

O problema do sedentarismo é que suas consequências são silenciosas e nem sempre aparecem de uma hora pra outra. Quando o sedentarismo começa na juventude, por exemplo, ai que as pessoas não o levam a sério mesmo, uma vez que a maioria das doenças podem demorar para se manifestar. Mas uma coisa é certa, mais cedo ou mais tarde, a pessoa irá apresentar um ou mais dos problemas que iremos citar agora.

Sedentarismo causa obesidade

A pessoa que não se exercita, seja de maneira formal ou informal, ela terá problemas com o peso. Nos casos mais simples, a pessoa será classificada com sobrepeso. Neste caso, a pessoa precisará de pequenas alterações em sua rotina diária para retornar ao peso ideal, mas se isso não for feito, ela poderá desenvolver diversas doenças e problemas relacionadas com o peso inadequado.

Quando o caso é mais grave e a pessoa é classificada como obesa, as complicações são mais sérias e a dificuldade de retornar ao peso ideal é muito maior. Quando a pessoa chega a este grupo, as chances de desenvolver diabetes, aumentar o colesterol e apresentar hipertensão são enormes.

Sedentarismo causa problemas cardiovasculares

O sedentarismo é um dos piores inimigos para a saúde do coração. Como foi dito anteriormente, ele é um dos causadores da hipertensão, além de estar relacionado com os quadros de infarto e também do acidente vascular cerebral, que as pessoas conhecem como derrame.

Sedentarismo causa atrofia muscular

A pessoa sedentária geralmente passa a maior parte do dia imóvel, seja sentada ou deitada, a falta de estímulos faz com que os músculos se atrofiem e ela terá cada vez mais dificuldades para realizar movimentos simples como, por exemplo, flexionar as pernas e elevar os braços. Além destas limitações, o enfraquecimentos dos músculos são prejudiciais também para sua postura.

Diversos músculos do nosso corpo atuam como estabilizadores corporais e quando eles estão fracos, o simples ato de caminhar pode te causar diversos problemas. Tudo isso faz com que a pessoa queira ficar ainda mais parada, visto que quando ela se movimenta, a tendência é que ela sinta muitas dores e/ou incômodos.

Sedentarismo causa problemas nas articulações

Se a pessoa está acima do peso, obviamente as suas articulações terão que trabalhar mais. Se os músculos estabilizadores estão fracos, a sobrecarga articular é ainda maior. Observando o que foi dito, a pessoa sedentária tem chances absurdas de desenvolver problemas articulares.

Quais as piores consequências do sedentarismo?

Quais os perigos do sedentarismo?

Sedentarismo prejudica o sono

Todos os sistemas do corpo de uma pessoa sedentária funcionam de forma menos eficiente. Sendo assim, a qualidade do sono não é a mesma para os sedentários. Geralmente a pessoa acorda sem aquela sensação de descanso, em alguns casos ela acorda muito mais indisposta do que quando deitou. A maioria das pessoa sedentárias, principalmente aquelas com obesidade, apresentam queixas frequentes de insônia.

Sedentarismo provoca envelhecimento precoce

O mal funcionamento dos sistemas corporais prejudica a oxigenação de todo o corpo, a pele sofre muito com isso, por mais cremes e outros produtos que você utilize, o envelhecimento precoce será inevitável.

Sedentarismo prejudica os ossos

A pessoa sedentária reduz consideravelmente o índice de estímulos necessários para promover a boa saúde óssea. Desta forma, este grupo de pessoas apresenta um aumento de 50% nas chances de desenvolver problemas ósseos como a osteoporose, por exemplo.

Sedentarismo altera os efeitos da menopausa

Este ponto negativo está diretamente relacionado com as mulheres e a indesejada menopausa. A mulher sedentária que está na fase da menopausa, certamente sentirá os efeitos com muito mais intensidade do que aquelas que são ativas fisicamente.

Sedentarismo prejudica o condicionamento físico

Quando uma pessoa sedentária precisa andar 3 quarteirões, parece que ela correu uma maratona de tão cansada que ficou. Isso faz com que a dificuldade para iniciar em alguma modalidade esportiva fique ainda maior, mas se a pessoa não lutar contra isso, ela terá cada vez mais dificuldades de se locomover e futuramente ela não conseguirá nem brincar com os filhos, fazer compras no supermercado ou levar um lixo para fora de casa, enfim, a vida ficará cada vez mais complicada.

Quais as consequências do sedentarismo infantil?

Além é claro de todos os aspectos negativos que já foram apresentados, o sedentarismo infantil é ainda mais perigoso, uma vez que ele pode reduzir consideravelmente os níveis de hormônios do crescimento, causar diversos problemas respiratórios, alteração da pressão arterial e aumentar as chances de desenvolver um câncer.

Considerações Finais

Você percebeu quão difícil e perigosa é a vida de uma pessoa sedentária? Se você conhece alguma pessoa inativa, apresente esta publicação a ela, ajude-a na compreensão de todas as informações e principalmente incentive-a na mudança de vida.

Agora se é você que está no grupo dos sedentários, espero que isso tenha te motivado a buscar uma nova rotina. Os primeiros passos desta mudança não são fáceis, porém, eles são fundamentais para que você tem uma vida muito mais saudável.

Indiferente da sua idade ou sexo, basta que você se exercite de maneira formal ou informal por meia hora diária pelo menos cinco vezes por semana, para ser classificado fora do grupo dos sedentários.

Apenas 30 minutos pode te salvar de diversos problemas que apresentamos. Com o passar do tempo, você certamente irá aumentar este tempo ativo, porque começará a conhecer os benefícios da atividade física.

Lembrando que se você optar por iniciar alguma atividade esportiva, o primeiro passo é consultar um médico antes de iniciá-la. Realize os exames necessários para saber se não há nenhuma restrição, isso se faz ainda mais importante para as pessoas com sobrepeso e obesidade.

Caso esteja tudo bem e o médico te libere para praticar atividade física, basta escolher aquela modalidade que mais lhe agrade e que melhor se encaixe em sua rotina diária, estes dois pontos são fundamentais para reduzir as chances de desistência.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Sedentarismo! Quais as piores consequências? Como evitar?”

  1. Mariagostei Bem Elaborada A Informação.

    Bem interessante!

    Responder
    • Bruno

      Fico feliz que tenha gostado. Volte sempre ao Buscar Saúde!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)