Correr de forma saudável é fundamental para continuar se exercitando! O número de corredores adeptos do Barefoot vem crescendo cada vez mais, e se você não sabe o que significa este termo, estamos falando em correr descalço! O que os especialistas falam sobre este tema? Correr descalço faz bem para o corpo?

Correr descalço: Características

Não é nenhuma surpresa ver uma pessoa correndo descalça não é mesmo? Entretanto, o número de praticantes da corrida Barefoot vem aumentando consideravelmente. Qual será o motivo para tamanha visibilidade desta novidade?

O primeiro motivo do grande número de adeptos pode estar justamente na novidade! Como sabemos, quando algo surge o número de pessoas que experimenta é sempre maior do que os que realmente vão permanecer naquela prática.

Por ser uma prática bem recente, várias dúvidas existem e vamos discutir sobre as principais questões envolvidas na corrida descalço. Antes de continuar queremos informar que as informações deste artigo são de caráter instrutivo, visto que ainda existem poucos estudos científicos para confirmar ou negar.

Barefoot, o que é? Quais os benefícios de correr sem tênis?

Veja se correr sem tênis faz mal para saúde!

Correr descalço: Diferenças

Quando a pessoa corre com tênis, o primeiro contato do pé com o solo acontece com o calcanhar, gerando um impacto bem intenso no corpo. Caso você não saiba, quanto maior o impacto, maiores são as chances de lesões. Então, esta intensidade e frequência do impacto deve ser muito bem controlada.

Quando a pessoa corre sem tênis, o primeiro contato do pé com o solo acontece com a parte frontal do pé, tornando o impacto mais suave, porque os músculos da parte posterior da perna se contraem mais, favorecendo um amortecendo muito maior do impacto.

Correr descalço: Importância da postura

A postura é importante em qualquer atividade física, estando associada à prevenção de vários problemas e a redução das dores na coluna. Quando alguém se aventura em uma nova modalidade, ela precisa saber que o padrão de movimento muda e por mais parecido que seja, a corrida sem tênis é bem diferente!

Como citamos, o contato inicial do pé com o solo é diferente, mas não é só isso! Na corrida descalço, os passos são menores, ou seja, naturalmente a projeção do corpo à frente também é menor, diminuindo a movimentação dos braços e também a intensidade da força sobre as articulações.

Correr descalço: Fatores sensoriais

O nosso corpo usa a recepção de estímulos para gerar respostas motoras precisas! Quanto mais variado for o estímulo, maior será o nosso repertório motor. Portanto, quando este novo estilo de correr é praticado com segurança, ele já garante este benefício que é ampliar os estímulos e respostas motoras nestas condições!

Talvez você esteja se perguntando, se correr descalço tem todos estes benefícios, porque eu não deveria correr sem tênis? A resposta é simples, além de todos estes benefícios, também tem as consequências, e é disso que vamos falar agora!

Correr descalço: Quais os riscos?

Para obter estes benefícios, a corrida deve ser na intensidade correta e principalmente, os movimentos devem ser realizados da forma mais precisa possível. Então, os erros na execução dos movimentos tendem a ser ainda mais perigosos!

Como sabemos, infelizmente o número de pessoas que se exercita sem orientação física ainda é muito grande. Quando o assunto é correr, este número é ainda maior! Sem a orientação capacitada, a pessoa que corre sem tênis tem grandes chances de se lesionar gravemente.

Correr descalço: Cuidado com o corpo

Os ossos e os músculos do pé são constantemente forçados durante a corrida sem tênis, o que pode causar danos se o amortecimento de impacto não for correto. Essa sobrecarga, pode provocar lesões musculares, fraturas e até tendinite! Existem relatos de casos onde a pessoa teve complicações graves no tendão de Aquiles.

A realização incorreta dos movimentos ao correr sem tênis também pode causar bastante dor na coluna, podendo levar a pessoa à adotar uma má postura, o que resultaria em vários problemas relacionados à coluna como por exemplo, hérnia de disco e outros.

Correr descalço: Quem não deve praticar?

A corrida sem tênis pode ser extremamente prejudicial para as pessoas com osteoporose e pessoas que estão acima do peso. Então antes de iniciar em qualquer tipo de atividade física, as pessoas que fazem parte destes grupos citados precisam se informar ainda mais sobre as condições e riscos.

Para que o exercício físico seja apenas benéfico, a pessoa deve passar por um período de adaptação, visando preparar a musculatura e as articulações para o novo estimulo que vai receber. Portanto, é indispensável contar com a orientação de um profissional de Educação Física, porque ele tem toda a capacitação para te orientar e fazer as correções necessárias.

Muitos relatos a favor e contra à corrida Barefoot são encontrados diariamente na internet, mas como citamos no início do artigo, ainda existem poucos estudos que comprove cientificamente as vantagens e desvantagens.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)