Existem várias pessoas que não começam a correr por acreditar em diversos mitos que envolve esta modalidade. Quanto mais popular for o esporte, maior será a quantidade de informações sem fundamento que irá surgir, cabendo às pessoas buscar as informações corretas.

Desde já informamos que a corrida faz muito bem para a saúde, sendo contra indicada apenas para um pequeno grupo de pessoas com condições físicas ou fisiológicas especificas.

Quais os maiores mitos e verdades sobre a corrida?

Para te ajudar a se livrar dos mitos que pode te afastar da corrida ou te aproximar dela através de falsas promessas, trouxemos este artigo que tem como objetivo desvendar os maiores mitos desta modalidade!

Correr é bom pro coração e ruim para os ossos!

Temos aqui o nosso primeiro mito. A corrida faz muito bem para o sistema cardiovascular, ou seja, até aqui a afirmação é verdadeira, mas quando o assunto é o sistema esquelético, a corrida não provoca efeitos negativos nos ossos, desde que praticada corretamente é claro! Diversos estudos mostram que o impacto produzido pela corrida é importante para o fortalecimento e prevenção de diversas doenças ósseas.

Correr prejudica as articulações?

Quais são os maiores mitos sobre a corrida? Chegou a hora de conhecer as verdades e aproveitar todos os benefícios que este esporte pode oferecer!

Correr sem sentir dor é sinal de boa saúde!

Este também é um mito. Quanto menos dor você estiver sentindo, pode ser um sinal de que o seu corpo está cada vez mais adaptado ao estímulo que está recebendo. Portanto, pode ser que o seu corpo esteja muito bem condicionado, assim como também pode significar que você não está correndo em uma intensidade suficiente para causar o estresse evolutivo. Tudo isso precisa ser discutido com seu orientador físico.

Tem que correr todo dia para ficar bem condicionado!

É possível obter um ótimo condicionamento treinando apenas 3 vezes por semana. Para correr bem, é muito mais importante a qualidade do treino do que a quantidade! Quanto maior for a quantidade de treino, menor será a recuperação muscular, ou seja, o tempo de adaptação fisiológica fica comprometido e o ganho de condicionamento físico também. Para correr todos os dias, é necessário planejar detalhadamente todas as sessões de treinos e variar bastante o volume e intensidade.

Treinar no asfalto serve para qualquer corrida!

Quem acredita nisso está correndo muitos riscos e as chances de lesões de quem treina apenas no asfalto e se aventura em corridas de trilhas ou em areia são muito grandes. É muito importante compreender que o treino é um processo adaptativo para o nosso corpo, durante os treinos ele vai recebendo os estímulos e preparando os músculos e articulações para desempenhar o melhor movimento possível. Se não houver este processo adaptativo, é lesão na certa!

O impacto ao correr é ruim pro corpo!

O impacto em si não é o problema, mas a repetição inadequada dele sim. Portanto, se a pessoa não correr com um tênis adequado que ofereça um ótimo sistema de amortecimento, se ela não evitar os pisos irregulares e principalmente não realizar o treino na intensidade correta, ai sim haverá malefícios para o corpo.

A pessoa sente câimbra por falta de potássio!

Este assunto é muito mais complexo do que parece, existe um artigo falando só de câimbra aqui no Buscar Saúde, caso queira conhecer todos os detalhes sobre este assunto, convidamos para esta leitura adicional. Mas desde já adiantamos que as causas das câimbras vão muito além da falta de potássio! Alterações nos níveis dos outros eletrólitos no corpo, assim como o nível de condicionamento físico e o nível de hidratação, além de outras influências patológicas também estão entre as possíveis causas da câimbra.

Correr faz cair os seios!

Durante a corrida é natural que haja um movimento maior dos seios, mas isso não significa que a corrida vai deixá-los mais caídos. Se você se sente incomodada com o movimento dos seios ao correr, atualmente no mercado existem vários tops especializados em segurar o movimento e fixar o peitoral. É muito importante compreender que o que faz cair os seios é a idade, a gravidade e principalmente uma péssima alimentação.

Considerações Finais

O que separa os benefícios e os malefícios ao praticar alguma atividade física é justamente a forma como você se exercita! Sendo assim, é indispensável que você esteja apto a praticar aquela modalidade escolhida. Para isso é necessário passar por uma avaliação médica e realizar todos os exames e avaliações para obter a liberação para se exercitar. O segundo passo, é sempre contar com a orientação de um profissional de Educação Física, ele será capaz de te orientar, fazer correções e sugestões sempre te aproximando dos seus objetivos e te afastando dos riscos desnecessários.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)