Plano de aula Educação Física! Basquete

Escrito na categoria "Esportes e competições" por Bruno Almeida.

O grande desafio do professor é deixar a sua aula divertida e ao mesmo tempo educativa! Para isso, o professor deve elaborar um plano de aula que tenha atividades lúdicas, mas bem objetivas.

Se a aula for criativa, a chance do professor de Educação Física passar uma aula mais agradável e desejada é muito maior! Neste artigo, vamos mostrar mais um artigo ensinando atividades para o seu plano de aula, falando sobre um mini-torneio no basquetebol.

Plano de aula Educação Física

Vale citar que o plano de aula foi elaborado para alunos do ensino médio. Porém, se o professor achar viável, ele pode adaptar as atividades e as regras para que este mesmo plano possa servir para as turmas do ensino fundamental.

As metodologias usadas para as atividades deste plano de aula foram: Conceito Recreativo do Jogo Esportivo e Método Global. O objetivo geral desta aula é promover a interação social, além de vivenciar os movimentos básicos do basquete de forma lúdica.

Atividades para aula de basquete na escola

Dicas para montar um plano de aula de educação física escolar!

Basquete: Vencer o mais rápido possível

Esta primeira atividade tem duração de 20 minutos! Nesta atividade os alunos vão realizar uma competição de forma lúdica.

Todos os integrantes da equipe deverão participar do circuito. Vencerá a equipe que fizer no menor tempo possível.

Primeira estação – 10 arremessos: Em fila posicionada atrás de um cone, cada integrante da equipe estará de posse de uma bola de basquetebol. Ao som do apito, o primeiro da fila deverá arremessar a bola e tentar acertar o arremesso. Acertado ou errando o mesmo deve pegar a sua bola e ir para o fim da fila. O próximo tenta arremessar e assim por diante. Quando a equipe realizar dez arremessos certos ela poderá ir para a próxima estação.

Segunda estação – Drible com duas bolas: Haverá duas bolas de basquetebol para essa estação. Ao sinal do professor, o primeiro integrante deverá driblar as duas bolas, de um cone ao outro, e depois voltar. Em seguida, ele passa a bola para o próximo aluno que deve realizar o mesmo processo, e assim sucessivamente até que todos os integrantes tenham executado a tarefa. Depois disso eles podem ir para a próxima estação.

Terceira estação – Arremesso cooperativo: A equipe deverá transportar a bola até a cesta, através de passes, ou seja, a bola deverá passar pela mão de todos os integrantes. Depois é só realizar o arremesso. No momento em que a cesta for convertida o cronometro irá parar.

Basquete: Mini-jogo

A segunda atividade tem duração de 10 minutos! Nesta atividade os alunos vão vivenciar os movimentos básicos do basquete em situação de jogo, mas de forma lúdica.

Serão realizados mini jogos simultâneos em cada metade da quadra de basquetebol. O objetivo é fazer o máximo de pontos possíveis dentro do tempo disponível. O professor pode dividir o tempo para que as equipes vencedoras se enfrentem ao final, mas isso é opcional!

Se houver empate, o professor pode realizar uma disputa de lances livres de forma alternada, visando definir quem será o vencedor.

No vídeo abaixo você pode conhecer vários exercícios de basquete para usar na sua escola.

Por mais que o basquete não seja tão estimulado nas aulas de Educação Física no Brasil, essa modalidade oferece muitos benefícios importantes, e até já fizemos um artigo completo aqui no Buscar Saúde, vale muito a pena conferir!

Compartilhe esse plano de aula com outros professores! Se tiver alguma dúvida, sugestão ou crítica construtiva, é só deixar nos comentários que iremos responder com maior prazer.

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.

Deixe um comentário