Plano de Aula Educação Física! Toque e Manchete

Escrito na categoria "Plano de aula" por Bruno Almeida.

Quando a aula de Educação Física escolar fica mais divertida, os alunos acabam aprendendo muito mais! Para te ajudar nesta missão, o Buscar Saúde está fazendo uma série de artigos com atividades voltadas para o desenvolvimento motor dos alunos. Neste artigo preparamos um plano de aula de Educação Física com atividades que tem o intuito de trabalhar o passe e a recepção no voleibol.

Plano de aula Educação Física

As atividades deste plano de aula foram criadas pensando em alunos do ensino médio. Entretanto, o professor pode adaptar o plano para usá-lo também em uma aula do ensino fundamental. Entenda que a definição fica por conta dos professores, pois eles conhecem melhor a capacidade das suas turmas!

Usamos duas metodologias para criar as atividades deste plano, o Conceito Recreativo do Jogo Esportivo e o Método Parcial Analítico. O objetivo geral desta aula é vivenciar os movimentos básicos do toque e da manchete.

Como fazer plano de aula?

Atividades para plano de aula de voleibol.

Educação Física escolar: Aquecimento com passes

Nesta primeira atividade a duração é de 10 minutos! O objetivo desta atividade é realizar o aquecimento, já introduzindo os movimentos básicos do toque e manchete.

Os alunos devem estar em duplas ou trios, onde cada grupo estará de posse de uma bola. Eles devem ficar posicionados de frente um para o outro e ao sinal do professor, eles devem trocar passes utilizando o movimento do toque do voleibol.

Caso a bola caia no chão, eles retornam à atividade normalmente. Durante o tempo disponível para essa atividade, o professor deve ir orientando os alunos caso perceba algum erro grave no movimento.

Para enriquecer o aquecimento, podem usar algumas variações interessantes, por exemplo:

Educação Física escolar: Jogo educativo

Nesta segunda atividade a duração é de 10 minutos! O objetivo desta atividade também é executar os movimentos básicos do toque e manchete, mas agora em situação educativa de jogo.

Os alunos devem ser divididos em 2 ou mais equipes mistas, realizando sorteios para que sempre haja duas equipes em quadra. Ao sinal do professor, uma das equipes deve sacar por baixo, e a outra equipe deve devolver a bola para o outro lado depois de realizar três toques, usando apenas a manchete ou toque.

Neste primeiro o momento o professor pode facilitar o aprendizado dos alunos da seguinte forma, antes de cada toque ou manchete, a bola pode quicar no chão uma vez. À medida que os alunos forem evoluindo, essa regra pode ser alterada para mais próximo do real.

Para que os alunos das equipes reservas não fiquem muito tempo de fora, você pode alterar uma das equipes, sempre que ela errar o ponto. Desta forma, a atividade vai ficar mais dinâmica.

Educação Física escolar: Jogo final

Nesta terceira atividade a duração é de 10 minutos! O objetivo desta outra atividade também é executar os movimentos básicos do toque e manchete, mas agora em situação real de jogo.

Seguindo a mesma divisão das equipes da atividade anterior, agora a competição será dentro das regras reais do voleibol. Para que haja um pouco de competividade e os alunos entendam melhor a situação de jogo, a troca das equipes deve ocorrer a cada 5 pontos!

Se quiser continuar aprendendo sobre esses movimentos no vôlei, este vídeo tem excelentes dicas que podem melhorar ainda mais a sua capacitação profissional, vale muito a pena conferir!

Curtiu as dicas deste artigo do Buscar Saúde? Continue acompanhando o nosso site, e convide outros professores para conhecer os nossos planos de aula, compartilhando nos seus grupos escolares.

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.

Deixe um comentário