Quando a pessoa se exercita com grande intensidade sem o devido descanso, ela quase sempre chega ao overtraining. Neste artigo vamos mostrar o que é overtraining, quais as causas e sintomas do overtraining. Conheça as principais características desta condição que afeta bastante o desempenho no exercício físico, aumentando os riscos de lesões!

O que é overtraining?

A resposta é muito simples! Estamos falando do excesso de exercício físico que é muito comum entre os corredores e na musculação! O overtraining está diretamente relacionado com o excesso de volume e/ou intensidade durante os exercícios físicos!

Sintomas de overtraining

Os sintomas de overtraining precisam ser bem observados, visto que quase sempre a pessoa os confunde com um simples cansaço ou fadiga muscular. Os principais sintomas são:

  • Dor muscular constante
  • Aumento da frequência cardíaca em repouso
  • Aumento dos riscos de infecções
  • Aumento dos casos de lesões
  • Aumento da irritabilidade
  • Princípio de depressão
  • Perda de motivação para se exercitar
  • Insônia
  • Perda de apetite
  • Perda de peso sem motivo aparente
O que é overtraining? Causas de overtraining!

Conheça os principais sintomas de overtraining!

Overtraining: Quais as causas?

O overtraining é comum entre as pessoas que buscam aumento da massa muscular, melhoria no condicionamento físico ou emagrecimento. Além do exercício físico, a pessoa precisa focar também no tempo de descanso adequado.

Portanto, a recuperação muscular é fundamental para evitar o overtraining. Se você quiser saber mais sobre o tempo de recuperação muscular, tem um artigo completo aqui no Buscar Saúde, vale muito a pena conferir! Resumindo, o descanso muscular pode ser de poucas outras ou até 3 dias!

Sabendo disso, fica fácil compreender que quando a pessoa não descansa corretamente, a regeneração muscular não acontece na forma correta. Se a pessoa continuar se exercitando nestas condições, o desempenho físico certamente vai diminuir e a pessoa fica muito propensa a ter infecções e lesões graves!

Existem estudos que mostram que alguns fatores físicos e psicológicos estão relacionados com o aumento das chances de uma pessoa sofrer overtraining, são eles:

  • Jet lag
  • Doenças infeciosas
  • Excesso de trabalho
  • Estresse
  • Menstruação
  • Má alimentação
  • Fatores genéticos

Como se recuperar do overtraining?

Agora vamos mostrar quais as principais atitudes para quem precisa se recuperar de um overtraining. Leia atentamente cada ponto e veja como eles se completam, ou seja, tanto para recuperar do overtraining, quando para preveni-lo, a pessoa deve buscar estas atitudes abaixo!

Descanso – Respeite sempre o período de descanso entre cada treinamento para permitir a recuperação adequada! A boa prevenção do overtraining começa antes mesmo de iniciar os treinos. Portanto, o bom planejamento é fundamental para controlar melhor os dias de treinos e os dias de descanso.

Volume e intensidade – Controlar o volume e a intensidade do treino é outra parte importante de quem quer evitar o overtraining. Evite exercícios de grande intensidade em dias consecutivos, e ao sinal de fadiga muscular, opte por um exercício muito mais moderado, mesmo que seja dia de treino mais intenso!

Crioterapia – A recuperação muscular pode ser acelerada quando a pessoa faz bom uso da crioterapia. A imersão em banheira gelada faz com que a regeneração seja melhor, e os processos inflamatórios sejam bem menores, reduzindo inclusive a dor muscular tardia.

Alimentação – Garantir a ingestão de alimentos ricos em nutrientes essenciais é fundamental para quem quer ter um bom desempenho no treino, afastando os ricos de overtraining. Portanto, saiba a hora correta de ingerir carboidratos, vitaminas e fibras. Aqui no Buscar Saúde tem um artigo falando de alimentos pré e pós-treino, vale a pena esta leitura complementar!

Orientação – Dificilmente você vai conseguir se alimentar como deve sem a orientação de um nutricionista. Bem como não vai se exercitar e descansar corretamente sem a orientação de um profissional de Educação Física! Portanto, para evitar todos os riscos desnecessários inclusive overtraining, é indispensável consultar estes profissionais.

O exercício físico deve ser para beneficiar o praticante, o overtraining é sinal de algo não está correto. Então, respeite os seus limites e ao menor sinal de problema, interrompa o treino e observe os sintomas para saber se deve ou não retornar para o exercício físico.

Esperamos que tenha gostado do artigo e caso tenha ficado qualquer dúvida, deixe nos comentários que iremos responder. Isso é importante para ajudar na melhoria do conteúdo do Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)