O que é Edema? Causas, sintomas e tratamentos

Escrito na categoria "Atividades físicas e lesões" por Bruno Almeida.

É verdade que o edema deixa o pé inchado? A mão inchada também pode ser causada por edema? Afinal, o que é edema? O primeiro ponto importante é saber que o edema não é a causa, mas sim a consequência do problema!

O inchaço é o nome popular que é dado para o edema, e agora que você já sabe o que é edema, venha com o Buscar Saúde conhecer os tipos de edema, além de aprender como tratar corretamente esse problema.

Edema

Essa condição acontece quando há um acúmulo de líquido embaixo da pele. Esse problema normalmente é causado por infecções ou um consumo exagerado de sal, mas também pode estar relacionado com inflamações, intoxicações e até mesmo falta de oxigênio em alguma parte do corpo.

Nos casos mais extremos, o edema constante pode ser um sinal de alguma doença grave no coração, nos rins ou algum distúrbio no sistema linfático. O edema é facilmente identificado nas extremidades do corpo, ou seja, nas mãos e nos pés! Entretanto, este inchaço também pode aparecer nos braços, pernas e no rosto.

Tipos de edema

Os especialistas classificam o edema em três tipos, visando identificar melhor e mais rapidamente a causa. Com isso, criaram uma maneira de identificação mais eficiente do fluido que escapou para debaixo da pele.

Edema comum

O primeiro tipo de edema é composto apenas por água e proteínas! Este tipo está relacionado com situações mais simples, ou seja, são os casos menos graves como por exemplo:

Atenção, por mais comum que possa ser, não significa que o edema comum não deva receber os devidos cuidados! Então, você deve observar a evolução do problema, principalmente quando o edema aparece em várias partes do corpo ao mesmo tempo.

Linfedema

O segundo tipo de edema é composto por água, proteínas e lipídios! Este tipo está relacionado com fluidos da circulação linfática. Neste caso a condição é um pouco mais grave, pois podem ser sinais de problemas mais sérios, por exemplo:

Mixedema

O terceiro tipo de edema é composto pela alta presença de lipídios! Este tipo faz o inchaço ficar mais evidente e rígido, contando também com proteínas e água. Neste caso o inchaço aparece com mais frequência no rosto, podendo deixar os olhos bem inchados. Algumas condições que favorecem o mixedema são:

Quais são os tipos de edema?

Conheça as principais causas do edema!

Sintomas do edema

O principal sintoma sem dúvidas é o inchaço na região afetada! Além disso, podem surgir sintomas secundários, por exemplo, a pele fica mais brilhante e estirada, a região afetada pode apresentar um leve ardor ou formigamento.

Normalmente o edema vai melhorando sozinho depois de algumas horas, bem como a dor e os demais incômodos na região. Caso isso não aconteça e se o problema for recorrente, a orientação é procurar um pronto socorro imediatamente para avaliar a situação.

O que causa edema?

Ao longo do artigo já citamos algumas possíveis causas! Agora vamos listar outras condições que também estão relacionadas com o desenvolvimento de inchaço no corpo.

Aumento da pressão capilar

Quando ocorre um aumento da pressão capilar, isso geralmente está associado com a obstrução das veias, que pode ser provocada pelo acúmulo de gordura, trombos ou por compressão externa quando usamos roupas apertadas demais.

Estas condições fazem com que a pressão nos vasos sanguíneos seja maior do que deveria ser, ou seja, isso faz com que os líquidos acabem escapando dos vasos e consequentemente, se acumulem nos tecidos do corpo.

Este aumento da pressão capilar pode acontecer por:

Tenha bastante cuidado, pois se o problema não for tratado corretamente, o quadro pode evoluir para edema pulmonar, que é um problema gravíssimo!

Redução das proteínas plasmáticas

Quando ocorre uma redução dos níveis de proteínas plasmáticas no corpo, a reabsorção de líquidos nas camadas mais profundas da pele praticamente não acontece, levando então ao acúmulo de líquidos sob a pele.

Esta condição deve ser tratada porque o líquido que está nos tecidos deveria estar na circulação. A principal consequência é a diminuição da produção de urina pelos rins, o que vai resultar em cada vez mais edemas porque o excesso de líquido não é eliminado, ficando dentro do corpo!

Esta redução das proteínas plasmáticas pode acontecer por:

Aumento da permeabilidade capilar

Este aumento na permeabilidade dos vasos sanguíneos normalmente está associado com alguma inflamação, e isso faz com que os líquidos escapem dos vasos com mais facilidade, ou seja, cada vez mais líquido irá se acumular nos tecidos do corpo.

Este aumento da permeabilidade capilar pode acontecer por:

Bloqueio do retorno linfático

Este problema também é conhecido como linfedema! Essa condição é mais fácil de identificar, porque o inchaço parece ser muito mais firme quando é tocado, e em alguns casos a pele fica com um tom laranja.

Este bloqueio do retorno linfático pode acontecer por:

Como tratar edema?

O tratamento visa eliminar o edema, mas para isso é importante saber o que causou o inchaço. Como falamos ao longo do artigo, a maior parte dos edemas desaparece naturalmente, ou seja, é preciso apenas ficar em repouso, além de reduzir o consumo de sal na alimentação.

Para os casos mais graves, o tratamento visa combater a doença causadora do edema! Portanto, o tratamento acaba sendo para o problema e não para o edema. Pode ser que seja necessário utilizar remédios para edema, visando reduzir o inchaço da região, mas isso só deve acontecer com prescrição médica.

Como evitar edema?

Essas mudanças além de combater os problemas com edemas, também vão servir para melhorar demais a sua qualidade de vida! Vale lembrar que não é da noite para o dia que você vai notar os benefícios, ou seja, deve ser uma mudança de hábito constante.

Esperamos que tenham gostado destas informações e queremos saber se ficou alguma dúvida ou tem alguma sugestão! Se sim, deixe nos comentários que iremos responder. Aproveite para nos ajudar na divulgação deste artigo, basta compartilhar em suas redes sociais, além de convidar seus amigos e parentes para conhecer o Buscar Saúde.

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.

Deixe um comentário