Os insetos são bem pequenos, mas escondem riscos enormes! Neste artigo vamos falar sobre a picada de inseto e quais as doenças transmitidas pelos insetos. Conheça as principais causas de doenças provocadas pelos insetos e saiba como prevenir.

Insetos: Doenças transmitidas

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outros órgãos responsáveis, mais de um milhão de pessoas morrem por ano devido às doenças transmitidas pela picada de insetos. Na sequência do artigo vamos mostrar as principais doenças transmitidas pelos insetos!

Picada de inseto: Dengue

A Dengue é uma doença transmitida pela picada do mosquito Aedes Egypt! Apesar de muita orientação, nos últimos anos a Dengue tem se tornado um grave problema de saúde, principalmente nas áreas urbanas. De acordo com a OMS, aproximadamente 50 milhões de casos de Dengue são registrados por ano.

Os mosquitos transmissores da Dengue se reproduzem na água parada. Os sintomas da Dengue basicamente são: febre alta, dor de cabeça intensa, dor dos olhos, dor nas articulações, diarreia, coceira, náuseas e outros. Aqui no Buscar Saúde já fizemos um artigo completo sobre a Dengue, onde falamos dos sintomas e tratamentos, vale a pena esta leitura complementar.

Doença de chaga, febre amarela e dengue, como prevenir?

Quais as doenças transmitidas pela picada de insetos?

Picada de inseto: Filaríase

Esta doença atinge mais de 100 milhões de pessoas no mundo todo! O contágio desta doença acontece através da picada dos mosquitos infectados com as larvas de um verme. Em vários casos, as larvas adultas se desenvolvem na corrente sanguínea e/ou no sistema linfático, podendo causar obstrução e resultando em Elefantíase, lesão genital e infecção linfática.

Picada de inseto: Malária

De acordo com os dados registrados, são mais de 300 milhões de casos de Malária por ano. Caso você não saiba, a Malária é uma das 5 maiores causas de morte entre crianças. Segundo a OMS, mais de 1 milhão de pessoas morrem por causa da Malária anualmente, sendo que aproximadamente 90% destas mortes são registradas na África. Esta doença é transmitida pelos mosquitos Anófeles.

Os sintomas da Malária surgem entre 10 a 28 dias após a pessoa ter sido picada pelo mosquito infectado. Os principais sintomas da Malária são: febre, dor de cabeça, anemia, convulsões, diarreia, náuseas e vômitos.

Picada de inseto: Febre amarela

Esta doença também é muito comum na África, mas recentemente a América do Sul tem apresentado um grande aumento nos casos de Febre amarela, que é uma doença causada pela picada do mosquito infectado com o vírus desta doença. Ao contrário do que muitos imaginam o macaco não transmite a Febre amarela, na verdade eles também são vítimas assim como os seres humanos.

Aqui no Buscar Saúde também tem um artigo completo sobre a Febre amarela, vale a pena esta leitura. Os sintomas da Febre amarela são bem severos como por exemplo, febre intensa, dor nas articulações, náuseas, vômitos e forte dor de cabeça.

Picada de inseto: Leishmaniose

Esta doença faz parte do grupo de doenças parasitárias e já foram registrados mais de 10 milhões de casos de Leishmaniose em aproximadamente 80 países diferentes. O contágio desta doença ocorre pelo pequeno mosquito-pólvora e os principais sintomas da Leishmaniose são: feridas em partes expostas do corpo, destruição do tecido da boca, nariz e garganta, infecção interna, febre, perda brusca de peso, inchaço corporal e Anemia.

Picada de inseto: Doença de Chagas

Mais de 15 milhões de pessoas são infectadas com a Doença de Chagas por ano, sendo muito comum nos países latino-americanos. O contágio desta doença acontece através da picada do besouro sanguessuga marrom que popularmente é chamado de barbeiro.

Esta infecção é muito grave e a Doença de Chagas pode ser passada da mãe para o bebê e também pode ser transmitida pela transfusão de sangue. Os sintomas da Doença de Chagas começam a surgir aproximadamente uma semana depois de ter sido contaminado, são eles: inchaço do baço, do fígado e das glândulas linfáticas, febre, e erupções na pele.

Além destas doenças citadas, existem muitas outras que envolvem os insetos como por exemplo, o Calcanhar de Maracujá que é uma doença bem grave que envolve as larvas dos insetos. Então fica fácil compreender a importância de tomar previdências para manter os insetos o mais longe possível e principalmente, ter atenção redobrada com a higienização pessoal e dos locais que frequenta regularmente

Este artigo foi basicamente para alertar e informar dos riscos existentes nas picadas dos insetos, algumas doenças já falamos em artigos específicos aqui no site e caso tenha alguma que você queria saber mais detalhes, deixe nos comentários que certamente iremos atender o seu pedido.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)