Se exercitar durante a noite já não é algo tão difícil de se ver quanto há anos atrás. Seja nos parques, praças e/ou academias, existem muitas opções para se manter ativo durante o período noturno, mas será que treinar a noite faz bem ou faz mal?

Qual o melhor horário para malhar ou para se exercitar de uma forma em geral? Saibam que existem vantagens e desvantagens de praticar exercício físico durante a noite e é justamente disso que vamos falar neste artigo.

O mais importante é sempre se exercitar

Existe um grande número de pessoas que não tem possibilidade de se exercitar durante o dia, seja pelas responsabilidades profissionais, acadêmicas e/ou familiares. Para estas pessoas, o tempo é extremamente escasso durante o período diurno. Portanto, este grupo só tem duas opções, ou se exercita durante a noite ou não pratica exercício físico.

Neste ponto a nossa primeira dica é a seguinte, indiferente de ter mais benefícios ou não no treino diurno, se a sua única possibilidade de treino é durante a noite, jamais deixe de ser exercitar! As desvantagens do treino noturno jamais serão tão ruins quanto os malefícios de uma vida inativa.

Quais os benefícios de treinar a noite?

Se exercitar a noite é bom ou ruim?

Quais as vantagens de treinar a noite?

Realizar exercícios físicos durante a noite tem grandes vantagens! Vamos começar falando da temperatura ambiente, geralmente ela é muito mais agradável durante a noite, principalmente nos dias muito quentes.

Nestas condições, a pessoa tende a treinar com mais facilidade e obter resultados mais favoráveis, visto que o clima quente é um dos fatores que mais influenciam negativamente na manutenção do desempenho durante o treino.

Outro benefício está relacionado com os níveis hormonais, é justamente neste período em que o nosso corpo atinge o seu nível máximo, fazendo com que as condições fisiológicas do organismo estejam perfeitas para se exercitar.

Em um estudo realizado na cidade de Chicago nos EUA, descobriu-se que os treinos noturnos favorecem uma melhoria no aumento da massa muscular, além de promover melhorias na resistência física. É claro que isso depende de um planejamento muito bem executado.

Outra vantagem dos treinos noturnos está no número menor de obstáculos urbanos. Esta dica é mais voltada para aquelas pessoas que não frequentam a academia. Durante a noite, o número de pedestres e veículos é infinitamente menor do que durante o dia, ou seja, isso facilita e muito na realização de um treino mais confortável, com menos interrupções e distrações.

Quais as desvantagens de treinar a noite?

Vamos começar a falar das desvantagens também pelo clima! Se nos dias quentes este período é o mais favorável, em contra partida, os treinos durante a noite se tornam muito difíceis durante o inverno. O clima muito frio, faz com que o corpo demore a aquecer e a mobilidade corporal acaba ficando bastante comprometida, favorecendo a realização de movimentos incorretos e aumentando as chances de lesões.

O segundo ponto negativo e talvez o principal malefício dos treinos noturnos seja afetar o sono. Se a pessoa já apresenta dificuldades para dormir, o treino durante a noite é totalmente contra indicado. Agora se a pessoa não tem este problema, basta que ela controle o intervalo entre o término do exercício e a hora de dormir.

Os especialistas indicam que este intervalo deve ser de pelo menos duas horas. Se o tempo for menor que isso, a chance da pessoa apresentar dificuldades para dormir é enorme. Mas se a pessoa respeitar este tempo, a qualidade do sono será muito melhor, isso acontece graças ao efeito relaxante que o exercício físico promove.

Para as pessoas que não frequentam a academia, outra desvantagem é o nível de poluição. Principalmente durante as primeiras horas da noite, o nível de poluição ainda é altíssimo devido ao acúmulo de todo o período diurno.

Considerações finais

Quanto ao metabolismo, se exercitar fará com que você tenha uma melhoria no processo digestivo e na absorção de nutrientes por todo o corpo. Essas características informam que o seu corpo irá funcionar melhor, ou seja, para aproveitar este melhor funcionamento, se exercitar pela manhã é o mais indicado.

Se você é uma pessoa que tem disponibilidade de tempo de se exercitar tanto durante o dia, quanto durante a noite, a nossa dica é que você experimenta os dois horários e avalie as adaptações e respostas fisiológicas do seu corpo. Vale ressaltar que esta experiência não deve ser apenas de um treino, visto que as respostas do nosso organismo demoram um pouco para acontecer.

Sendo assim, o mais indicado é que você mantenha a rotina em um dos horários por pelo menos 2 semanas. Desta forma, você terá todas as condições de fazer a melhor escolha.

Se você é do grupo que só pode se exercitar em um dos horários, continue firme na sua rotina de vida ativa e principalmente, busque a realização correta destes exercícios. O mais indicado para qualquer pessoa que está se exercitando, é sempre contar com a orientação de um Educador Físico.

Para finalizar, sempre alertamos sobre os riscos de se exercitar sem obter a liberação médica. Jamais inicie qualquer exercício físico sem realizar todos os exames e avaliações necessárias, a prevenção é sempre o melhor caminho!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Exercitar a noite faz mal? Quais as vantagens e desvantagens?”

  1. Rithelly

    Amei o artigo! Sempre malhei a noite, e desde então durmo como um bebê e quando não vou o corpo sente falta! Bom saber que não há riscos!

    Responder
    • Bruno

      Se respeitar bem este intervalo entre o término e a hora de ir dormir, os exercícios noturnos são super indicados… Obrigado pela leitura e interação!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)