O consumo de gel de carboidrato tem aumentado cada vez mais, principalmente entre os corredores. Seja em dias de treinos ou nas provas de longas distâncias, o gel de carboidrato tem sido um companheiro inseparável. Uma das razões disso é justamente a sua praticidade em oferecer uma boa fonte energética.

Apesar dos benefícios apresentados nas campanhas de marketing deste produto, o seu consumo acontece quase sempre orientação e isso vem sendo motivo de debate entre atletas, treinadores e especialistas da nutrição esportiva.

Será que o gel de carboidrato pode fazer mal? Quais são os benefícios do gel de carboidrato? Existe momento ideal para consumir o gel de carboidrato? Todas estas perguntas e muitas outras dicas vocês conferem a seguir.

Gel de carboidrato: Função

Segundo os nutricionistas esportivos e especialistas no assunto, o gel de carboidrato tem como função principal a reposição e/ou manutenção rápida dos níveis ideais de carboidratos no organismo.

Quando estes níveis estão controlados, existe uma redução da perda de glicogênio muscular e hepático. Sendo assim, o corpo não utiliza a massa magra como fonte de energia durante as corridas e/ou atividades físicas.

Alguns especialistas afirmam que o seu uso orientado de forma correta, pode fazer com que o corredor consiga melhorar o seu desempenho durante a corrida, mas esta afirmação ainda requer melhores estudos científicos para comprovar esta teoria.

Quando tomar gel de carboidrato?

Efeitos colaterais do gel de carboidrato

Gel de carboidrato: Composição

No mercado existem inúmeras marcas de gel de carboidrato, mas diferente do que muitos imaginam, eles não são todos iguais. Para saber detalhadamente é necessário observar a composição de cada produto. De uma forma geral, a grande maioria contém os seguintes componentes:

  • Maltodextrina
  • Frutose
  • Dextrose
  • Ribose
  • Waxymaise

Vários estudos apontam que a associação de 2 ou mais tipos de carboidratos consegue aumentar e facilitar a oxidação destes nutrientes. E é justamente este potencial que o gel de carboidrato busca. Sendo assim, a maioria destes géis possui mais de um tipo de carboidrato em sua composição. Além dos nutrientes já citados, alguns destes géis também contam com:

  • Proteínas, principalmente o soro do leite conhecido como whey protein
  • Aminoácidos
  • Cafeína

Gel de carboidrato: Consumo

O estoque natural de carboidrato no nosso corpo dura aproximadamente 1 hora quando estamos realizando atividades físicas. É claro que esta duração pode sofrer pequenas variações de acordo com a intensidade do mesmo e a individualidade biológica.

Seguindo este padrão, o mais aconselhado é que a ingestão de gel de carboidrato só ocorra quando a pessoa praticar exercícios físicos que ultrapassem 1 hora de duração. A outra indicação dos especialistas é que o consumo seja de apenas 60 gramas de carboidratos para cada hora de exercício.

Em casos raros, onde os exercícios são mais intensos e as pessoas dependem de uma suplementação mais rápida, a ingestão pode acontecer a cada meia hora, mas isso não deve ser determinado pela própria pessoa, ou seja, é fundamental seguir a decisão tomada pelo nutricionista depois de realizar todas avaliações necessárias.

É muito comum ver corredores consumindo o gel de carboidrato momentos antes da corrida. Ainda não há estudos que comprovem benefícios imediatos, mas alguns resultados mostram que quando o gel de carboidrato é consumido cerca de 20 minutos antes da atividade física, há uma redução da sensação de cansaço, do risco de elevação da insulina e da queda de glicemia.

Gel de carboidrato: Como ingerir?

O mais indicado é consumir o gel juntamente com água, visto que isso facilita a diluição do gel e acelera consideravelmente a absorção do carboidrato. Atenção! Evite os excessos, uma vez que o gel de carboidrato é ingerido sem necessidade ou em altas concentrações, aumentam as chances de desenvolver problemas gastrointestinais e de desidratação. Os sintomas sentidos quando há este excesso são náuseas, diarreia e até vômitos.

Gel de carboidrato ou alimentos?

É possível encontrar carboidratos em diversos alimentos como por exemplo, frutas, batatas e mandioca.  Qual é o melhor? Esta resposta só será encontrada depois de realizar as avaliações com um nutricionista para determinar quais são os alimentos mais eficientes para o seu organismo.

Jamais faça auto nutrição! Esta atitude pode colocar a sua saúde em risco. Jamais realize atividades físicas sem orientação capacitada! Busque o acompanhamento de um profissional de Educação Física e só inicie qualquer tipo de exercício depois de obter a liberação médica para se exercitar.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)