A dor na coluna e em outras partes do corpo pode ser um sintoma de algum problema grave como por exemplo, a hérnia. Neste artigo vamos explicar o que é hérnia, apresentar os principais tipos de hérnia e falar como a hérnia é causada. Entenda como prevenir o desenvolvimento da hérnia e cuidar da saúde do seu corpo!

O que é Hérnia?

A hérnia nada mais é do que uma protuberância em algum órgão interno. Ela pode aparecer em várias partes do corpo, sendo que os lugares mais comuns são: coxas, umbigo, virilha, abdômen ou coluna. Quando a hérnia se desenvolve, ela provoca um deslocamento inadequado de alguma parte do corpo, causando como principal sintoma a dor.

O que é hérnia? Quais os sintomas da hérnia?

Conheça os tipos mais comuns de hérnia. Entenda como tratar corretamente!

Hérnia: Quais os tipos?

Como falamos a hérnia pode ser desenvolver em várias partes do corpo e cada uma tem sua característica específica. Se você tem interesse em saber de algum tipo específico de hérnia, deixe nos comentários que vamos fazer um artigo completo de cada tipo.

  • Hérnia inguinal – Na virilha
  • Hérnia de disco – Na coluna
  • Hérnia de hiato – No abdômen
  • Hérnia umbilical – No umbigo
  • Hérnia femoral – Na coxa

Hérnia: Quais as causas?

Não existe uma causa única e evidente para o desenvolvimento de uma hérnia. Em algumas pessoas ela está presente desde o nascimento. Também pode ser causada por excesso de carga ou impacto, principalmente nos casos de hérnia de disco. No caso dos bebês, a hérnia pode acontecer quando a membrana que cobre os órgãos abdominais não tem o fechamento completo.

Hérnia: Fatores de risco

De acordo com os médicos especialistas, existem vários fatores que podem favorecer o desenvolvimento da hérnia, são eles:

  • Levantar peso em excesso
  • Constipação crônica
  • Fumo
  • Esforço para evacuar
  • Excesso de esforço físico
  • Tosse crônica
  • Fibrose cística
  • Esforço para urinar
  • Próstata aumentada
  • Hábito alimentar ruim

Sintomas de Hérnia

Os sintomas da hérnia geralmente variam de acordo com o tipo de hérnia, mas existem os sintomas principais que são:

  • Inchaço na região afetada
  • Muita dor no local
  • Presença de sangue nas fezes
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Incapacidade de movimentos

Para diagnosticar a hérnia é necessário consultar um médico e realizar a avaliação completa. Na consulta médica é importante saber ajudar o médico, oferecendo informações importantes sobre o problema.

  • Você fuma? Se sim, quantos cigarros por dia?
  • Quando a dor começou?
  • Costuma praticar exercícios físicos?
  • Qual a intensidade da dor?
  • Como é a sua alimentação
  • Trabalha com esforço excessivo?
  • Alguma atividade faz a dor piorar?

Na consulta médica é provável que ele te faça essas perguntas, se souber respondê-las, certamente o diagnóstico vai ser mais preciso e o tratamento pode ser iniciado com mais rapidez.

Hérnia: Tratamento

A definição do tratamento depende da situação da hérnia e do local. Na maioria dos casos o tratamento é cirúrgico, mas também existem outros tratamentos que vamos falar na sequência do artigo.

Tratamento de hérnia: Cirurgia

Para quem quer saber se a hérnia tem cura, a resposta é sim! Entretanto, a cirurgia é o único tratamento que consegue eliminar a hérnia. Caso você não saiba, o procedimento cirúrgico para a hérnia está entre os mais feitos no mundo.

Geralmente, a cirurgia não oferece grandes riscos, com exceção dos casos de hérnia de disco. Portanto, se a pessoa não apresenta problemas médicos, a cirurgia é o melhor tratamento, principalmente quando a hérnia causa muita dor ou está aumentando de tamanho.

Tratamento de hérnia: Cirurgia laparoscópica

Outra possível alternativa de tratamento é com um processo laparoscópico. Neste tratamento há uma inserção de uma pequena câmera em pequenos cortes cirúrgicos. Neste tipo de tratamento a recuperação é muito mais rápida e o paciente sente muito menos dor.

Tratamento de hérnia: Medicamentos

Existem casos em que os médicos não indicam o procedimento cirúrgico por não ver necessidade. Geralmente são casos onde a hérnia é muito pequena e causa pouca dor, ou seja, com o uso de analgésicos, a pessoa consegue aliviar a dor causada pela hérnia.

Hérnia: Como prevenir?

Os médicos especialistas orientam que as pessoas devem evitar os fatores de risco, além de cuidar da postura, mantendo os hábitos saudáveis no trabalho, esporte e etc. Se você adotar às medidas preventivas, o risco de desenvolvimento de hérnia é bem menor!

Apesar da hérnia ter um tratamento eficiente, é melhor cuidar do seu problema logo nos primeiros sintomas, visando evitar os procedimentos cirúrgicos. Porém, o ideal mesmo é prevenir o desenvolvimento da hérnia que em alguns casos, pode causar até mesmo incapacidade de movimentos.

Você conhece alguém que tem ou teve hérnia? Qual foi o tipo de hérnia e o tratamento? Deixe nos comentários o seu relato pra gente continuar falando deste importante assunto.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)