A nossa pele contém um número absurdo de glândulas sudoríparas que são responsáveis pelo sistema de evaporação e resfriamento do nosso corpo. Durante os exercícios físicos, há uma elevação natural da temperatura interna do seu corpo e consequentemente, as glândulas sudoríparas liberam bastante umidade para a superfície de sua pele, visando regular a temperatura corporal.

Se você observar bem, a falta de transpiração durante os exercícios físicos pode resultar em um superaquecimento corporal, que pode causar danos nos órgãos e prejudicar as demais funções do organismo. Alguns aspectos podem prejudicar a capacidade que seu corpo tem de produzir suor, mas nem todas são tratadas como problemas. Sendo assim, é indispensável que você busque uma consulta médica para conseguir o diagnóstico correto do seu caso.

O que é o suor?

Ele é composto por aproximadamente 99% de água e 1% de gordura e sal, daí o motivo do gosto salgado do suor. A principal finalidade do suor é justamente a regulação da temperatura corporal.

Quais as causas do suor?

A sua produção é desencadeada por diversas reações químicas que acontecem quando a temperatura interna do seu corpo supera os níveis ideais. As principais causas são: temperatura elevada no ambiente, quanto está se exercitando, reação à situações de estresse ou perigo, algumas doenças e fatores genéticos.

Não suar durante a academia é ruim?

Não suar pode ser o sinal de algum problema grave, mas talvez seja apenas uma resposta natural de exercícios leve, entenda o que causa o suor.

Pouco suor é sinal de problema?

A quantidade de suor produzido varia bastante de pessoa para pessoa. As mulheres geralmente apresentam uma sudorese menor do que os homens, ou seja, elas precisam de temperaturas mais elevadas para suar. Com o passar dos anos, as mulheres tendem a suar cada vez menos e isso ocorre porque as suas glândulas sudoríparas encolhem e se tornam menos sensíveis. É importante compreender que a roupa utilizada, fatores ambientais, estado de hidratação e até mesmo o nível de preparo físico podem influenciar na quantidade de suor.

Muito suor é sinal de emagrecimento mais rápido?

Muitas pessoas acreditam nisso, mas a transpiração não é um indicador de queima de calorias e muito menos de eficiência do treino realizado. Você não precisa suar muito para dizer que fez um bom treino. Aliás, os exercícios físicos realizados em condições de temperaturas mais elevadas podem ser extremamente perigosos.

Infelizmente, ainda existem muitas pessoas que utilizam diversas camadas de roupas para suar mais e com isso “perder mais peso”. Quando um indivíduo realiza exercícios nestas condições citadas, o máximo que ele vai conseguir é um aumento do nível de suor, aumentando as chances de desidratação. Isso é muito perigoso para a saúde, caso queria saber mais sobre este mito, leia o artigo que falamos deste assunto aqui no Buscar Saúde.

A falta de suor é normal?

Este é um quadro conhecido como anidrose e pode ocorrer por exemplo, por desidratação. Neste caso, o seu corpo retém os fluídos mínimos necessários para os processos corporais normais, como a manutenção da pressão arterial e regulação da frequência cardíaca. Outra situação que pode resultar em falta de sudorese é a insolação! Portanto, quando o seu corpo fica exposto à temperaturas elevadas por um longo período, há uma diminuição considerável de suor, principalmente quando está se exercitando nestas condições.

Mas se você mantém um bom nível de hidratação e mesmo assim percebe uma baixa quantidade de suor, uma das causas pode estar nos medicamentos que esteja tomando ou até mesmo problemas médicos. Sendo assim, o mais indicado é consultar um especialista e realizar a avaliação detalhada.

Pouco suor ao se exercitar, o que fazer?

A falta de sudorese é muito perigosa, principalmente durante os exercícios físicos de grande intensidade. Nesta condição, há um risco sério e iminente de superaquecimento que como já falamos, é extremamente prejudicial para o seu organismo. Portanto, é muito importante conhecer a causa da sua falta de sudorese e principalmente sempre tomar as medidas possíveis para manter o resfriamento corporal, mas como fazer isso?

  • Tomar um banho frio depois das atividades físicas
  • Beber bastante água e/ou isotônicos
  • Despejar água sobre seu corpo durante os exercícios físicos
  • Evitar ao máximo ficar exposto ao sol por longos períodos

Considerações Finais

Todas as pessoas devem contar com a orientação especializada, principalmente aquelas que tem alguma alteração fisiológica específica. Converse sempre com seu médico de confiança e discuta as alterações e dúvidas. Tenha muito cuidado com a intensidade e as condições de treino, é fundamental contar com a orientação de profissional de Educação Física.

Você tem problemas com suor, qual é? Você já descobriu a causa? Como conseguiu contornar este problema? Compartilhe com a gente a sua experiência sobre o assunto. Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe nos comentários que teremos o maior prazer de responder!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

6 comentários para “Não suar durante a atividade física é normal?”

  1. Margareth Paulino

    Eu não sou nada ao fazer exercício físico fico quente e vermelha o que posso fazer

    Responder
    • Bruno

      É natural, você não precisa ficar preocupada. Aumento da temperatura ao se exercitar é super comum, ficar com a pele vermelha também!

      Responder
  2. Sueli da Silva Tavares

    Boa tarde, tenho 54 anos e faço atividades física todos os dias pela manhã.
    Bebo água sempre, e estou na menopausa desde os 45 anos de idade e até hoje, e estou na menopausa. Aos 47 anos fiz uma retirada do mioma e útero.
    Resumindo : Hoje fiz minha corrida de sempre na areia e pela a primeira vez, percebi que não soei tanto como nos outros dias… Porque!

    Responder
    • Bruno

      Muitos fatores podem responder a sua pergunta, clima mais ameno, intensidade do exercício e muitas outras coisas. Mas não se preocupe com suar, se você continuou correndo normalmente e não sentiu nada de diferente, pode correr tranquilamente.

      Responder
    • Sueli da Silva Tavares

      Bom dia Bruno.
      Eu continuo correndo e não sinto nada, para mim está tudo normal. Obrigada e bom dia.
      Por favor me mandem mais notícias sobre a saúde. Porque sumiu os informes que vocês me mandaram. Por favor.

      Responder
      • Bruno

        Que bom que não sente nada, continue se exercitando…

        Estamos postando novidades a cada 2 dias, depois da uma olhada ou pede alguém pra olhar pra você sobre as notificações do google, sem querer pode ter bloqueado as notificações do site e por isso parou de chegar. Também pode seguir nossa página no Facebook, os artigos são postados lá, desde já agradeço pelo interesse.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)