A musculação é uma forma de atividade física já consagrada, mas atualmente, diversas pessoas têm trocado as academias pelo fenômeno chamado Treinamento Funcional. Existem grupos que afirmam que esta modalidade será o futuro do treinamento de força, ou seja, tomando o lugar da musculação. Em contra partida, existem grupos que afirmam que as modalidades possuem características específicas bem diferentes e com isso, não há possibilidades de uma eliminar a outra.

Neste artigo vamos falar sobre as principais características da musculação e do Treinamento Funcional. Conheça as maiores diferenças, semelhanças, vantagens e desvantagens do Treinamento Funcional e da musculação, além de apresentar os pontos importantes que podem te ajudar a escolher qual é o método mais indicado para o seu objetivo.

Qual é melhor, academia ou funcional?

Dicas importantes para te ajudar a escolher entre malhação ou treinamento funcional!

Treinamento Funcional – Características e benefícios!

O Treinamento Funcional é baseado na realização de movimentos naturais do ser humano, dentre estes movimentos podemos citar: pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. O Treinamento Funcional tem como principal proposta, tirar as pessoas dos movimentos mecanizados e eixos definidos ou isolados. Este talvez seja o grande atrativo para as pessoas que não gostam de academias e suas rotinas tradicionais.

Os exercícios são bem dinâmicos e ainda contam com a contribuição de diversos acessórios como por exemplo, elásticos, discos, hastes, cordas, bolas e cones. O Treinamento Funcional é um método que contribui para a prevenção de lesões, além de oferecer vários benefícios como por exemplo, estimular a força, equilíbrio, condicionamento físico, resistência, flexibilidade, agilidade, redução da gordura corporal e fortalecimento e articular.

Este método permite a combinação de diversos movimentos e habilidades, podendo exercitar por exemplo, força e equilíbrio em um mesmo treino aeróbico, fazendo com que essa gigantesca variação de exercícios e possibilidades afaste de vez a monotonia e torne o seu corpo cada vez mais eficiente.

Musculação – Características e benefícios!

Agora que você conhece melhor os detalhes do Treinamento Funcional, surge uma pergunta: será que estes benefícios podem provocar o fim da Musculação? Quais as diferenças? A resposta correta é não, porque o método escolhido deve atender a busca do seu objetivo, e se você almeja ganhar a massa muscular ou quer resultados estéticos em tempo reduzido, a musculação é mais eficiente neste ponto. É importante compreender que a hipertrofia não é o foco principal do Treinamento Funcional.

Portanto, se você quer resultados específicos principalmente quanto ao ganho de massa muscular, o método mais indicado é justamente a musculação, uma vez que seus exercícios priorizam grupos musculares isoladamente e com mais especificidade.

Musculação x Funcional – Hipertrofia

Este é um ponto que gera uma enorme polêmica até mesmo entre os especialistas, o Treinamento Funcional consegue ou não promover hipertrofia muscular? De acordo com diversos estudos, um treinamento realizado com dedicação, agrega volume e definição muscular, desde que o mesmo seja planejado e executado corretamente.

Sendo assim, no Treinamento Funcional a hipertrofia pode acontecer de uma forma sistêmica e harmônica em todo o corpo, mas é importante frisar que neste caso, a hipertrofia acontecerá de uma forma bem mais lenta e limitada do que na musculação.

O mais indicado é que a pessoa experimente ambos os métodos e principalmente, só faça a escolha após definir o seu objetivo principal. E que fique bem claro, que em nenhum momento a pessoa deve se privar entre um ou outro, existem benefícios em ambos e a combinação de treinos destes métodos podem maximizar os resultados, sempre lembrando de respeitar o planejamento adequado. Mas se mesmo assim, ainda quiser optar apenas por um, agora você já tem ótimas informações para te ajudar nesta escolha.

Considerações finais

Sempre que falamos de atividade física, frisamos sobre a importância de contar com a orientação de um profissional de Educação Física, uma vez que com este acompanhamento, você irá realizar os exercícios corretamente e aproveitar todos os benefícios de cada método sem correr riscos desnecessários.

Por fim, jamais inicie qualquer tipo de atividade física sem antes consultar um médico, realizar todos os exames e avaliações necessárias para obter a liberação para se exercitar.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)