A alimentação adequada é um ponto importante para as pessoas que querem adotar hábitos saudáveis. Quais as frutas que ajudam a emagrecer? Existem frutas que engordam? Hoje vamos falar dos mitos e verdades envolvendo a ingestão de frutas.

Fruta Engorda? Verdades e Mitos

Quanto mais acesso a informação as pessoas tem, mais elas precisam ter atenção, visto que a possibilidade de encontrar notícias falsas é muito maior. As frutas são ricas em carboidratos e apegando-se a esta informação, passaram a tratá-las como possíveis sabotadoras do regime. Atualmente existe uma grande discussão sobre a fruta ajudar a engordar.

Há diversos anos as frutas são consideradas uma ótima opção para repor as energias rapidamente. É importante frisar que além das calorias, as frutas contam com diversos nutrientes fundamentais para a boa saúde! Dentre elas podemos citar:

  • Vitaminas
  • Minerais
  • Antioxidantes
  • Potássio
  • Magnésio
  • Cálcio
  • Ferro
  • Fibras alimentares
  • Proteínas
  • Gorduras saudáveis.
As frutas ajudam a emagrecer?

Comer fruta demais engorda?

Quais os benefícios das frutas?

Além de ser uma ótima opção para repor as energias, o consumo regular de frutas traz inúmeros benefícios para a saúde. Especialistas informam que a pessoa que consome 2 frutas ao dia consegue obter os seguintes benefícios:

  • Melhoria do sistema intestinal
  • Prevenção de doenças: Câncer, Alzheimer e Hipertensão
  • Combate aos radicais livres, evitando o envelhecimento precoce
  • Melhoria do sistema imunológico
  • Redução do colesterol ruim, LDL
  • Boa fonte energética para os praticantes de atividade física
  • Protege a saúde da pele, cabelo e unhas.

Um erro comum entre as pessoas é pensar que algum alimento específico faz engordar e outro não. A forma correta de avaliar isso é observando o balança calórico, ou seja, quando o total de calorias consumidas ao longo do dia é maior do que as calorias gastas, a pessoa irá engordar indiferente do alimento que ela estiver ingerindo.

Para facilitar o entendimento, observe este exemplo: Se ao longo do dia a pessoa gastou 1.500 calorias, mas ingeriu 2.000, o balanço calórico mostra que você irá estocar 500 calorias naquele dia.

É importante compreender que não são as frutas que engordam, mas sim, a quantidade de calorias que ingeriu e não conseguiu gastar. É claro que existem diferenças calóricas de acordo com cada alimento, ou seja, as chances de você conseguir gastar as calorias de uma fruta consumida é muito maior do que as de um pedaço de pizza ou chocolate por exemplo.

As calorias são todas iguais?

Se olharmos tecnicamente a resposta é sim, mas na prática as calorias oferecem efeitos distintos sobre o organismo. Por exemplo, 200 calorias vindas de uma fruta, exercem um impacto menor na glicemia do que 200 calorias vindas de um doce.

Mas porque esta diferença? A resposta é bem simples! Você se lembra dos outros nutrientes encontrados nas frutas? Então, as fibras conseguem retardar a absorção da glicose e impedir um pico de açúcar na corrente sanguínea. Já no caso do doce, isso não ocorre, uma vez que o doce é praticamente açúcar puro, sendo rapidamente metabolizado pelo sistema digestivo.

Frutas ajudam a emagrecer?

Diversos estudos mostram que o consumo de fibras pode ajudar na redução da gordura corporal. As fibras absorvem água, aumentando o bolo alimentar e isso traz uma sensação de saciedade melhor, consequentemente você ingere menos alimentos e menos calorias. As fibras também ajudam na eliminação de toxinas.

As frutas podem ajudar na luta contra a balança principalmente se forem consumidas no lugar daquelas antigas guloseimas calóricas. Pra você ter uma ideia, uma maçã tem menos de 100 calorias e consegue proporcionar uma saciedade muito melhor do que um bombom, que é no mínimo 15% mais calórico que a maça.

Considerações finais

É importante frisar que quando o assunto é alimentação, a melhor forma de agir é seguindo as orientações de um nutricionista. Portanto, adotar a reeducação alimentar sugerida e buscar também a pratica regular de atividade física é a melhor combinação para reduzir o índice de gordura corporal.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Frutas que engordam? Mito ou verdade?”

  1. Marta da Mata

    Muito bom, Bruno!
    Bem explicado, objetivo e claro.
    Parabéns.

    Responder
    • Bruno

      Fico feliz com este comentário, a ideia é justamente ser bem objetivo e o mais claro possível!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)