A depressão é um problema silencioso e muito perigoso! Infelizmente, a maioria das pessoas não sabe como lidar em casos de depressão na família, sendo que em muitos casos a família age como se o problema não fosse grave. Isso acontece justamente porque as pessoas não sabem que se trata de depressão. Por isso, neste artigo vamos mostrar quais são os sintomas de depressão na adolescência.

Depressão: Características

A depressão é um problema que vem afetando cada vez mais jovens, estando diretamente relacionada com o aumento nos casos de alcoolismo, uso de drogas e suicídio. Todos estes problemas podem ter consequências gravíssimas tanto para a vítima, quanto para a família e amigos.

As principais características de um adolescente com depressão são tristeza profunda, irritabilidade constante, baixa estima, falhas de memória, sensação de inutilidade, falta de vontade para realizar tarefas que sempre gostou. Os familiares e amigos devem ficar atentos, pois estas alterações podem ajudar a identificar a depressão.

Depressão tem cura? Causas e tratamento.

Veja como saber se o adolescente está com depressão!

Depressão: Causas

A depressão na adolescência pode ser causada por vários fatores. Dentre os mais comuns podemos citar o uso de drogas, alcoolismo, problemas familiares, pressão por padrões de beleza, decepções amorosas, frustrações, excesso de pressão nos estudos e sensação de incapacidade!

A depressão também pode surgir por causa de uma situação de bastante estresse, perda de um ente querido, doença crônica ou por outros fatores relacionados à problemas no convívio com outros jovens, o que atualmente é bastante conhecido como bullying.

Sintomas da depressão

De acordo com os especialistas os principais sintomas da depressão na adolescência são:

  • Tristeza
  • Cansaço constante
  • Problemas de memória
  • Dificuldade para concentrar
  • Alterações de humor
  • Choro frequente
  • Falta de interesse ou prazer nas atividades diárias
  • Falta de apetite
  • Perda de peso repentina
  • Ganho de peso sem causa aparente
  • Insônia

O principal aspecto a ser analisado é se o adolescente apresenta sentimentos exagerados de culpa. É importante ficar atento porque isso está diretamente relacionado com os casos de suicídios e homicídios.

Depressão: Como diagnosticar?

O diagnóstico preciso da depressão é feito pelo especialista depois de realizar uma análise completa dos sintomas. O médico especialista tem a capacitação necessária para avaliar o caso e descobrir se é depressão, ou apenas uma situação comum de estresse e/ou ansiedade por exemplo.

Depressão: Tratamento

O tratamento da depressão na adolescência depende da condição do problema. O médico precisa avaliar detalhadamente para definir se o paciente precisa ou não tomar medicamentos antidepressivos para ajudar a aliviar os sintomas. Vale frisar que o uso de medicamentos em qualquer situação só deve acontecer com prescrição médica, porque os efeitos colaterais podem ser extremamente graves!

Porém, o acompanhamento de um psicólogo é parte fundamental no tratamento contra a depressão. Sendo importante que os familiares também se consultem com estes especialistas, para aprender como lidar nesta situação e ajudar a eliminar as possíveis atitudes causadoras destes problema.

Os pais devem buscar formas de incentivar a prática de esportes e outras atividades culturais. Tudo isso é importante para ajudar a reverter este problema, favorecendo uma boa interação social, condições que podem ser cruciais para salvar a vida de um jovem com depressão.

Muitos perguntam se a depressão na adolescência tem cura, e a resposta é sim! Mas para isso, o jovem precisa de um bom acompanhamento médico, psicológico e principalmente, apoio familiar.

Aqui no Buscar Saúde já fizemos um artigo sobre os antidepressivos naturais, que são mudanças de hábitos que podem ajudar a prevenir e combater a depressão. Vale muito a pena esta leitura complementar.

Agora que você já sabe como dar o primeiro passo para ajudar um jovem com depressão, nos ajude a compartilhar este artigo para que cada vez mais pessoas fiquem sabendo destas importantes informações!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)