Quase todo mundo já engasgou alguma vez na vida, seja tomando água, comendo alguma coisa ou até mesmo com a própria saliva, é muito comum engasgar. Em quase todas as situações, depois de várias tosses e um pouco de falta de ar, o corpo vai retornando ao estado normal e a pessoa se recupera do incidente naturalmente, mas e quando a pessoa continua engasgada, o que fazer?

A primeira coisa que acontece com alguém que não consegue desengasgar é entrar em pânico, porque imediatamente há uma liberação enorme de adrenalina que é misturada com a sensação de medo. Neste momento o oxigênio que está armazenado nos pulmões pode mantê-lo vivo por alguns minutos, mas se não conseguir remover o que está obstruindo a respiração, dentro de aproximadamente 5 minutos o seu cérebro pode sofrer danos graves e quando a obstrução é superior a 7 minutos, a situação é praticamente irreversível e a morte cerebral é quase que inevitável.

O que fazer quando alguém engasgar?

Saiba como ajudar ajudar uma pessoa engasgada, essas dicas podem salvar uma vida!

Como ajudar uma pessoa engasgada?

Mas não fiquem assustados porque apesar das informações serem impactantes, elas precisam ser passadas para que as pessoas fiquem cientes dos riscos existentes e assim, possam se informar para estar aptas para agir nestas situações. Com algumas manobras simples, você pode ajudar e salvar a vida de uma pessoa que está engasgada.

Agora vamos falar o que você deve fazer quando engasgar sozinho e essa mesmas dicas podem ser usadas para ajudar alguém que esteja engasgada. A primeira atitude é tossir o máximo possível. Caso você não consiga tossir, você deve forçar para tentar tossir! Caso você consiga tossir ou consiga emitir qualquer som, é uma ótima notícia porque significa que a sua via aérea não está totalmente bloqueada. Os especialistas alertam que a pessoa não deve tomar água para tentar forçar a comida, porque em grande parte dos casos isso pode piorar a situação.

A segunda manobra para ajudar uma pessoa engasgada é semelhante à massagem cardíaca que é feita em caso de paradas cardíacas. Feche uma mão e coloque o lado do polegar encostado entre a sua barriga e a caixa torácica. O próximo passo é apoiar a outra mão por cima desta que está com o punho fechado e em seguida, você deve pressionar o mais forte possível em um movimento bem rápido e direto. Desta forma você está exercendo uma pressão no diafragma que tende a comprimir os pulmões e forçar o ar a empurrar a traqueia com pressão suficiente para deslocar a comida.

Sabemos que esta manobra é um pouco complexa e deve ser realizada apenas por pessoas que dominam a técnica. Portanto, ela não deve ser realizada por uma pessoa insegura ou que esteja nervosa pela situação! Os especialistas indicam que todas as pessoas devem fazer um curso de primeiros socorros, porque nele será ensinado essa manobra e outras técnicas que podem te ajudar em situações bem graves.

Uma outra forma para ajudar alguém que esteja engasgado é usar uma cadeira. Neste caso você se sentar e deitar a pessoa com os peitos voltados para baixo em cima de suas pernas. Em seguida você deve realizar o mesmo movimento da técnica anterior, porém com a pessoa nesta posição. Desta forma a pressão fornecida será maior e o ar será direcionado com mais força, tendo mais chances de deslocar o alimento que está preso.

Ligar para a emergência

Diversas pessoas tem vergonha de ligar para a emergência por achar que o problema não é tão sério, mas é muito melhor prevenir do que correr sérios riscos! Por mais que você tenha aprendido as manobras que mostramos, talvez elas não sejam suficientes para desengasgar a pessoa, e ela fatalmente irá morrer se não houver atendimento especializado urgente!

Sendo assim, você não pode esperar todas as manobras darem errado para somente depois chamar a emergência. O certo é ligar imediatamente para a emergência e em seguida realizar as manobras para ajudar a pessoa engasgada. Se tiver alguém com você no lugar, peça para essa pessoa ligar enquanto você presta os primeiros socorros.

Mesmo que você consiga desengasgar esta pessoa, ainda sim é recomendado que ela busque o atendimento médico porque como já falamos, o cérebro pode sofrer danos quando fica sem oxigenação e só com exames será possível avaliar se está tudo bem. Outro risco está nas manobras de compressão da vítima, em alguns casos a pessoa que está ajudando exerce uma pressão forte demais e isso pode causar danos nos seu abdômen e outros órgãos daquela região. E também temos um risco muito sério que é a possibilidade de algum alimento ter entrado nos pulmões, e caso isso não seja tratado imediatamente a pessoa pode ter problemas graves e risco de morte.

Neste vídeo a seguir você pode ver como devem ser realizadas as manobras para ajudar os bebês engasgados. Vale a pena conferir, porque os procedimentos devem ser muito mais precisos e principalmente muito menos intensos, visto que o corpo do bebê é muito frágil.

Como prevenir os engasgos?

A primeira forma é colocar menos quantidade de alimentos na boca, mastigar bem antes de engolir e evitar falar de boca cheia. Quando a pessoa engasga com líquido, em grande parte dos casos é porque estava bebendo desesperadamente sem pausar para respirar, sendo assim, tanto na hora de se alimentar, quando na hora de se hidratar, o recomendado é fazer em pequenas porções e lentamente.

Caso tenha ficado algum dúvida deixe nos comentários, que iremos responder o quanto antes! Você já passou por alguma situação assim, compartilhe conosco a experiência e nos ajude a alertar as outras pessoas sobre os riscos e como agir nesta situação, obrigado pela leitura e volte sempre ao Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)