Você sabe o que é Setembro Amarelo? Onde surgiu essa iniciativa e quais os objetivos? Por que o Setembro Amarelo tem ficado tão forte nos últimos anos? Neste artigo vamos responder estas perguntas e explicar detalhadamente a importância desta campanha.

Setembro Amarelo: Origem

Caso você não saiba, a campanha Setembro Amarelo é uma iniciativa brasileira que tem como principal objetivo a prevenção ao suicídio. A campanha teve início no Brasil no ano de 2015, e a cada ano que passa ganha mais força!

Esta foi uma iniciativa conjunta do Centro de Valorização da Vida, do Conselho Federal de Medicina e também da Associação Brasileira de Psiquiatria. Não pense que o mês de setembro foi escolhido por acaso, isso aconteceu porque desde 2003 o dia 10 de setembro é considerado o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Setembro amarelo frases

Conheça os principais objetivos da campanha Setembro Amarelo

Setembro Amarelo: Quais os objetivos?

Como falamos no início do artigo, a campanha visa promover ações e eventos que sirvam para abrir o espaço para debates sobre suicídio, além de divulgar o tema de diversas formas, alertando a população sobre a importância da discussão e prevenção do suicídio.

Durante todo o mês de setembro a campanha tem ações diversas com o mesmo objetivo, que é a conscientização. As ações costumam ser realizadas em locais públicos que geralmente são iluminados com a cor amarela.

Felizmente a sociedade, além de vários órgãos públicos e privados importantes estão notando a importância desta campanha de prevenção ao suicídio. No ano de 2015 por exemplo, locais como o Cristo Redentor no RJ, o Congresso Nacional no DF e o Estádio Beira Rio no RS ficaram iluminados com a cor amarela, justamente para incentivar a campanha.

Setembro amarelo: Qual a importância?

Para continuar este artigo nós vamos contar com a colaboração mais que importante da psicóloga Luna Martins, que vai falar todos os detalhes sobre o Setembro amarelo e a importância deste mês de prevenção ao suicídio!

De acordo com os dados dos últimos anos, são registrados cerca de 12 mil suicídios no Brasil e mais de 1 milhão no mundo, um número absurdamente alto! De acordo com os estudos, aproximadamente 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados à transtornos mentais. Dentre as principais causas podemos citar:

  • Depressão
  • Transtorno bipolar
  • Abuso de substâncias tóxicas

A escuta sem preconceitos é muito importante nesses casos! Uma escuta ativa consiste em realmente ouvir e compreender o que o outro diz. Oferecer suporte emocional e informar sobre a ajuda profissional, bem como se mostrar à disposição, caso ela queira conversar novamente.

Se a pessoa falar claramente sobre os seus planos de tirar a própria vida e parece estar decidida quanto a isso, é primordial que ela não seja deixada sozinha. Podem ser contatados os serviços de saúde mental e familiares/amigos da pessoa.

Pode ser necessário que ela fique em um ambiente seguro, sendo auxiliada por um profissional especializado. Lembre-se de uma coisa, o suporte familiar e dos amigos é fundamental para evitar mais um caso de suicídio. Jamais caçoe de alguém que apresente sinais de que pensa em se suicidar.

Como falamos, felizmente estão aumentando as formas de combater este problema e se você estiver precisando de ajuda ou conhece alguém que precisa desta ajuda, indique os serviços oferecidos pelo site do CVV ou através do número 188, que trabalham para promover o bem estar das pessoas e prevenir o suicídio.

Não precisa ter vergonha de procurar ajuda, todos os serviços são feitos em total sigilo, 24 horas por dia. O importante nesta situação não é saber quem precisa de ajudar e sim ajudar todo mundo que está em situações complicadas.

Quer saber mais sobre o Setembro Amarelo? Deixamos abaixo um vídeo como sugestão, vale muito a pena assistir.

Que tal nos ajudar a divulgar essas importantes informações? Compartilhe com seus amigos e familiares, você pode salvar a vida de alguém que você talvez nem tenha notado que precise de ajuda.

Se tiver ficado qualquer dúvida ou tenha alguma sugestão, favor deixar nos comentários que iremos responder com maior prazer.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)