Uma dúvida muito comum dos professores de Educação Física é como fazer um plano de aula educativo e divertido ao mesmo tempo, mas isso pode ser resolvido com bastante criatividade. Neste artigo vamos mostrar ótimas atividades para um plano de aula de futsal visando trabalhar o tiro livre.

Plano de aula Educação Física

As atividades propostas neste plano de aula foram escolhidas para uma turma do ensino médio, mas acredito que com pequenas mudanças nas regras e no grau de dificuldade, as atividades deste plano de aula podem servir também para o ensino fundamental! Porém, a escolha de usar ou não este plano, além de alterar ou não as atividades deve ficar por conta de cada professor que conhece melhor as suas turmas.

Para as atividades deste plano de aula vamos usar duas metodologias, a primeira é a IEU/Escola da Bola, e a segunda é o Conceito Recreativo do Jogo Esportivo. O objetivo geral desta aula é vivenciar o tiro livre direto e indireto com trajetória rasteira e bola alta.

Como fazer plano de aula?

Dicas de atividades de plano de aula de futsal para Educação Física escolar

Futsal: Trio livre preciso

Esta primeira atividade tem duração de 15 minutos! Nesta atividade os alunos vão vivenciar o tiro livre rasteiro e com bola alta, com o pé dominante e não dominante.

Os alunos devem formar em três filas, sendo uma fila ao lado direito do gol atrás da linha de meta do futsal, uma fila no centro do gol atrás da linha de meta do futsal e uma fila ao lado esquerda do gol atrás da linha de meta do futsal.

Cada aluno estará de posse de uma bola, onde irão executar o tiro livre inicialmente rasteiro. Será demarcado na quadra o local onde deverá ser cobrado o tiro livre há uma distância de aproximadamente 8 metros de distância do gol para as filas que estão na direita e na esquerda do gol, e a fila que estará no centro irá bater o tiro livre de 10 metros todos sem barreira.

O tiro livre será cobrado por todos os alunos sendo executados em uma sequência, começando pelo lado esquerdo, em seguida a fila que está ao centro da quadra e por último, a fila que está à direita do gol. Quando o aluno executar o tiro livre, ele deve buscar a bola e voltar para o final da fila seguinte, ou seja, o aluno que estava na fila da esquerda volta para fila do centro, o que está no centro vai para a fila da direita e o aluno que está na fila da direita irá para fila da esquerda.

O gol será dividido em quatro quadrantes, dois superiores e dois inferiores. Como variação o professor pode exigir que o aluno acerte o quadrante que ele falar. Com isso, os alunos vão trabalhar o tiro livre rasteiro e tiro livre com bola alta.

Se o professor quiser colocar pontuação nos quadrantes, ele poderá transformar esta mesma atividade em competição, basta ele definir as regras e o tempo de cada rodada. Outras possíveis variações é exigir que seja apenas com o pé não dominante, colocar barreira no tiro livre e até mesmo aumentar ou diminuir caso necessário.

Futsal: Tiro livre competitivo

Esta segunda atividade tem duração de 20 minutos! Nesta atividade os alunos vão vivenciar o tiro livre rasteiro e com bola alta com o pé dominante e não dominante em situação de competição.

Os alunos serão divididos em duas equipes com números iguais de participantes. O jogo vai acontecer em toda a quadra de futsal utilizando basicamente as mesmas regras do futsal. Porém, todas as vezes que a bola sair pela lateral ou ocorrer alguma falta, tiro de canto e gol, será concedido um tiro livre no local mais próximo que a tenha acontecido.

Neste esquema o professor pode revezar o tiro livre com ou sem barreira. Para facilitar as regras deve ser cobrado um tiro livre de 10 metros usando como referência a linha tracejada do handebol para realizar a cobrança. É importante frisar que o tiro livre poderá ser cobrado de forma livre, mas todos os alunos devem revezar na cobrança, ou seja, o primeiro aluno só volta a cobrar quando todos da sua equipe tiverem cobrado pelo menos uma vez.

Cada equipe deverá eleger um goleiro que deve ser substituído ao longo da atividade para que este aluno que está no gol também possa executar o tiro livre. Caso aconteça um gol vindo direto de um tiro livre, valerá três pontos, desta forma valoriza-se o objetivo principal da aula. Caso aconteça um gol natural durante a partida, ele valor de um ponto. Vence a equipe que fizer mais pontos durante o jogo.

São atividades simples que podem deixar uma aula bem específica mais agradável e divertida. Se tiver alguma sugestão de tema, deixe nos comentários que vamos escrever sobre. Compartilhe este artigo e nos ajude a divulgar estas opções de atividades para o plano de aula de Educação Física.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)