O que é jejum intermitente? Neste artigo vamos falar sobre o jejum intermitente, explicando quais são as principais vantagens e desvantagens. Leia atentamente cada dica, porque isso pode te ajudar a definir se este tipo de procedimento é o mais aconselhado para o seu objetivo.

Emagrecer rápido

As pessoas buscam constantemente maneiras de emagrecer! Pratica regular de atividade física e alimentação balanceada é a receita do sucesso, mas nem todo mundo tem paciência para buscar o objetivo desta forma. Neste pressa para perder gordura corporal, as pessoas adotam vários tipos de dietas e ficam expostas aos riscos destas dietas!

Jejum intermitente: O que é?

Este é um dos mais famosos modelos de dieta alimentar da atualidade! O jejum intermitente consiste basicamente em se alimentar e depois ficar longos períodos praticamente em jejum. O método mais usado é o 5 por 2, onde a pessoa fica cinco dias com alimentação normal e depois tem 2 dias de semi-jejum.

Entretanto, um modelo que tem ganhado cada vez mais adeptos baseia o planejamento em horas e não em dias. Estamos falando do famoso 16 por 8, onde a pessoa come normalmente dentro de um período de oito horas, e depois fica em jejum por 16 horas.

O que é jejum intermitente?

Saiba se qualquer pessoa pode fazer jejum intermitente?

É preciso compreender que neste modelo de horas, quando a pessoa está em jejum não pode comer nada, ou seja, ela só pode beber água ou alguma bebida não calórica. Apesar de parecer impossível, os adeptos informam que é bem tranquilo, visto que a maior parte do período em jejum corresponde aos horários em que estão dormindo.

Os especialistas afirmam que mais estudos precisam ser realizados, mas os estudos científicos que já foram feitos indicam que este método de alimentação pode sim ajudar as pessoas que precisam emagrecer, mas não é indicado para as pessoas com obesidade.

Jejum intermitente: Quais os benefícios?

Estudos mostram que este tipo de jejum está associado a vários benefícios para saúde, inclusive abrindo uma discussão contra o famoso comer de 3 em 3 horas. Antes de pensar qual dos métodos é melhor, vamos focar nos benefícios do jejum intermitente, que são:

  • Redução de cardiopatias
  • Redução do risco de câncer
  • Redução da gordura corporal
  • Aumento da longevidade
  • Proteção contra doenças relacionadas à velhice
  • Redução do declínio cognitivo

Como foi dito, vários estudos estão sendo realizados todos os anos para confirmar e descobrir novas informações do jejum intermitente. Sendo assim, a descoberta de novos benefícios e riscos é constante, então a pessoa que adota este tipo de método precisa ler constantemente as novas descobertas cientificas.

De acordo com vários especialistas, o sucesso deste tipo de método depende muito da adaptação da pessoa. Mas uma coisa é fundamental, a pessoa deve optar por um método que seja seguro, saudável e que mantenha uma alimentação rica em alimentos nutritivos. A rotina alimentar saudável deve ter alimentos ricos em colesterol bom, proteínas, fibras e outros mineiras essenciais.

Jejum intermitente: Quais as desvantagens?

Existem pessoas que não devem fazer este tipo de jejum, porque os efeitos podem ser prejudiciais para a saúde. O jejum intermitente geralmente não é recomendado para os seguintes grupos:

Os principais efeitos colaterais do jejum intermitente são as dores de cabeça, dificuldade de concentração, tontura e dificuldade de absorção de nutrientes. As pessoas que fazem parte de algum dos grupos citados devem evitar este tipo de método, principalmente os idosos e menores de 18 anos.

Este assunto gera informações de vários tipos e por isso, resolvemos deixar de sugestão este vídeo onde você pode conferir mais dicas sobre tema, vale a pena conferir!

Vários nutricionistas afirmam que os métodos de dietas intermitentes podem ser eficazes para perder peso, assim como as dietas restritivas, mas o que deve ser observado é o número de riscos e as condições que serão adotadas.

Como frisamos ao longo do artigo, ainda existem muitas dúvidas sobre o jejum intermitente, ou seja, o mais aconselhado é buscar sempre a orientação de um nutricionista para planejar uma rotina alimentar balanceada que ofereça os nutrientes que o seu corpo precisa.

Para quem quer emagrecer, a prática regular de atividade física é indispensável para alcançar o objetivo. Então, busque imediatamente um profissional de Educação Física para te ajudar no planejamento e principalmente na orientação da forma saudável de se exercitar.

Espero ter ajudado com estas informações, futuramente podemos fazer outro artigo com novas descobertas sobre o jejum intermitente. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)