A luta contra o peso corporal é uma realidade para boa parte da população. A busca desesperada pelo emagrecimento faz com que diversas pessoas tomem atitudes extremamente perigosas para a sua saúde. O emagrecimento muito rápido pode trazer sérias consequências para as pessoas.

Neste artigo vamos falar do efeito sanfona, um problema muito comum entre as pessoas que fazem dietas restritivas absurdas com o intuito de emagrecer bruscamente em um curto período de tempo. Vejam quais os riscos, quais as consequências e principalmente, entenda porque este tipo de emagrecimento não funciona.

O que é efeito sanfona do emagrecimento?

O efeito sanfona é um problema que faz com que a pessoa volte a engordar facilmente após um período de emagrecimento. Este problema geralmente acontece repetidas vezes e as pessoas tendem a ficar com um peso corporal maior do que quando iniciaram a dieta de emagrecimento.

Quais as consequências do efeito sanfona?

O organismo humano é muito complexo e ao mesmo tempo extremamente inteligente, os seus sistemas interligados rapidamente respondem ao perceber que algo está errado ou ameaçando à sua integridade, e é isso que acontece no caso das dietas muito restritivas.

A pessoa tende a emagrecer muito rápido e para o seu organismo isso é algo errado, ou seja, você irá induzir uma alteração no padrão de funcionamento do seu organismo, fazendo com que ele reduza a velocidade do metabolismo. No momento em que o seu corpo é adaptado à nova taxa metabólica, ele irá reduzir consideravelmente a quantidade de calorias queimadas e no momento em que você encerrar a dieta e voltar a se alimentar normalmente, o acumulo de energia será maior do que antes, visto que o seu metabolismo está mais lento.

Dentre as terríveis consequências, a pessoa irá ganhar peso rapidamente e as chances de alcançar um peso maior do que tinha antes da dieta é muito grande. Para complicar ainda mais, o organismo desta pessoa começa a criar resistência à perda de peso e com isso os processos de emagrecimento se tornam cada vez mais complicados.

O efeito sanfona não traz consequências apenas relacionadas ao controle do peso, ele também favorece o desenvolvimento de diversos problemas de saúde como, por exemplo, o enfraquecimento do sistema imunológico, a elevação dos níveis de colesterol ruim, a hipertensão e o desenvolvimento de doenças coronárias.

O que é efeito sanfona no emagrecimento?

Tudo sobre o efeito sanfona no emagrecimento

Como prevenir o efeito sanfona?

Para prevenir este perigoso problema, a pessoa precisa fazer o possível para se manter no peso ideal. Para as pessoas que já estão acima do peso, a forma mais aconselhada é buscar um emagrecimento gradativo, ou seja, busque as pequenas mudanças na rotina.

Para te ajudar a prevenir o efeito sanfona no emagrecimento, você precisa estar atento aos principais erros. Na sequência deste artigo, trouxemos os 5 principais pontos que envolvem mudanças de hábitos e um emagrecimento saudável.

Fugir das dietas restritivas

  • As dietas oferecidas como milagrosas que apresentam resultados imediatos, são aquelas com características restritivas. Este tipo de dieta é extremamente agressiva ao nosso organismo e além de ser as maiores causadoras do efeito sanfona, elas também são responsáveis por diversos outros problemas de saúde.

Evitar o consumo exagerado de adoçantes

  • Diversos estudos apontam que o uso exagerado de adoçantes causa um aumento da absorção de açúcar, consequentemente favorece o ganho de peso. Vale lembrar que o excesso de açúcar pode causar diversos outros problemas graves, portanto, fique bem atento quanto a isso.

Evitar automedicamento

  • Outra fonte de promessas impossíveis são os remédios para emagrecer, mas eles chegam a ser ainda mais perigosos que as dietas restritivas. A pessoa que faz uso desse tipo de remédio sem orientação capacitada, certamente provocará uma redução da capacidade metabólica, além de provocar perigosas alterações hormonais e prejudicar o funcionamento de diversos órgãos do nosso corpo.

Manter-se bem hidratado e alimentado

  • Uma alimentação balanceada e uma ótima hidratação é praticamente tudo que você precisa para se manter dentro do peso ideal. Jamais fiquei longos períodos sem se alimentar e principalmente sem se hidratar, uma vez que isso pode levar à desaceleração do metabolismo, favorecendo o acúmulo de gordura no corpo.

Praticar exercícios físicos

  • Além de uma hidratação e alimentação correta, a pessoa precisa praticar exercícios físicos regularmente para manter o metabolismo sempre ativo. Sendo assim, se exercite pelo menos 3 vezes por semana, mas é muito importante evitar os excessos, não é se exercitando ao extremo que você vai conseguir chegar ao peso ideal, é importante compreender que este processo é gradativo.

Considerações Finais

Acredito que ficou bem claro que você deve evitar a todo custo iniciar estas dietas restritivas malucas. O caminho correto é buscar uma reeducação alimentar para controlar de forma saudável a sua ingestão calórica, além de se exercitar regularmente. Não podemos deixar de falar das orientações capacitadas, este é sem dúvida outro aspecto muito importante para as pessoas que buscam emagrecer com saúde.

Busque sempre uma orientação correta e faça o planejamento possível de ser seguido. Para isso, consulte um nutricionista para cuidar da sua nova dieta alimentar e jamais inicie qualquer exercício físico sem realizar os exames necessários para obter a liberação médica para se exercitar. Para efetuar um bom planejamento de cargas e intensidade dos exercícios que te ajudaram no aumento de gasto enérgico, é indispensável contar com a orientação de um profissional de Educação Física.

Se a pessoa tiver paciência e principalmente consciência de buscar as orientações corretas, ela certamente irá alcançar o seu objetivo e principalmente, fazer isso de uma forma bem saudável.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Efeito sanfona no emagrecimento! O que é? Como evitar?”

  1. Cíntia Braga

    Como sempre, excelente!

    Responder
    • Bruno

      Continuo feliz em atender as expectativas!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)