Você já ouviu falar da dieta da bolacha, dieta da sopa ou qualquer outra dieta que promete resultados imediatos e milagrosos? Neste artigo vamos falar sobre as dietas mais perigosas do mundo! Ao contrário do que devia acontecer, as pessoas estão deixando de lado a reeducação alimentar e entrando de cabeça nas dietas restritivas, quem possuem diversos efeitos colaterais ao corpo.

Dieta para emagrecer: Dieta da solitária

Por mais absurdo que pareça, algumas pessoas buscaram nas lombrigas solitárias uma solução para emagrecer rapidamente. Mas como seria esta dieta? A pessoa ingere uma lombriga ou em alguns casos, ingere uma pílula que ajuda a desenvolvê-la. Como todo mundo sabe, este parasita promove a perda de peso e no momento em que a pessoa chega ao peso desejado, ela toma um remédio para matar este verme.

Conheça os riscos das dietas para emagrecer rápido

Quais são as dietas mais perigosas que existem?

Dieta para emagrecer: Dieta da sopa

Esta dieta é bem famosa e a sua proposta varia nos ingredientes, mas o objetivo é o mesmo. Você deve tomar o café da manhã normalmente e no restante do dia você só pode se alimentar de sopa. Esta dieta é realmente muito simples não é mesmo, mas será que ela é saudável? Obviamente que não, porque se você ainda não sabe, as dietas quase sempre restringem nutrientes que o seu corpo precisa para ter um bom funcionamento.

Dieta para emagrecer: Dieta do suco de pomelo

Esta dieta é famosa deste a década de 30 e a sua proposta é a seguinte, você pode comer os alimentos que gosta sem restrição para proteínas e gordura, limitando apenas os alimentos ricos em carboidratos. O segredo da dieta está no consumo diário de 2 litros de suco de pomelo que quando combinado com a proteína, tem a capacidade de acelerar a queima calórica. É importante frisar que não existe estudos que comprovem tal efeito milagroso.

Dieta para emagrecer: Dieta HCG

Os hormônios são fatores que podem sim alterar a sua capacidade de ganhar ou perder peso, mas na dieta de HCG, você injeta, ingere ou passa um creme na pele para absorver este hormônio. O objetivo desta dieta é que o hormônio ataque e queime as células de gordurosas em nosso corpo, mas assim como na dieta anterior, não existe nenhum estudo que comprove a eficácia desta dieta.

Dieta para emagrecer: Dieta da bolacha

A dieta da bolacha aparentemente é maravilhosa, uma vez que ela permite que você coma 6 bolachas por dia, além de jantar. O grande problema é que as bolachas não são exatamente as que está pensando, são bolachas especiais que contêm proteína de carne e o gosto é extremamente ruim, fazendo com que você tenha vontade comer outra coisa o mais rápido possível para tirar aquele sabor da boca.

Dieta para emagrecer: Dieta da língua

A dieta da língua incentiva que a pessoa implante um dispositivo que torna o ato de se alimentar um pouco desconfortável. Depois da cirurgia, quando a pessoa for comer ela sentirá um incomodo e isso ajuda a limitar o consumo de alimentos ingeridos. Essa dieta é extremamente horrível, uma vez que a pessoa não conseguirá nutrir corretamente o corpo.

Dieta para emagrecer: Dieta da sobremesa no café da manhã

Comer sobremesa faz bem e o café da manhã é considerado a refeição mais importante de todas, porque é através dela que acontece desjejum. O problema é quando a pessoa começa a comer donuts, biscoitos, bolos ou outras guloseimas logo pela manhã. Quando você troca o horário e come a sobremesa pela manhã, a tendência é que você se alimente menos, mas se a pessoa não controlar a quantidade e qualidade dos alimentos ingeridos, esta dieta não servirá de nada.

Estas são apenas algumas das inúmeras dietas que existem, e se você conhece alguma que não foi citada, deixe nos comentários que teremos o maior prazer de escrever e alertar sobre. É sempre importante frisar que a boa dieta é aquela que mantém o seu corpo saudável! Portanto, não acredite em dietas milagrosas e em resultados exagerados, o emagrecimento é fruto de dedicação e paciência!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)