A Hipoglicemia é um problema grave e que precisa de bastante atenção! Ao pesquisar sobre este assunto, as principais dúvidas que encontramos foram: o que é Hipoglicemia, quais os sintomas de Hipoglicemia, além de vários outros questionamentos sobre a Hipoglicemia reativa. Preparamos então este artigo bem instrutivo para você que veio até aqui Buscar Saúde!

O que é Hipoglicemia?

A Hipoglicemia é classificada como um distúrbio que é causado pelos baixos níveis de glicose no sangue. Como falamos, esta condição é muito perigosa e pode afetar as pessoas portadoras ou não de diabetes.

Caso você não saiba, a insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, e a sua função principal é atuar na entrada da glicose nas células. A Hipoglicemia geralmente acontece quando há um aumento da quantidade de insulina no sangue, ou a diminuição da quantidade dos hormônios de regulação da insulina.

O que é hipoglicemia reativa?

Tudo sobre Hipoglicemia! Causas, sintomas e tratamento.

Hipoglicemia: Quais as causas?

Além deste desequilíbrio hormonal citado acima, existem outras possíveis causas para o desenvolvimento dos quadros de Hipoglicemia. Dentre elas podemos citar:

  • Consumo de medicamentos voltados para o tratamento de diabetes
  • Insuficiência hepática
  • Insuficiência cardíaca
  • Insuficiência renal
  • Tumores pancreáticos
  • Consumo exagerado de álcool

Hipoglicemia: Sintomas

Outra dúvida muito comum é sobre os sinais que o corpo mostra quando estamos com Hipoglicemia. Estes sintomas apresentados abaixo podem aparecer ou não, isso vai depender de cada caso.

Então se você notar um ou mais dos sintomas listados, pode ser um indicador de Hipoglicemia. Nestes casos, o aconselhado é procurar um médico para fazer uma avaliação mais detalhada!

  • Tonturas
  • Suor frio
  • Nervosismo
  • Tremores
  • Palpitações
  • Taquicardia
  • Náuseas
  • Palidez
  • Vômitos
  • Fome

Hipoglicemia: Como tratar?

Não existe um tratamento único para a Hipoglicemia porque ele depende da causa do distúrbio. Portanto, o tratamento pode ser com a retirada dos tumores, com a redução do consumo de bebidas alcoólicas, com mudanças nos medicamentos, ou até mesmo alterações nos hábitos alimentares.

Hipoglicemia Reativa: Características

Os casos de Hipoglicemia reativa acontecem cerca de 3 a 5 horas depois das refeições, e a causa também é o desequilíbrio entre os níveis de glicose e de insulina no sangue. Este tipo de Hipoglicemia é provocado pela ingestão de alimentos extremamente ricos em açúcar.

Entretanto, este problema também pode se manifestar entre os pacientes submetidos à cirurgia do estômago, e também nas pessoas que estão na fase inicial da resistência à insulina. Novamente alertamos sobre a importância de buscar imediatamente o acompanhamento médico para avaliar melhor a situação.

A melhor maneira de evitar a Hipoglicemia reativa é evitando as situações que favoreça o desenvolvimento das crises. Por mais óbvio que possa parecer, a orientação é reduzir ao máximo o consumo dos alimentos ricos em açúcares. Entenda que a maioria das pessoas não precisa eliminar de vez o consumo destes alimentos, mas reduzir ao máximo é fundamental para manter a boa saúde.

Hipoglicemia: Cuidados

Para evitar as situações de risco que favorecem o desenvolvimento dos quadros de Hipoglicemia, a orientação é fazer refeições menores e mais frequentes, ou seja, se alimentar nas quantidades adequadas em horários mais próximos, evitando ficar longos períodos em jejum.

Buscar alimentos ricos em carboidratos e proteínas principalmente antes de dormir, visto que isso é importante para prevenir as crises noturnas de Hipoglicemia. Por último, a indicação é para os praticantes de exercícios físicos. É necessário consumir carboidratos para evitar as quedas bruscas dos níveis de glicose no sangue.

Com essas dicas chegamos ao final do artigo sobre Hipoglicemia e queremos contar com a sua ajuda! Conhece alguém que consome muito alimento açucarado? Conhece alguém que consome muita bebida alcoólica? Conhece alguém que se queixa dos sintomas listados? Compartilhe este artigo com essas pessoas e nos ajude a instruir cada vez mais pessoas sobre estes riscos e cuidados.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)