Segundo os dados da Organização Mundial da Saúde, a diabetes é uma doença que infelizmente vem afetando cada vez mais pessoas. Neste artigo vamos falar sobre os sintomas da diabetes que em alguns casos podem ser bem intensos.

Diabetes: Como identificar?

É importante compreender que existe a diabetes tipo 1 e a diabetes tipo 2! A tipo 1 geralmente surge durante a infância e/ou adolescência, a tipo 2 é mais comum entre as pessoas com excesso de peso e a má alimentação, sendo mais comum em pessoas com mais de 35 anos.

As pessoas que notarem um ou mais dos sintomas que vamos apresentar, principalmente aquelas que já sabem de casos de diabetes na família, precisam realizar regularmente o exame de glicemia de jejum para avaliar qual é a taxa de açúcar no sangue.

Diabetes: Como agir?

Se a pessoa for diagnosticada diabética ou pré-diabética, ela precisa iniciar imediatamente o tratamento proposto pelo médico. Caso você não saiba, a diabetes não tem cura, mas com o tratamento adequado, a doença pode ser controlada e a pessoa pode levar uma vida praticamente normal.

O tratamento da diabetes é fundamental para evitar as complicações desta doença que pode levar a pessoa à morte! Este processo deve ser feito com a orientação do médico endocrinologista, e o uso ou não de medicamentos para diminuir a concentração de glicose no sangue, só deve ocorrer com prescrição médica.

Sendo assim, podemos dizer que o uso de medicamentos, a alimentação saudável e a prática de atividade física podem ajudar a melhorar a qualidade de vida de uma pessoa com diabetes, mas se não houver orientação adequada, os riscos e complicações podem ser irreversíveis!

O que é diabetes tipo 1, diabetes tipo 2?

Quais são os sintomas da diabetes? Saiba como tratar a diabetes e evitar as complicações desta doença.

Sintomas de diabetes

Agora vamos explicar quais são os sintomas, começando pela diabetes tipo 2. Em geral os sintomas da diabetes tipo 2 são mais comuns nas pessoas com sobrepeso ou que tem um péssimo hábito alimentar. Os principais sintomas são:

  • Sede mais forte
  • Boca seca com muita frequência
  • Vontade de urinar constante
  • Cansaço excessivo
  • Visão embaçada
  • Feridas que demoram a cicatrizar
  • Sensação de formigamento nos
  • Sensação de formigamento nas mãos
  • Infecções frequentes

Geralmente a diabetes tipo 2 tem relação com a resistência à insulina, fazendo com que este hormônio não consiga transportar a glicose presente no sangue para dentro das células.

Agora vamos explicar quais são os sintomas de diabetes tipo 1, que como foi dito é mais comum durante a infância, mas também pode ser diagnosticada em pessoas adultas. Os casos de pessoas com mais de 30 anos com diabetes tipo 1 são bem raros, mas eles existem! Os principais sintomas são:

  • Vontade de urinar constante
  • Sensação forte de sede
  • Sensação constante de fome
  • Perda rápida de peso
  • Forte cansaço
  • Excesso de sono
  • Coceira pelo corpo
  • Infecções constantes
  • Mudança de humor repentina
  • Aumento da irritabilidade
  • Tontura
  • Tremores
  • Suor frio
  • Apatia

A diabetes do tipo 1 é caracterizada quando o pâncreas não consegue produzir insulina, ou quando a produção é pouca! Neste caso, o organismo não consegue utilizar o açúcar presente no sangue, causando um desequilíbrio que pode ser fatal.

Se você está com algum destes sintomas, é importante buscar a orientação médica para avaliar melhor o caso. Talvez não seja nada, mas caso o diagnóstico confirme a doença, quanto mais cedo iniciar o tratamento adequado, menos riscos irá correr pelas complicações da doença!

Sintomas de diabetes gestacional

Existem os casos chamados de diabetes gestacional, onde os sintomas são semelhantes aos da diabetes tipo 2. A gestante sente muita sede e tem vontade frequente de urinar. Estes sintomas podem surgir em qualquer fase da gravidez, mas com o acompanhamento certo, o médico geralmente solicita a realização do teste de glicose sanguínea para avaliar e controlar a taxa de açúcar no sangue.

Caso a pessoa não controle corretamente a taxa de açúcar durante a gestação, a diabetes pode provocar diversas complicações como por exemplo, parto prematuro, pré-eclâmpsia e excesso de peso no bebê.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Diabetes! Quais os tipos e sintomas?”

  1. Ruth Gomes Gonçalves

    Obrigada pela matéria

    Responder
    • Bruno

      Eu quem agradeço por ter lido e comentado. Espero que continue acessando o Buscar Saúde!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)