Dor no pescoço o que pode ser? Qual o remédio para dor no pescoço? Qual o tratamento para dor no pescoço? Estas são apenas algumas perguntas comuns que surgem quando uma pessoa começa a sentir dor no pescoço. O objetivo deste artigo é mostrar as principais causas da dor no pescoço, além de dar dicas para evitá-las e tratá-las corretamente.

Dor no pescoço: o que é?

A dor no pescoço é problema bem comum e que geralmente está relacionado com a tensão muscular. Com o aumento das situações estressantes ao longo do dia, a pessoa dente a sofrer com estas dores com mais frequência, além deste problema existem outros que vamos falar ao longo deste artigo.

Em grande parte dos casos, a dor no pescoço não significa nada grave, mas é importante ficar atento à evolução do sintoma, visto que a dor no pescoço também pode significar algo mais grave como por exemplo, doenças da coluna, hérnia de disco ou infecções.

Dor no pescoço, o que pode ser?

O que fazer quando sentir dor no pescoço?

Dor no pescoço: Tensão muscular

Este problema pode ser provocado pelo estresse como já foi dito, mas também pode surgir se a pessoa adotar uma postura incorreta por muito tempo, seja durante o dia ou quando está dormindo. Além disso, a tensão muscular também pode ser causada por um problema chamado bruxismo, que é quando a pessoa fica rangendo os dentes, saiba que isso provoca uma enorme tensão desde o pescoço até ao ouvido.

O tratamento para a dor de pescoço desenvolvida pela tensão muscular é bem simples! A pessoa deve fazer aplicação de compressa quente sobre a região afetada até que os sintomas desapareçam. E para reduzir as chances de ter este problema, bem como evitar que eles se agravem, a pessoa deve principalmente adotar uma boa postura e buscar exercícios de fortalecimento dos músculos do pescoço.

Dor no pescoço: Artrose

A artrose na coluna que também pode ser chamada de osteoartrite da coluna, consiste em um desgaste da cartilagem das articulações da coluna e uma das consequências deste problema, é justamente o surgimento de fortes dores e extrema dificuldade para realizar movimentos nesta região.

Ainda não existe cura para este problema, mas ele pode ser tratado com medicamentos como analgésicos que devem ser indicados pelo médico após realizar uma análise completa do problema. Talvez seja indicado também o uso de suplementos alimentares que estimulem a regeneração da cartilagem afetada.

Dor no pescoço: Pancadas

As pancadas no pescoço também podem resultar em fortes dores nesta região e elas podem ocorrer em um pratica esportiva ou um acidente por exemplo. Sendo assim, quando os tecidos moles do pescoço são esticados além do limite natural e a cabeça faz o que chamamos de efeito chicote, que é um movimento brusco e rápido para trás e depois para a frente, quase sempre resulta em fortes dores no pescoço.

Em grande parte dos casos, o repouso e a aplicação de compressa quente já é suficiente para acabar com as dores, mas caso não resolva, a pessoa deve buscar um médico para avaliar o caso, pois pode haver a necessidade de uso de analgésicos e em casos mais raros, pode ser necessário recorrer a sessões de fisioterapia.

Dor no pescoço: Meningite

A meningite se caracteriza como uma inflamação grave das meninges que são as membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. Os principais sintomas desta doença são rigidez do pescoço acompanhada de uma intensa dor e bastante dificuldade em fazer o movimento de flexão do pescoço, ou seja, é quase impossível encostar o queixo no peito sem sentir uma dor muito forte!

O tratamento da meningite é muito especifico e depende diretamente da sua causa que são várias. Sendo assim, o tratamento pode variar entre antibióticos, antivirais ou corticoides e somente o médico saberá qual o remédio certo a lhe indicar depois de realizar a avaliação completa.

Dor no pescoço: Câncer

O surgimento de nódulos no pescoço podem indicar a presença de câncer e além dos nódulos, a pessoa sente bastante dor no pescoço, rouquidão, dificuldade para engolir e respirar. Como todos já sabem, infelizmente o câncer é uma doença muito grave e a pessoa deve buscar o médico o quanto antes caso perceba estes sintomas! Se o diagnóstico confirmar o câncer, o médico irá determinar qual o melhor tratamento.

Estamos chegando ao final deste artigo e queremos deixar um último alerta, se a dor no pescoço durar mais que 1 semana ou não apresentar melhoras em caso de aplicação de compressas mornas, é indispensável buscar um médico para realizar uma avaliação mais detalhada. Lembre-se que o uso de medicamentos só deve ocorrer com orientação médica, jamais se auto medique!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)