O tema deste artigo é alongamento, mais especificamente sobre os alongamentos para as pernas. Veja como fazer corretamente os exercícios de alongamento e saiba quais são os músculos trabalhados em cada exercício. Vamos falar também sobre os principais benefícios do alongamento!

Exercícios de alongamento: Quais os benefícios?

Quando o assunto é alongamento para as pernas, os benefícios que podem ser obtidos são fundamentais para melhorar a qualidade de vida! Além de favorecer a melhoria na amplitude de movimento, a pessoa também vai notar que a circulação sanguínea acontece com muito mais eficiência.

Os exercícios de alongamento para pernas podem e devem ser feitos todos os dias, e caso você não saiba, os benefícios dos alongamentos só surgem quando a pessoa realiza os exercícios corretamente e principalmente, quando existe regularidade nesta prática.

Portanto, as pessoas que praticam alguns minutinhos de alongamento e de vez em quando, jamais vão conseguir os benefícios que esperam. Os alongamentos são exercícios simples, mas podem ser perigosos se praticados incorretamente, ou seja, é fundamental respeitar os seus limites!

Exercícios de alongamento para as pernas.

Dicas de alongamentos para as pernas!

Exercício de alongamento para a coxa

Alongamento 1 – De pé, mantenha a coluna ereta e flexione uma das pernas, segure o pé e puxe a perna para trás até sentir que o músculo está se alongando. Mantenha-se na posição alongada por 30 segundo e depois alterne as pernas. Caso tenha dificuldades para manter o equilíbrio, você pode se apoiar na parede ou em uma cadeira, mas lembre-se sempre de manter a coluna ereta.

Alongamento 2 – No segundo alongamento vamos trabalhar os músculos da região posterior da coxa. De pé e com as pernas unidas, você deve flexionar o seu tronco para frente e tentar tocar a ponta dos pés com as mãos. Caso você não consiga tocar o pé não se preocupe, apenas mantenha-se no alcance máximo por 30 segundos e depois retorne lentamente para a posição inicial.

Alongamento 3 – Sente no chão, estique e afaste as pernas, em seguida você deve flexionar o tronco em direção à uma das pernas e tentar tocar a ponta do pé com a mão. Caso você não consiga tocar o pé não se preocupe, apenas mantenha-se no alcance máximo por 30 segundos e depois repita o exercício tentando tocar o outro pé. Observe que este exercício é bem parecido com o exercício anterior.

Exercício de alongamento para a panturrilha

Alongamento 4 – De pé, você deve esticar uma perna à frente como se fosse dar um passo, com a perna esticada, apoie apenas o calcanhar no chão, flexione o tronco para frente e tente tocar a ponta do pé com a mão. Assim como no exercício anterior, não se preocupe se não conseguir tocar o pé, apenas mantenha-se no alcance máximo por 30 segundos e depois repita o exercício esticando a outra perna.

Alongamento 5 – De pé em um degrau, você deve tirar os calcanhares do chão apoiando apenas na ponta dos pés. Caso tenha dificuldades para manter o equilíbrio, você pode se apoiar na parede ou em uma cadeira, mas lembre-se sempre de manter a coluna ereta. Em seguida você deve abaixar os calcanhares lentamente, fazendo com que os calcanhares fiquem abaixo do degrau, faça isso até sentir o alongamento da panturrilha. Mantenha-se na posição alongada por 30 segundos e depois retorne à posição inicial lentamente!

O bom treino de flexibilidade deve ser de pelo menos 30 minutos, então você pode aproveitar todas as opções de exercícios de alongamentos que passamos, alternando entre eles e aproveitando ao máximo todos os benefícios de cada um!

Todas as vezes que falamos de exercício físico, citamos a importância de contar com a orientação de profissional de Educação Física. O exercício sem orientação pode oferecer muitos riscos e malefícios que já citamos em um artigo aqui no Buscar Saúde, vale a pena conferir!

Os exercícios de alongamento para pernas podem ser feitos até mesmo no ambiente de trabalho, promovendo a redução do estresse e das dores musculares. Portanto, aproveite os benefícios que os alongamentos podem oferecer e lembre-se, a evolução deve ser gradativa, então não force demais, pois as chances de lesões são enormes!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)