É verdade que o adoçante faz mal pra saúde? Diversas pessoas evitam consumir açúcar com medo dos malefícios que ele pode causar, mas será que apenas substituir o açúcar por adoçante é o suficiente? A resposta é não, infelizmente diversas pessoas abusam do consumo de adoçantes e muitas nem sabem quais são as possíveis consequências.

Assim como acontece com o açúcar, o consumo excessivo pode ser muito ruim para a saúde. Portanto, existem várias restrições para todos os tipos de adoçantes conhecidos no mercado. Na sequência do nosso artigo, você vai conhecer melhor a composição dos adoçantes e saber quais os benefícios e malefícios que ele pode oferecer.

Qual a composição do adoçante?

Talvez você não saiba, mas existem alguns adoçantes naturais como é o caso do esteviosídeo, que é mais conhecido como estévia. Ele é extraído de uma planta que é bastante consumida pelas tribos indígenas! Desde já frisamos que são os adoçantes naturais são os que menos oferecem riscos.

Adoçante faz mal pra saúde?

Veja porque os adoçantes podem fazer mal pra saúde? Entenda os riscos e malefícios do consumo excessivo!

Diversos outros adoçantes foram criados em laboratório e vários deles por acaso. Um grande exemplo disso é o aspartame, que foi descoberto acidentalmente em uma pesquisa que tinha como objetivo produzir um remédio contra a úlcera. Este fato ocorreu no ano de 1965, quando o químico Jim Schlatter deixou cair em suas mãos uma combinação de diversos aminoácidos que ele havia desenvolvido, quando ele colocou o dedo na boca sentiu um gosto exageradamente doce, ou seja, ali surgia um dos mais populares adoçantes utilizado em refrigerantes light.

As pessoas imaginam que todos os adoçantes são voltados para dietas, mas isso não é verdade! Existem diversos deles que possuem muitas calorias, mas como alguns não são açúcares normais, eles podem ser consumidos por diabéticos. Mas esse consumo só deve ocorrer com liberação do médico que acompanha o caso.

O que é adoçante natural?

Segundo os especialistas em nutrição, a melhor opção de adoçante é o natural, ou seja, aquele que é o doce da fruta. De acordo com alguns estudos realizados, o mais indicado é usar frutas secas como por exemplo, tâmaras e passas, para adoçar naturalmente as suas bebidas.

Quais os benefícios do adoçante?

Grande parte dos adoçantes que possuem baixa ou nenhuma caloria, são naturalmente bem mais doces que o açúcar de mesa, ou seja, com apenas um pouco de adoçante, você consegue o mesmo sabor de uma grande quantidade de açúcar.

Os adoçantes de baixa ou nenhuma caloria não favorecem a formação das cáries dentárias. Eles também não afetam a glicose sanguínea e muito menos a resposta da insulina. Além destes benefícios já citados, estes adoçantes podem auxiliar na redução da ingestão calórica e melhorar o sabor das dietas de calorias reduzidas.

Quais os malefícios do adoçante?

O consumo de sacarina é proibido no Canadá, enquanto o de ciclamato é proibido nos Estados Unidos. Isso ocorreu depois que os resultados de uns testes realizados em camundongos, mostraram que ambas as substâncias citadas resultaram em câncer na bexiga dos animais. Apesar de não haver comprovação científica quanto aos riscos em seres humanos, os estudos motivaram esta proibição em alguns países.

O nosso organismo não está preparado geneticamente para absorver estas substâncias. O local preferido para o acúmulo das toxinas é o tecido adiposo. Quanto maior for este acumulo, maior será a dificuldade de gastar esta gordura estocada, ou seja, o emagrecimento fica cada vez mais difícil!

O principal órgão responsável em eliminar todos este resíduos tóxicos é o fígado! Sendo assim, ele precisa atuar com extrema intensidade e dificuldade para suprir essas necessidades, em longo prazo isso pode trazer graves consequências. Os especialistas alertam que estas toxinas também podem interferir no funcionamento da tireóide. Com isso, o nosso mecanismo de fome e saciedade fica desregulado.

Se você quiser ficar ainda mais por dentro deste assunto, confira este vídeo muito informativo que trata dos riscos de cada tipo de adoçante e como escolher e consumir corretamente!

De acordo com a Associação Brasileira de Estudo da Obesidade, se a pessoa consumir os adoçantes moderadamente, ou seja, dentro dos limites indicados pelo nutricionista, elas estarão completamente seguras e o consumo não causará problema algum.

Considerações Finais

A maior parte dos problemas com adoçantes diagnosticados até hoje, está relacionado com o consumo excessivo! Portanto, se você abusa do consumo de adoçantes, os riscos são eminentes e para determinar qual a quantidade ideal de adoçante a ser consumido, o mais aconselhado é buscar um nutricionista e realizar todos os exames e avaliações necessárias.

Você consome adoçante? Qual é sua opinião sobre o assunto? Conhece alguém que abusa do consumo de adoçantes? Deixe sua dúvida e sugestão, ajude-nos a compartilhar experiências e informações que podem ajudar outras pessoas que tem a mesma dúvida.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Adoçante faz mal? Quais os riscos?”

  1. João

    Excelente explicação, tirou minhas duvidas e fiquei muito surpreso com os riscos, obrigado

    Responder
    • Bruno

      Confesso que durante a pesquisa fiquei bastante surpreso com estes riscos, mais um motivo pra estar sempre se informando!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)