Quais os sintomas do câncer de mama?

Escrito na categoria "Hábitos saudáveis" por Bruno Almeida.

Como é o caroço do câncer de mama? Aprenda como reconhecer os sintomas de câncer de mama, além de aprender mais sobre os principais tipos de câncer de mama. Leia com bastante atenção, pois cada informação pode ser fundamental para salvar vidas!

Principais tipos de câncer de mama

Ao contrário do que muitos imaginam, não existe apenas um câncer de mama! Na verdade, esta doença pode ser classificada em vários tipos diferentes, e essa variação do câncer de mama depende do desenvolvimento, visto que alguns são mais agressivos do que os outros.

Carcinoma ductal in situ (CDIS)

Este é o de câncer de mama que está na fase inicial, sendo aquele que se desenvolve nos ductos. Este tipo de câncer de mama tem chances de cura bem elevadas.

Carcinoma lobular in situ (CLIS)

Considerado também como em fase inicial, este é o segundo tipo mais comum entre as mulheres. A diferença é que neste caso o câncer se encontra nas glândulas produtoras de leite, mas também é um tipo pouco agressivo e fácil de tratar.

Carcinoma ductal invasivo (CDI)

Podemos dizer que este é o tipo mais comum de câncer de mama, e indica um caso em fase mais avançada do que o câncer na glândula produtora de leite. Neste tipo de câncer, o problema se espalhou para fora, conseguindo criar metástases.

Carcinoma lobular invasivo (CLI)

Este é um câncer de mama mais raro e também é o mais complicado de identificar! Este tipo tem forte relação com o desenvolvimento de câncer no ovário, e por falar em tipo raro, temos também o carcinoma inflamatório da mama, que é muito agressivo.

Existem vários tipos de câncer de mama que são mais raros ainda! Dentre eles podemos citar: Carcinoma mucinoso, carcinoma medular, carcinoma tubular e também o tumor filoide maligno.

Saiba como prevenir câncer de mama

Conheça os sintomas de câncer de mama

Sintomas de câncer de mama

Os sintomas basicamente são alterações na mama, principalmente o desenvolvimento de um pequeno nódulo indolor. Atenção, é importantíssimo saber que nem todos os nódulos que surgem na mama são classificados como malignos, ou seja, no caso de nódulo benigno, não se trata de uma situação cancerígena.

Na sequência do artigo vamos listar os principais indicadores de um possível câncer de mama. Se você identificar um ou mais destes pontos listados, a orientação é buscar um médico imediatamente para realizar uma avaliação mais detalhada!

Neste vídeo abaixo tem um excelente demonstrativo sobre a forma de fazer o autoexame. Por favor assista, pois assim poderá aprender como cuidar ainda mais da sua saúde, visando identificar rapidamente os sintomas do câncer de mama!

Realizar a auto avaliação é importante para identificar o câncer de mama, mas se você ainda não se sente capaz de fazer isso, busque um mastologista que pode realizar o exame com precisão.

Sintomas de câncer de mama no homem

Atenção, por mais que a maioria dos casos de câncer de mama seja entre as mulheres, saiba que o homem pode ter câncer de mama também! Por isso, ambos precisam fazer o autoexame periodicamente!

Entenda que os sintomas de câncer de mama masculino são bem semelhantes aos das mulheres. Este é mais um motivo para buscar um médico quando notar qualquer tipo de alteração na mama.

Câncer de mama avançado

Uma dúvida muito comum é se tem como saber se o câncer de mama está avançado ou não! Podemos dizer que quando o quadro está avançado, geralmente são os mesmos sintomas e com muito mais intensidade!

O desenvolvimento de lesões na mama, é outra situação que pode acontecer nestes casos mais graves. Além disso tudo, é importante destacar os outros sintomas comuns de casos de câncer em geral, que são:

Quando o estágio é avançado e se trata de metástases, as células malignas podem passar para outros órgãos do corpo. Portanto, este é mais um motivo para se cuidar e realizar as avaliações periodicamente!

Como prevenir o câncer de mama?

Sabemos que ainda não existem estudos que comprovem com 100% de eficiência as causas do câncer. Também sabemos que na grande maioria dos casos, o câncer está relacionado com fatores genéticos. Porém, mesmo assim existem hábitos que podem reduzir os riscos de desenvolvimento desta terrível doença.

A prevenção do câncer de mama começa com um estilo de vida saudável, buscando se alimentar melhor com frutas, legumes e verduras. Além disso, praticar exercício físico regularmente vai fortalecer o seu sistema imunológico, algo que é fundamental para combater muitos problemas de saúde!

Para aumentar ainda mais os cuidados, tenha muita atenção com os vícios nocivos, ou seja, reduza ao máximo o consumo de bebidas alcoólicas, e elimine totalmente o cigarro da sua vida.

Considerações finais

O câncer de mama tem cura? A resposta é sim! Por isso, identificar o câncer no estágio inicial pode ser crucial para a eficiência do tratamento. Dentre as pessoas curadas do câncer de mama, o número é bem maior entre aquelas que identificaram o problema rapidamente.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia e a Sociedade Americana de Radiologia, a mamografia deve acontecer de forma anual depois dos 40 anos de idade. Entretanto, o Ministério da Saúde no Brasil e outras sociedades médicas de mastologia da Europa, indicam que a mamografia anual deve acontecer duas vezes por ano depois dos 50 anos de idade.

A realização do autoexame deve acontecer de 3 a 5 dias depois do término da menstruação, e para os grupos que possuem casos de câncer de mama na família, o cuidado deve ser redobrado!

Por causa disso tudo que falamos ao longo do artigo é que as campanhas de conscientização ganham cada vez mais força, e a mais famosa neste caso, sem dúvidas é a campanha do Outubro Rosa.

Pessoal, conhecer o seu corpo é fundamental para saber como se cuidar e afastar problemas graves! Continue acessando os artigos do Buscar Saúde, compartilhe nas suas redes sociais e convide mais pessoas para conhecer o site.

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.

Deixe um comentário