Protetor solar é tudo igual? Qual o melhor protetor solar? O que é fator de proteção e como escolher? Qual a diferença de UVA e UVB. Essas foram as dúvidas principais que encontramos quando pesquisamos para falar sobre protetores solar, e neste artigo vamos explicar como escolher o protetor solar certo para manter a sua pele bem protegida!

Protetor solar: Qual a importância?

Apesar de todo mundo já ter ouvido falar da importância de manter a pele protegida do sol, pouquíssimas pessoas sabem como fazer corretamente! O uso do protetor solar é indispensável para quem vai ficar exposto longos períodos ao sol. Ele serve para proteger a pele dos raios solares que são responsáveis por causar o envelhecimento precoce e outros problemas graves como por exemplo, câncer de pele!

Protetor solar: O que é?

Podemos dizer que o protetor nada mais é do que uma substância que é capaz de proteger a sua pele, reduzindo consideravelmente os danos causados pelos raios ultravioletas do sol. O protetor solar que é o foco deste artigo é o protetor químico, ou seja, são produtos fabricados com o objetivo de absorver os raios ultravioletas.

Entretanto, também existem os protetores físicos, que são tão úteis e importantes quanto o protetor solar. Para quem ainda não entendeu, os protetores físicos são óculos, bonés e outras roupas e acessórios que podem ajudar a minimizar a exposição da pele aos raios do sol.

Protetor solar, como escolher?

Saiba como escolher usar corretamente o protetor solar.

Protetor solar: Restrições

O protetor solar deve oferecer a proteção adequada para o seu tipo de pele sem oferecer nenhum efeito colateral. Existem pessoas que possuem alergia à este produto, então é importante consultar um dermatologista para avaliar qual a alternativa mais segura.

Raios UVA e UVB: Qual a diferença?

Na hora de comprar o protetor solar certamente você vai encontrar produtos que protegem contra os raios UVA e UVB, então qual a diferença e como escolher? Saiba que os raios ultravioleta (UV) são capazes de atravessar a camada de ozônio e por isso, podem ser perigosos para a nossa pele! Os raios UV são divididos em UVB e UVA, causando efeitos distintos na nossa pele.

  • Raios UVA – Eles possuem alto poder de penetração, e uma exposição a longo prazo pode causar problemas pigmentares, tumores cutâneos e envelhecimento acelerado.
  • Raios UVB – Diferente dos raios UVA, os raios do tipo UVB podem ser doloridos, sendo o responsável pelo bronzeado. Mas não se iluda, porque eles também podem causar queimaduras de pele, reações alérgicas e câncer de pele.

Fator de proteção: Como escolher FPS?

Esta famosa sigla que está presente no protetor solar significa simplesmente “FATOR DE PROTEÇÃO SOLAR”! Os números ao lado do FPS representam o grau de proteção que este produto pode oferecer para a sua pele.

Agora que você já sabe o que é a sigla e o qual o significado dos números, a próxima pergunta provavelmente tenha sido como escolher o protetor certo para a minha necessidade? Devo comprar o FPS15, FPS30, FPS50, FPS60 ou qual outro?

Para começar a responder isso, você precisa fazer um cálculo simples, multiplique o número de FPS por 10, e assim você terá o tempo em minutos de proteção oferecida pelo protetor que está usando. Se o protetor é FPS15, ao multiplicar por 10 temos 150, ou seja, a proteção é de 150 minutos.

Porém, é importante compreender que o fator de proteção não é o mesmo do início da aplicação ao fim deste período. Por isso, a indicação é fazer uma nova aplicação de hora em hora. Além disso, é importante analisar cada tipo de produto, visto que alguns diminuem a proteção oferecida ao entrar em contato com água ou areia.

Protetor solar: Preços

Se a pessoa observar apenas o tempo de duração de proteção, ela certamente vai comprar o protetor de FPS menor, visto que o protetor de FPS maior é muito mais caro, e quase sempre é necessário fazer uma reaplicação de hora em hora.

Seguindo esta lógica não está errado, mas é importante compreender que existem muitas outras diferenças significativas entre os produtos de FPS diferentes. A primeira delas é que o protetor solar com FPS maior tende a ter uma concentração maior de compostos que são responsáveis pela proteção, ou seja, oferecem mais proteção. A segunda diferença é que quase sempre, o protetor solar de FPS maior tem uma fixação melhor na pele.

Entretanto, a principal diferença vem agora! Estamos falando da capacidade de absorção dos raios solares. Nesta lista abaixo você pode conferir a relação de FPS e poder de absorção, observe que quanto maior o FPS, mais protegida a pessoa fica. Sendo assim, justifica-se o preço bem mais caro do protetor solar de FPS maior!

  • Protetor FPS 2 – 50% de absorção dos raios solares
  • Protetor FPS 15 – 93% de absorção dos raios solares
  • Protetor FPS 30 – 97% de absorção dos raios solares
  • Protetor FPS 60 – 99% de absorção dos raios solares

Naturalmente é fácil compreender que quanto mais clara for a pele da pessoa, maior será a necessidade de proteção. Por isso, há uma variação tão grande de protetor solar, visto que duas pessoas da mesma família possivelmente vão precisar de protetores diferentes!

Protetor solar: Quando usar?

Não pense que isso é uma pergunta boba porque a maioria das pessoas cometem erros ao usar o protetor solar. Na sequência do artigo vamos explicar qual a forma correta de usar o protetor solar e explicar quais são os erros mais comuns.

O primeiro erro e bastante cometido é aplicar o protetor solar na mesma hora que vai ficar exposto ao sol. Caso você não saiba, a pele gasta entre 20 e 30 minutos para absorver o protetor. Portanto, o certo é aplicá-lo bem antes de ficar exposto ao sol!

Outro erro comum é aplicar o protetor solar depois de vestir a roupa de banho. Os especialistas informam que o correto é passar o protetor solar e somente depois vestir a roupa de banho, pois assim evita-se que alguma região do seu corpo possa ficar exposta sem proteção.

Agora vamos falar de um erro clássico! Muitas pessoas acham que não precisa usar protetor solar quando fica apenas na sombra do guarda-sol. O guarda sol ajuda na sensação de conforto, visto que o sol não fica em contato direto com a nossa pele, mas isso não significa que não estamos expostos aos raios UV, porque o guarda sol não é capaz de bloquear os raios e também tem a areia que é capaz de refletir os raios do sol.

Protetor solar: Atividade física

Grande parte das pessoas associa o uso de protetor solar apenas aos dias que vamos em praias ou clubes, mas isso é errado! Qualquer exposição prolongada ao sol requer uma proteção adequada, então o uso de protetor solar é indispensável para quem vai trabalhar ou se exercitar nestas condições. Optar pelo tipo de protetor solar à prova d`água é uma boa opção, visto que eles são mais resistentes ao suor

Para saber qual o protetor solar coreto para a sua pele, você deve fazer uma consulta com um dermatologista. Só assim é possível definir o FPS perfeito para proteger a sua pele.

Espero que tenha gostado deste artigo e destas dicas importantes. Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe nos comentários que iremos responder com maior prazer!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)