Ossos do crânio? Qual o único osso móvel da cabeça?

Escrito na categoria "Corpo humano" por Bruno Almeida.

Recentemente fizemos um artigo completo sobre ossos do corpo humano! Durante a criação deste conteúdo, notamos que havia uma demanda de artigos específicos sobre algumas partes do sistema ósseo. Para ajudar quem quer realizar uma pesquisa rápida, já fizemos artigos sobre os ossos da mão, ossos do pé e agora você confere tudo sobre os ossos da cabeça!

Na nossa cabeça os ossos estão divididos entre duas regiões, ossos do crânio e ossos da face. Portanto, conhecer a anatomia da cabeça é fundamental para saber onde estão estes ossos, que variam desde pequenos até outros bem grandes.

Quais são os Ossos do Crânio?

Caso você não saiba, temos 22 ossos da cabeça, sendo 14 ossos localizados no esqueleto da face e 8 ossos situados no crânio. Alguns ossos são em pares, ou seja, tem um dele em cada lado. Então, para facilitar o entendimento vamos colocar o número com a quantidade.

Ossos do esqueleto

Na imagem abaixo você pode ver a localização dos ossos que são: Mandíbula (1), Vômer (1), Lacrimal (2), Maxilar (2), Nasal (2), Palatino (2), Zigomático (2), Concha nasal inferior (2).

Anatomia ossos da cabeça

Visão frontal do crânio, destacando ossos da face!

Ossos do crânio

Na imagem abaixo você pode ver a localização dos ossos que são: Etmóide (1), Frontal (1), Esfenóide (1), Occipital (1), Temporal (2) e Parietal (2).

Qual o nome dos ossos da cabeça?

Visão lateral do crânio, destacando ossos da face!

É muito importante citar que dentro de cada orelha ainda temos 6 ossículos: Estribo (2), Martelo (2) e Bigorna (2), sendo que alguns estudiosos incluem eles na contagem dos ossos do crânio e da face. Neste caso, o número final seria de 28 ossos, mas na literatura geral a quantidade é 22 como já passamos anteriormente!

Ossos da cabeça: Importância

Conhecer não somente os nomes, mas também a anatomia dos ossos do crânio é muito importante, pois assim podemos entender porque eles são tão importantes para o corpo humano.

Para você ter ideia, o conhecimento dos ossos do crânio é tão fundamental, que a matéria de Anatomia Humana faz parte até da grade curricular dos cursos de odontologia.

Além de proteger o cérebro humano, os ossos da cabeça também atuam na movimentação mastigatória, ações respiratórias e tem até uma certa relação com o nosso sistema sensorial.

Aqui vai mais uma curiosidade incrível! Você sabe qual o único osso móvel da cabeça? Para quem disse mandíbula, a resposta é sim! Essa movimentação acontece principalmente durante a mastigação e ao gargalhar, mas esse osso só se move em algumas direções, justamente por causa das suas limitações morfológicas.

Cérebro Humano

Pessoal, citamos ao longo do texto a importância dos ossos da cabeça para a proteção do cérebro, que sem dúvidas é o órgão mais importante do nosso corpo. Por ser tão crucial e fascinante, a gente já fez um artigo completo mostrando as coisas incríveis que o nosso cérebro é capaz de fazer, indicamos esta leitura complementar porque o artigo está fantástico!

Aqui no Buscar Saúde buscamos várias formas de passar a informação, justamente para que você possa continuar aprendendo sobre o tema. Por isso, sempre deixamos um vídeo relacionado de sugestão, pois assim você pode tirar alguma dúvida que possa ter ficado ao longo das explicações, além de aprender com outros temas paralelos. Assista para aumentar os seus conhecimentos!

Antes de finalizar queremos te convidar para continuar lendo as dicas aqui do Buscar Saúde. Se puder nos ajudar, compartilhe estas informações nas suas redes sociais. Caso tenha ficado alguma dúvida ou tenha alguma sugestão, favor deixar nos comentários que iremos responder.

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.

Deixe um comentário