O que é Síndrome de Burnout? Causas, sintomas e tratamento!

Escrito na categoria "Tratamento de doenças" por Bruno Almeida.

Acho que estou com Síndrome de Burnout, o que fazer? Se você não sabe o que é Síndrome de Burnout, leia atentamente este artigo, pois estamos falando de um problema grave e que pode acabar com a sua qualidade de vida! Conheça os principais sintomas da Síndrome de Burnout, e entenda quem é o profissional mais capacitado para identificar se você está com Bornout ou não.

O que é Síndrome de Burnout?

Classificada como um distúrbio emocional, essa síndrome apresenta sintomas de exaustão extrema, desencadeada quase sempre por muito estresse e resultando em um esgotamento físico incapacitante.

Esse problema quase sempre está relacionado com o ambiente de trabalho, principalmente aqueles que demandam competitividade ou responsabilidade excessiva. Estudos indicam que os profissionais mais propensos são: professores, médicos, bombeiros, enfermeiros, jornalistas e outros.

Quando o profissional baseia o seu trabalho em objetivos, o risco de sofrer com a Síndrome de Burnout é muito alto, principalmente quando são traçadas metas praticamente inalcançáveis, algo que é muito comum no ambiente comercial por exemplo.

É importante citar que isso quase sempre é iniciado pela cobrança externa, ou seja, o empregador e/ou clientes exigem sempre mais do que o funcionário consegue oferecer. Porém, como ele se sente na obrigação de cumprir o objetivo, ele vai se esforçar ao ponto de sofrer um desgaste incontrolável.

O que é Síndrome de Burnout?

Síndrome de Burnout afeta muito mais gente do que parece!

Sintomas da Síndrome de Burnout

São muitos fatores que contribuem para o desenvolvimento e agravamento da Síndrome de Burnout! Dentre eles podemos citar: o nervosismo, os sofrimentos psicológicos, além de vários problemas físicos.

As crises de estresse e a falta de vontade de sair da casa, são dois alertas que podem indicar o início da doença.  De acordo com vários estudos, os principais sinais e sintomas da Síndrome de Burnout são:

Os sintomas geralmente surgem de forma leve, mas a tendência é ir agravando com o passar do tempo, o que acaba dificultando o diagnóstico. Por esse motivo, é que as pessoas acabam pensando que o problema é algo passageiro.

Para evitar que a situação fique grave demais, busque a orientação profissional assim que notar os primeiros sinais. Menos mal se for algo simples, mas entenda que vários problemas graves como a Síndrome de Burnout, começam com sintomas leves.

Síndrome de Burnout tem cura?

A resposta é sim, mas tudo vai depender do diagnóstico e tratamento! Jamais busque o automedicamento, pois isso pode ser muito perigoso para a sua saúde. O diagnóstico da Síndrome de Burnout sempre deve ser feito pelos profissionais especialistas. Portanto, sempre respeite a orientação do seu psiquiatra e/ou psicólogo.

Sabemos que nem todo mundo tem condições financeiras para pagar pela orientação particular, por isso queremos informar que existem excelentes profissionais no Sistema Único de Saúde (SUS), e também na Rede de Atenção Psicossocial (RAPS).

Tratamento para Síndrome de Burnout

A duração do tratamento pode variar bastante, pois dependente da gravidade da síndrome. Entretanto, com alguns meses já é possível notar melhorias significativas! A maior parte do tratamento é basicamente com psicoterapia, mas é crucial informar que também pode envolver medicamentos.

Algumas mudanças de hábitos são fundamentais para se livrar do Burnout, principalmente mudanças no ambiente que está sendo a raiz do problema. Como citamos, a maior parte está relacionada com as condições de trabalho, mas também existem casos que precisam de mudanças no estilo de vida.

Realizar atividade física regularmente é indispensável para quem quer melhorar a qualidade de vida, principalmente para quem está lutando contra a Síndrome de Burnout!

Além disso, realizar atividades de relaxamento e conhecimento corporal pode ser uma excelente alternativa para afastar várias doenças e problemas de saúde. Dentre as principais opções podemos citar Yoga, Meditação e Pilates.

Para finalizar sobre as mudanças de hábito, sempre que possível tire férias, dê espaço para momentos de lazer como sair com os amigos, e aproveitar outros hobbies. Tudo isso certamente vai combater o estresse excessivo.

Síndrome de Burnout piorando

Durante o tratamento podem haver momentos de dificuldades, por isso é importante ficar atento aos sinais de piora da síndrome. Eles podem surgir quando a pessoa não segue o tratamento corretamente, e nas situações mais graves, isso pode acabar causando depressão profunda.

Como prevenir a Síndrome de Burnout?

Acredito que tenha notado o quanto é fundamental manter o equilíbrio entre as obrigações e as atividades de lazer e convívio social!

Foram muitas dicas, mas queremos que você aprenda ainda mais sobre o bornout. Assista este vídeo abaixo que explica muito bem os níveis desta síndrome.

Para continuar aprendendo com o Busca Saúde, continue lendo os nossos artigos, pois temos muitas informações de qualidade. Convide os seus amigos e familiares para conhecer o site.

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Buscar Saúde!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.

Deixe um comentário