Hipertermia é um problema comum, mas que se não for tratado corretamente pode causar vários problemas de saúde e levar a pessoa à morte. Neste artigo vamos falar o que é hipertermia, além de mostrar os principais sintomas e explicar como agir em caso de hipertermia.

Hipertermia: O que é?

A hipertermia acontece quando há um aumento exagerado da temperatura corporal, fazendo com que os valores sejam superiores à 40°C. Este problema é facilmente confundido com a febre, principalmente porque os sintomas são bem parecidos! Geralmente a vítima sente calafrios, pulso acelerado, além de respiração rápida e ofegante.

Em muitos casos a pessoa pode notar estes sintomas mesmo sem estar com febre ou hipertermia, visto que essas são ações normais do corpo para reajustar os mecanismos envolvidos na termorregulação. Porém, é importante avaliar a frequência e duração destes sintomas, pois também pode ser um indicador de algo mais grave!

Hipertermia: Quais os riscos?

Como falamos no início do artigo, a hipertermia precisa ser tratada corretamente para evitar consequências piores como por exemplo, disfunção de vários órgãos, insuficiência Respiratória, problema renal, hemorragias, insuficiência hepática, lesões intestinais, pancreatite e trombocitopenia.

Quanto mais alta for a temperatura, piores são as consequências! Quando a temperatura é superior à 41°C, as chances de lesões cerebrais são altíssimas. Já quando a temperatura é superior aos 45°C, ocorre uma rigidez muscular e o risco de morte é absurdamente alto!

O que é hipertermia e como tratar?

Conheça os principais sintomas da Hipertermia!

Hipertermia: Quais as causas?

As causas da hipertermia quase sempre estão associadas à exposição excessiva ao sol e/ou ambientes com calor intenso. Entretanto, é importante compreender que existem outros fatores causadores, que são:

  • Consumo de medicamentos
  • Desidratação
  • Doença que cause febre muito alta
  • Intoxicação
  • Fatores que interferem na troca de calor
  • Prática exagerada de exercícios físicos
  • Uso de drogas

Hipertermia: Sintomas

Agora que você já sabe as possíveis causas, é importante ficar atento aos possíveis sintomas! Sempre que notar um ou mais destes sintomas, a indicação é buscar uma orientação médica para avaliar melhor o problema e se necessário, iniciar o tratamento adequado. Os sintomas de hipertermia são:

  • Ansiedade
  • Suor intenso
  • Perda de coordenação motora
  • Confusão mental
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Câimbras
  • Visão embaçada
  • Dificuldades de raciocinar
  • Náuseas
  • Respiração intensa
  • Vômitos

Hipertermia: Como tratar?

O tratamento para reduzir os sintomas e evitar os danos causados pela hipertermia é relativamente simples, mas precisa ser feito o mais rápido possível. Portanto, se você estiver com hipertermia ou se deparar com alguém nesta condição, o procedimento correto é o seguinte:

O primeiro passo é tirar a vítima do sol ou do local com muito calor e chamar imediatamente uma ambulância. Enquanto o atendimento especializado não chega, você deve ventilar o corpo da vítima, abanando com alguma blusa ou outro objeto. Você também pode cobrir o corpo da vítima com toalhas molhadas e usar bolsas de gelo entre as virilhas, axilas e pescoço.

Jamais dê água ou qualquer outra bebida para a vítima, a não ser que ela apresente sinais de que está plenamente consciente. Fique próximo à vítima até que o socorro especializado chegue. Outra dica importante é que a vítima jamais deve ficar no meio de uma aglomeração de pessoas, ela deve ser levada para um local arejado e fresco!

Estas dicas são simples, porém muito importantes! As pessoas podem apresentar insolação ou hipertermia com muita frequência quando se exercitam ou trabalham expostas ao sol. Outro grupo que está mais propenso a ter este problema é o das pessoas que passam o dia todo na praia ou no clube, principalmente quando não se hidratam corretamente.

Siga atentamente todas as dicas e evite as situações de risco! Por mais simples que pareça, a vítima pode não sobreviver se o caso for muito grave e intenso. Se tiver ficado alguma dúvida, deixe nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)