Você sente dor no ombro, o que pode ser? Diversas pessoas reclamam de dor no ombro ao levantar o braço? Existe diferença para a dor no ombro direito e dor no ombro esquerdo? A dor no ombro pode surgir em qualquer idade, mas geralmente é mais comum entre os jovens atletas e pessoas que realizam trabalhos com movimentos repetitivos. Outro grupo que sofre bastante com as dores nos ombros são os idosos, neste caso, o problema é relacionado ao natural desgaste da articulação.

Dor no ombro: O que pode ser?

Em grande parte dos casos, a dor no ombro é causada por inflamações temporárias das estruturas que compõem o ombro. Mas em alguns casos, essa dor é muito mais duradoura e intensa, exigindo um diagnóstico e tratamento mais específico.

Dor no ombro o que fazer?

O primeiro passo é sempre buscar um ortopedista para avaliar completamente o problema. Depois de um exame detalhado, este profissional poderá indicar quais as melhores formas de tratamento. Para aliviar um pouco a dor antes de ir ao médico, o indivíduo pode fazer uma aplicação de compressa fria por 20 minutos no local afetado, repita o procedimento a cada 2 horas!

Dor no ombro, o que pode ser?

Veja quais são as causas de dor no ombro e como agir pra aliviar este incomodo!

Dor no ombro: Bursite

É um problema causado pela inflamação da bursa, que é uma estrutura bem parecida à uma almofada. Ela tem a função de proteger os tendões e os músculos dos ossos do ombro durante a movimentação e o desenvolvimento deste processo inflamatório, é bem comum entre as pessoas que fazem atividades repetitivas com o braço.

Bursite: Quais os sintomas?

O sintoma mais comum é o surgimento de uma dor aguda na parte superior e/ou frontal do ombro. A dor tende a piorar quando há movimentos desta região. É importante frisar que não precisam ser movimentos intensos, uma simples ação para pentear o cabelo ou vestir roupa já é o suficiente para notar o aumento das dores.

Dor no ombro: Tendinite

A tendinite é um problema bem parecido à bursite, mas neste caso o processo inflamatório acontece nos tendões do ombro, ao invés da bursa. Em vários casos, a pessoa pode desenvolver ambos os problemas uma vez que os fatores causadores são praticamente os mesmos, ou seja, podendo afetar os dois tipos de estrutura ao mesmo tempo.

Tendinite: Quais os sintomas?

O principal sintoma é o surgimento de uma forte dor na parte frontal do ombro. Este incômodo é facilmente notado quando a pessoa realiza algum movimento acima da linha da cabeça ou estende completamente o braço para a frente.

Dor no ombro: Artrite

Também é um processo inflamatório da articulação do ombro e é mais comum entre os idosos, mas também pode afetar os jovens e adultos que por excesso de carga e movimentos, acabam causando um desgaste desta articulação do ombro.

Artrite: Quais os sintomas?

Os principais sintomas são: inchaço, vermelhidão e além da dor intensa no ombro, a pessoa que tem artrite tem extrema dificuldade para movimentar o braço do ombro afetado. Como este problema não é classificado como temporário, os sintomas podem piorar caso a pessoa não procure o tratamento adequado.

Dor no ombro: Capsulite adesiva

Popularmente conhecido como ombro congelado, este problema caracteriza-se por uma inflamação crônica do ombro, dificultando bastante os movimentos desta articulação. A capsulite adesiva ocorre com mais frequência entre as mulheres com mais de 40 anos, e principalmente as que por algum motivo tiveram que imobilizar o braço por 2 meses ou mais.

Capsulite adesiva: Quais os sintomas?

Os sintomas são dores intensas e extrema dificuldade para movimentar o braço. Em alguns casos, essa limitação de movimento vai aumentando gradativamente, assim como a intensidade das dores também vai piorando.

Dor no ombro: Fraturas

Apesar da gravidade de uma lesão deste tipo, as fraturas são fáceis de identificar, mas é importante observar todos os sintomas. As fraturas ósseas no ombro mais comuns são na clavícula e no úmero, quase sempre devido às quedas, pancadas ou acidentes.

Fraturas no ombro: Quais os sintomas?

As grandes fraturas causam dores extremamente fortes, bastante inchaço e manchas roxas na pele. Mas no caso das pequenas fraturas, os sintomas podem ser praticamente imperceptíveis! Geralmente há uma pequena e ligeira dor, que vai aumentando ao longo do tempo e com isso, vai comprometendo o movimento do braço.

Dor no ombro: Como tratar?

O tratamento para qualquer problema de ombro só pode ser iniciado após a realização de uma avaliação completa. Portanto, ao suspeitar de qualquer problema no ombro, o mais indicado é buscar um médico e fazer a análise detalhada.

O tratamento indicado vai depender de diversos fatores como por exemplo, tipo de problema, intensidade das dores, gravidade da lesão e outros. Sendo assim, o tratamento pode ser bem simples como uso de medicamento anti-inflamatório, repouso e compressa fria. Mas também pode ser mais específico, necessitando de fisioterapia e até mesmo intervenção cirúrgica.

Antes de finalizar, alertamos sobre o uso de medicamento sem prescrição médica, jamais utilize medicamentos por contra própria! Esta atitude pode lhe trazer graves consequências e o resultado pode ser totalmente o inverso do que deseja.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)