Existe aula de natação para quem tem medo de água? Como aprender a nadar quando a pessoa tem fobia de água? Neste artigo vamos falar como perder o medo de nadar e aproveitar todos os benefícios que a natação tem para oferecer! Conheça todas as dicas que a professora de Educação Física Nauana Késia compartilhou conosco!

Você certamente já conheceu alguém que tem ou tinha medo de nadar! Existem pessoas que possuem fobia à água e nestes casos, além de ter medo de nadar, elas não conseguem sequer chegar perto de uma piscina, por exemplo. Portanto, para estas pessoas, nadar se torna um desafio assustador e praticamente impossível. Bem, talvez você seja uma dessas pessoas citadas acima, mas saiba que este medo de água pode ser superado!

Como perder o medo de água?

Dicas para você superar o medo de água e aprender a nadar!

Medo de água: Qual a razão?

Este problema as vezes envolve muito mais que o medo, existem pessoas que além deste receio, ainda são extremamente vergonhosas. Acredite, estes aspectos podem afastar da natação, pessoas de diversas idades. Na sequência deste artigo, vamos passar várias dicas importantes para te ajudar a superar este medo de nadar.

Um dos principais motivos pelo qual as pessoas tem medo de nadar é devido à algum trauma sofrido relacionado à água. Este trauma pode ter sido vivido pela própria pessoa, ou relatado por alguém e isso acarreta diversos aspectos psicológicos negativos ao longo da vida.

Medo de água: Como superar?

Para algumas pessoas, o processo para superar totalmente esse medo vai precisar da ajuda de um psicólogo, mas para a grande maioria, encontrar um bom professor de natação já é o suficiente. Encontrar este profissional capacitado e que lhe passe a devida confiança, é sem dúvidas um fator primordial para superar este medo.

Quando o professor é bom e sabe o que faz, ele deixa bem claro para todos os alunos que os métodos para se ensinar natação variam de acordo com a idade e principalmente com a experiência que a pessoa tem com a piscina. O processo para as crianças é totalmente diferentes do que para os adultos, visto que a maturidade é diferente, principalmente quando as pessoas já tem alguma experiência na modalidade.

O ideal é buscar turmas que tenham mais ou menos o mesmo nível, pois assim as chances de ficar envergonhado e com medo de fazer algo errado irão diminuir bastante, uma vez que todos se encontram mais ou menos com as mesmas dificuldades. Não tenha medo de expor as suas limitações, principalmente quando estiver em alguma aula, este é o ambiente ideal para superá-las!

Outra dica interessante, é contar com a companhia de um amigo, caso ele tenha as mesmas dificuldades que você melhor ainda, pois assim um poderá ajudar o outro e ambos poderão se motivar ao longo dos novos desafios e conquistas.

Perder o medo de nadar: Passos iniciais!

Entre vários outros benefícios, a água promove um relaxamento muscular e psicológico, por isso nadar deve te trazer prazer e nunca parecer obrigação! Assim, para se perder o medo você pode começar optando por técnicas de relaxamento antes mesmo de entrar na água, por exemplo, realizar uma respiração mais profunda.

Antes mesmo de iniciar em qualquer técnica de nado, aprenda a flutuar na água. Esse processo é importante para a sua adaptação no meio líquido. Isso vai lhe proporcionar uma confiança muito maior na hora de novas técnicas. Caso esteja com dificuldades, peça ajuda ao professor.

Os primeiros movimentos para entrar na água podem parecer aterrorizantes, saiba que isso é natural, uma vez que você está entrando em um ambiente totalmente diferente do habitual. Sendo assim, entre na água aos poucos ou se preferir, sente-se na borda da piscina e mantenha apenas as pernas submersas, tudo isso faz parte do processo de adaptação ao ambiente aquático.

Dica importante, jamais entre em uma piscina sem o professor perto e principalmente, escolha sempre o lado mais raso da piscina para iniciar os seus passos. Não tenha vergonha de se apoiar na borda ou em outra pessoa, tudo isso é muito mais comum do que você imagina. O importante é que você se sinta totalmente confortável e seguro!

Perder o medo de nadar: Colocando o rosto na água!

A natação envolve muito mais que os movimentos corporais, o controle emocional é tão importante quanto. É importante compreender que nadar é um processo progressivo e gradual, além do lado mecânico do movimento, a pessoa precisa aprender a controlar também a sua respiração e colocar o rosto na água parece ser um dos maiores desafios de quem tem medo de água! Grande parte acredita que só de colocar o rosto dentro da água já será suficiente para se afogar, mas não é bem assim!

Portanto, acostume-se com as submersões fazendo-as de forma bem rápida, ou seja, assim que encostar o rosto na água já retire novamente. Aos poucos você conseguirá manter o rosto dentro d`água por mais tempo! Não se desespere, faça isso tranquilamente e você vai perceber que é algo muito natural. Realize estes movimentos na parte rasa da piscina e se quiser, segure na borda para aumentar ainda mais a sua segurança e em caso de algum imprevisto, basta que você se segure neste apoio.

Lembre-se de respeitar os seus limites, não tente seguir a evolução de outra pessoa, pois isso pode ser muito perigoso e te trazer um susto que pode lhe afastar de vez da natação. Apesar de parecer muita coisa, mesmo você que morre de medo pode dominar tudo isso e em poucos meses, pode deixar de ser aquela pessoa que morria de medo de piscina, para uma pessoa que aprendeu as técnicas adequadas e buscou passo a passo o tão sonhado sonho de nadar.

Nadar é muito bom para a saúde!

Por fim, diante de todas essas dicas, esperamos que você possa vencer o medo e possa começar a nadar. Lembre-se de buscar aquele professor que lhe passe total confiança e segurança, mas saiba que é em suas mãos que está a maior responsabilidade de superar esse medo.

Antes de iniciar qualquer atividade física, busque um médico e realize uma avaliação completa para obter a liberação para se exercitar. Este passo é importante, uma vez que desta forma você estará evitando diversos riscos desnecessários.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Como perder o medo de nadar? Dicas importantes!”

  1. Pilar Labbê

    Gostaria de achar um bom professor de natação pois tenho fobia principalmente quando não estou com o professor ou a professora, também não consigo flutuar.

    Responder
    • Bruno

      Boa tarde, é muito natural ficar com medo quando o professor não está perto, mas se a piscina não for funda e você conseguir ficar em pé, basta ir se acostumando com o movimento de ficar em pé. Assim que se sentir insegura com algo, basta fazer o movimento com o corpo e ficar de pé dentro da piscina. O medo se perde pouco a pouco, mas é preciso enfrentá-lo.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)