Cirrose tem cura? Este problema afeta principalmente as pessoas que fazem consumo excessivo de bebidas alcoólicas, mas é importante frisar que esta não é a única causa. Neste artigo vamos falar sobre os sintomas de cirrose, e também vamos explicar quais são as principais causas e como evitá-las.

Cirrose: O que é?

A cirrose é caracterizada pela formação de nódulos e/ou fibrose no fígado. Quando a pessoa está com cirrose, acontece a destruição das células do fígado, fazendo com que as suas funções sejam completamente comprometidas ou até mesmo paralisadas.

Cirrose: Quais as causas?

Como citamos no início do artigo, o principal fator de risco da cirrose é justamente o consumo excessivo de álcool. Entretanto, além do alcoolismo podemos citar outros fatores de risco como por exemplo, o contágio por Hepatite B e C, além do uso de alguns tipos de medicamentos.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que cerca de 57% dos casos de cirrose hepática, além de cerca de 78% dos casos de câncer hepático estão diretamente relacionados aos vírus de Hepatite B e C.

Cirrose hepática, cirrose sintomas!

Saiba como se prevenir da cirrose, que é um grave problema de saúde!

Cirrose: Diagnóstico

O diagnóstico geralmente é feito com exames de laboratório e avaliação clínica. Portanto, você deve buscar um médico sempre que sentir algo errado. Para permitir um diagnóstico mais preciso, é necessário analisar detalhadamente os resultados dos exames de imagem, sendo que o mais usado é o ultrassom.

Em alguns casos mais raros, os médicos podem pedir um exame de biópsia das células do fígado, sendo fundamental para avaliar qualquer risco de desenvolvimento de um possível câncer.

Cirrose: Quais os sintomas?

Os principais sintomas de cirrose são cansaço constante sem explicação, rompimento dos vasos sanguíneos, inchaço na região abdominal, pele e/ou olhos amarelados.

A cirrose inicialmente não apresenta grandes sinais aparentes, ou seja, este problema geralmente só é descoberto no início por pessoas que fazem exames de rotina regularmente. Então podemos afirmar que grande parte das pessoas com cirrose, só descobrem o problema quando o quadro é avançado.

Cirrose: Como tratar?

Muita gente pergunta se a cirrose tem cura e a resposta infelizmente não é boa! O tratamento de cirrose ainda não consegue a reversão do problema, ou seja, todos os métodos de tratamento visam combater o avanço do problema. A única forma de curar da cirrose é através de um transplante de fígado.

As principais forma de combater o avanço da cirrose é evitar o consumo excessivo de sal, frituras e carne vermelha. Quanto ao consumo de álcool, ele deve ser completamente excluído da sua vida.

Remédio para cirrose

O uso ou não de remédios para cirrose deve respeitar a prescrição médica, pois apenas este profissional saberá indicar qual é a dosagem e a duração correta para o seu tratamento. Portanto, siga à risca todas as orientações do seu médico e jamais se automedique!

O último alerta é que você jamais interrompa ou altere o medicamento sem consultar o seu médico. Qualquer alteração no tratamento pode agravar a doença ou causar efeitos colaterais gravíssimos. Evite todos os riscos desnecessários.

Neste vídeo abaixo você pode conferir informações importantes sobre a cirros e como ela pode afetar consideravelmente a sua qualidade de vida, vale a pena assistir!

Aqui no Buscar Saúde já fizemos um artigo completo falando sobre os principais problemas causados pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas, indicamos esta leitura complementar para saber como evitar os riscos de cirrose, além das outras doenças relacionadas ao consumo em excesso de álcool.

Espero que tenha gostado deste artigo e que possa nos ajudar a compartilhar estas importantes informações. Caso tenha ficado alguma dúvida ou tenha alguma sugestão, favor deixar nos comentários que iremos responder com maior prazer.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)