No artigo de hoje vamos ajudar as pessoas que sofrem com gastrite! Se você não sabe o que é gastrite, fique de olho nessas dicas e veja como prevenir este problema logo no início e se livrar de graves complicações futuras. Na sequência deste artigo vamos mostrar quais são as causas, sintomas, remédios e tratamento da gastrite.

Gastrite: O que é?

A gastrite pode ser definida como uma inflamação, infecção ou erosão do revestimento do estômago. A gastrite pode ser classificada de duas formas: A primeira é gastrite aguda, onde a sua duração é de apenas alguns dias. A segunda é gastrite crônica ou gastrite nervosa como é conhecida, neste caso, o problema pode durar meses ou até anos!

Gastrite, qual o tratamento?

Conheça todos os sintomas e causas da gastrite!

Gastrite: Quais as causas?

A principal causa da gastrite é a fraqueza da barreira mucosa que é responsável por proteger a parede estomacal. Com isso, permite que os sucos digestivos que são produzidos pelo estômago, comecem a causar danos ao tecido que reveste o órgão. Mas o que provoca esta fraqueza?

Bem, os principais causadores são as bactérias e caso não sejam tratadas, podem levar ao desenvolvimento de uma úlcera ou até mesmo câncer de estômago. Alguns vírus também podem causar inflamações e infecções que levam à gastrite e os especialistas afirmam que o refluxo da bile para dentro do estômago, também pode ser classificado como um dos causadores da gastrite.

Gastrite: Quais são os fatores de risco?

Existem vários fatores que podem agravar a gastrite ou aumentar as chances de uma pessoa desenvolvê-la. Todos estes fatores de risco serão apresentados detalhadamente na sequência, confiram:

  • Fazer uso de analgésico – As pessoas que usam constantemente esses medicamentos, interferem na produção de uma substância importantíssima que auxilia na proteção do revestimento do estômago.
  • Idade – As chances de uma pessoa desenvolver gastrite aumentam a cada ano, isso acontece porque quanto mais velha a pessoa fica, mais flácido tende a ficar o revestimento do estômago. Outro problema é que quanto mais velho, maiores são as chances de uma pessoa ser infectada por bactérias e vírus e com isso, desenvolver várias doenças, inclusive a gastrite.
  • Consumo de bebidas alcoólicas – As pessoas que fazem consumo excessivo de bebidas alcoólicas favorecem uma irritação do revestimento estomacal. Consequentemente, há uma elevação nos danos causados pelos sucos gástricos que são produzidos pelo estômago e são importantes para a digestão.
  • Estresse – As pessoas que passam por momentos de estresse frequentemente, também sofrem bastante com problemas estomacais. Sendo assim, a gastrite e a úlcera são problemas bem comuns entre as pessoas estressadas.
  • HIV – As pessoas infectadas com o vírus da Aids, apresentam muitas falhas no sistema imunológico e por isso, estão sempre mais sujeitas a sofrer com infecções de bactérias e outros vírus.
  • Uso de drogas – Os usuários de drogas também podem sofrer com a gastrite, principalmente aqueles que são viciados em cocaína.

Gastrite: Quais os sintomas?

O grande problema da gastrite é que às vezes ela pode passar desapercebida e a pessoa só notar quando o problema estiver bem avançado. Portanto, é muito importante ficar atento aos sintomas, são eles:

  • Azia
  • Queimação
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Indigestão
  • Falta de apetite
  • Dor abdominal
  • Fezes escuras
  • Vômito de sangue

Gastrite: Quais são os exames?

O diagnóstico só pode ser feito por um especialista, então é muito importante buscar um médico para avaliar detalhadamente o problema. Sempre que sentir dores na região da barriga ou do abdômen e notar um ou mais dos sintomas apresentados, busque imediatamente o médico de confiança. Alguns cuidados devem ser tomados antes da consulta, por exemplo, evitar o consumo de bebidas alcoólicas ou substâncias tóxicas, porque elas podem causar mais irritação e dificultar o diagnóstico.

A endoscopia é uma opção bem comum para avaliar o estômago. Amostras da região estomacal serão coletadas para serem avaliadas em testes de laboratório, que poderão confirmar ou não a existência da bactéria. Em alguns casos, os médicos também optam por fazer um raio-X de todo o trato digestório para descobrir possíveis anormalidades.

Gastrite: Qual o tratamento?

Como tratar a gastrite? A resposta pode variar muito, visto que o tratamento depende muito da origem do problema. Como foi dito, bactérias, vírus e outras causas podem ter originado a gastrite e com isso, o tratamento deve contar com os medicamentos certos. Sendo assim, os medicamentos são muito importantes para o tratamento da gastrite, mas apenas um médico pode receitar qual o medicamento mais indicado para o seu caso.

Respeitar a orientação médica é o primeiro passo para um tratamento eficaz e seguro. As pessoas que tomam remédio por conta própria estão correndo muitos riscos, porque a dosagem pode ser incorreta ou pior ainda, o medicamento pode ser para combater uma bactéria e a causa é um vírus. Jamais interrompa o uso do medicamento sem a orientação médica, mesmo que as dores tenham acabado.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Gastrite, Causas, Sintomas e Tratamento!”

  1. Antonio Carlos Fadel

    Adorei o comentáriol

    Responder
    • Bruno

      Agradeço e fico feliz que tenha gostado!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)