É verdade que gengibre faz bem para a voz? Existem pessoas que afirmam que o gengibre pode ajudar no emagrecimento, má digestão, enjoo, resfriado, azia, gastrite, pressão alta, dores musculares, tosse e até problemas circulatórios.

Neste artigo vamos mostrar todos os benefícios do gengibre para a saúde e falar detalhadamente da propriedade do gengibre! Saiba quais os benefícios do chá de gengibre.

Gengibre: O que é?

Conhecido como uma planta medicinal que tem sabor apimentado, o gengibre pode ser usado como tempero para os alimentos, diminuindo bastante a necessidade de sal. O gengibre é uma raiz bastante usada no tratamento de pessoas com problemas circulatórios, resfriados ou inflamações diversas, sendo que a dor de garganta é o problema mais comum combatido com gengibre!

Provavelmente você não saiba, mas o nome científico do gengibre é Zingiber officinale e talvez este é o nome que você irá encontrar nas lojas de produtos naturais, mercados, farmácias de manipulação e feiras livres. Você pode encontrar o gengibre tanto na sua forma natural de raiz, como também em pó ou em cápsulas.

Quais os benefícios do gengibre?

Chá de gengibre faz bem para a saúde?

Gengibre: Quais as suas propriedades?

As propriedades do gengibre são muitas e fazem com que ele possa ser usado para diversos tratamentos como já citamos no início do artigo!  Dentre as principais ações, podemos citar o seu poder anticoagulante, digestivo, vasodilatador, analgésico, anti-inflamatório e antiespasmódico.

Geralmente é usada a raiz do gengibre para fazer chá que tem um preparo muito simples! Se você for preparar um chá de gengibre para combater o resfriado e/ou dor de garganta, basta colocar de 2 a 3 cm de raiz de gengibre em uma panela com 200 ml de água. Deixe ferver por 5 minutos e depois é só coar e esperar esfriar antes de tomar!

É importe frisar que a pessoa jamais deve usar gengibre para tratamentos sem consultar a opinião de um médico antes. Talvez você não saiba, mas existem efeitos colaterais do gengibre, ou seja, existem riscos que você não deve correr! Dentre os principais efeitos colaterais do gengibre estão as dores de estômago e sonolência.

O gengibre é contraindicado para as pessoas que tomam remédios anticoagulantes, porque pode aumentar o risco de hemorragias. As pessoas que tomam remédios para controlar a pressão alta também devem evitar o consumo de gengibre, a não ser que o médico libere. A alimentação na gestação também deve ser bem cuidadosa e como o gengibre pode ter efeitos colaterais para as mulheres grávidas, o seu consumo deve ser evitado.

Gengibre: Valor nutricional

Entenda que os valores indicados na lista abaixo são referentes à uma quantidade de 100 gramas de gengibre. Portanto, os valores nutricionais são:

  • Energia – 80 calorias
  • Gorduras – 0,8 g
  • Proteína – 1,8 g
  • Fibras – 2 g
  • Carboidratos – 18 g
  • Potássio – 415 mg
  • Vitamina C – 5 mg

Suco de limão com hortelã e gengibre

Se você tiver conversado com seu médico e ele tiver liberado o consumo do gengibre, você pode aproveitar e preparar esta receita que vamos ensinar, que tem um modo de preparo extremamente simples! Com este suco de gengibre além de uma boa opção para se refrescar, naturalmente você vai estar cuidando da sua saúde, os ingredientes são:

  • 300 ml de suco de limão
  • 1 colher de sopa de casca de limão
  • 1 xícara de chá de hortelã
  • 1200 ml de água fria
  • 1 colher de sopa de gengibre com casca
  • 150 ml de água morna
  • 250 gramas de açúcar

Com todos os ingredientes separados, agora vamos ao modo de preparo que é muito prático e rápido! O primeiro passo é preparar o chá com as folhas de hortelã, em seguida você deve bater todos os ingredientes no liquidificador, e por fim basta coar e servir gelado.

Se quiser conhecer ainda mais os benefícios do gengibre, deixamos a seguir uma indicação de vídeo muito bacana que tem várias dicas interessantes, vale a pena conferir!

Encerramos aqui este artigo e queremos alertar novamente sobre a importância de respeitar todas as indicações médicas. O gengibre pode ser muito útil desde que seja consumido da maneira correta. Jamais altere seu tratamento ou faça uso do gengibre sem consultar um especialista, lembre-se que as informações passadas neste artigo são de caráter instrutivo e educativo.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou tenha alguma sugestão, deixe nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)