Todo mundo já ouviu falar pelo menos uma vez na vida sobre colesterol e dos riscos para a saúde, mas será que as pessoas sabem que existe colesterol bom e colesterol ruim? Neste artigo vamos falar sobre o que é colesterol, quais os tipos de colesterol e explicar o que é HDL e LDL!

Colesterol: O que é?

Em todas as células do nosso corpo existe uma substância gordurosa que é justamente o colesterol. Ao contrário do que muitos imaginam, o colesterol não é totalmente prejudicial, na verdade ele é indispensável para várias funções importantes em nosso organismo como por exemplo: a formação das membranas das nossas células, para síntese de hormônios, para a produção da bile, para digestão dos alimentos gordurosos, para formação da importante bainha de mielina e para metabolização das vitaminas A, D, E e K.

Colesterol hdl e colesterol ldl, qual a diferença?

Qual é o colesterol bom e o colesterol ruim?

O colesterol presente em nosso organismo tem basicamente duas origens. A primeira é a endógena, que é quando o colesterol é produzido pelo nosso próprio corpo, principalmente pelo nosso fígado. A segunda origem é a exógena que como você pode imaginar, é o colesterol adquirido através dos alimentos.

O colesterol por ser uma substância gordurosa não se dissolve no sangue, assim como as gotas de óleo não se dissolvem na água. Sendo assim, é preciso um transportador para fazer com que o colesterol viaje através da corrente sanguínea e alcance os tecidos periféricos, e esta função fica por conta das lipoproteínas que são produzidas no fígado.

Tipos de colesterol

Como citamos no início do artigo, existem 2 tipos de colesterol que são o HDL e o LDL. A principal diferença entre eles é que um é o chamado colesterol bom e outro é o colesterol ruim, vamos entender melhor isso!

  • HDL – Este é considerado como colesterol bom e tem a função de ajudar a retirar o colesterol ruim do corpo, levando-o para o fígado que tem a função de metabolizá-lo.
  • LDL – Este é considerado como colesterol ruim e é muito perigoso, porque provoca o acúmulo de gordura nas paredes internas das artérias, reduzindo o fluxo de sangue para o corpo, podendo causar doenças cardiovasculares como por exemplo, infarto e derrame.

Estas siglas são referentes aos significados em inglês que querem dizer Low Density Lipoprotein para o colesterol LDL, que traduzindo para o português é lipoproteína de baixa densidade. E High Density Lipoprotein para o colesterol HDL, que traduzindo para o português é lipoproteína de alta densidade.

De acordo com os especialistas, os níveis ideais de colesterol LDL atualmente são classificados da seguinte forma:

  • LDL menor que 100 mg/dL: considerado ótimo
  • LDL entre 101 e 130 mg/dL: considerado normal
  • LDL entre 131 e 160 mg/dL: considerado normal/alto
  • LDL entre 161 e 190 mg/dL: considerado alto
  • LDL maior que 190 mg/dL: considerado muito alto

De acordo com os especialistas, os níveis ideais de colesterol HDL atualmente são classificados da seguinte forma:

  • HDL menor que 40 mg/dL: considerado baixo ou ruim
  • HDL entre 41 e 60 mg/dL: considerado normal
  • HDL maior que 60 mg/dL: considerado alto ou ótimo

Colesterol alto, o que fazer?

Quando o colesterol ruim está alto, algumas medidas precisam ser tomadas, dentre elas a principal é adotar uma dieta alimentar rica em gorduras insaturadas e pobre em gorduras saturadas. Este novo hábito alimentar é indicado para todas as pessoas, porque quem não tem problema de colesterol vai afastar de vez as chances de ter. E para as que estão com colesterol alto, é uma forma de combater este problema.

É importante saber que apenas o novo hábito alimentar não é suficiente para resolver o problema de colesterol alto, porque o aumento do colesterol LDL também está associado à fatores genéticos e alimentares. Aproximadamente 75% do colesterol do nosso corpo é produzido pelo fígado, ou seja, a mudança de hábito alimentar terá influência em apenas 25% do colesterol do nosso corpo.

Uma outra maneira de combater este problema é praticar exercício físico regularmente, visto que se exercitar eleva o HDL e a diminui o LDL. Existem casos em que a pessoa só vai reduzir o colesterol através de medicamentos, mas isso deve ser prescrito e orientado pelo médico, jamais se automedique!

Colesterol HDL alto faz mal?

A resposta é não! Várias pessoas possuem níveis elevados de HDL, principalmente as mulheres, mas isso não é sinal de doença. A realidade é justamente inversa, as pessoas que possuem níveis elevados de HDL são afortunadas e entre elas, o risco de doença cardíaca é muito baixo, principalmente se os níveis de LDL forem baixo. Sendo assim, ter HDL alto é um ótimo aliado para proteção contra várias doenças cardiovasculares.

O colesterol alto é extremamente perigoso porque não apresenta sintomas! A pessoa não sente, cansaço, dor de cabeça, falta de ar e nenhum outro sintoma, na verdade a dislipidemia é uma doença silenciosa e a única forma de saber os níveis de colesterol é através do exame lipidograma. Sendo assim, faça exames de prevenção periodicamente!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

4 comentários para “Colesterol bom ou ruim, como saber a diferença?”

  1. Vivi

    Muito bom este site, leio sempre que posso. Muito obrigada, ajuda muito.

    Responder
    • Bruno

      Eu agradeço por sempre visite o site e espero continuar ajudando bastante!

      Responder
  2. Selma Pavani

    Gostei muito, gostaria de receber sempre essas dicas.

    Responder
    • Bruno

      Selma obrigado pelo comentário, quando você abre o site aparece uma notificação para continuar recebendo as publicações do site é só clicar para ativar as notificações. Também pode seguir nossa página no Facebook, que todo artigo é postado também na página! Seja sempre bem vinda ao site Buscar Saúde.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)