O que é leucócito? Qual a função dos leucócitos? Quais são os tipos de leucócitos? Se você tinha alguma destas dúvidas, este artigo certamente vai te ajudar, porque além destas respostas vamos falar das causas de leucócitos altos e leucócitos baixos.

O que é leucócito?

Os leucócitos também são chamados de glóbulos brancos e são as células que tem a função de defender o organismo contra as infecções, alergias e doenças, ou seja, os leucócitos são fundamentais para o sistema imunológico da pessoa.

Os leucócitos são transportados no sangue todas as vezes que algum vírus, bactéria ou qualquer outro corpo estranho entre no organismo. Eles têm o objetivo de identificar o agente causador do problema e eliminá-lo, visando impedir que problemas mais graves possam afetar a saúde daquela pessoa.

Leucócitos altos, leucócitos baixos!

Quais são os tipos de leucócitos que existem no sangue?

Leucócitos: Formas de atuação

A atuação dos leucócitos na defesa do organismo basicamente acontece de dois modos:

  • Fagocitose – É neste modo que as células sanguíneas têm a função de englobar, digerir e destruir os microrganismos invasores.
  • Produção de anticorpos – Cabe aos anticorpos neutralizar a ação das substâncias tóxicas que são produzidas pelos seres invasores, além daqueles existentes nos alimentos que consumimos.

Caso você não saiba, aquele pus que fica acumulado nos machucados é formado por um conjunto de leucócitos, microrganismos mortos, além é claro do líquido que sai dos capilares nos pontos infectados.

Tipos de leucócitos

No nosso sangue existem diversos tipos de leucócitos. Eles possuem vários formatos, tamanhos, formas de núcleos e principalmente, funções diversas. Na lista abaixo você pode ver cada tipo de leucócito e quais as suas funções!

  • Neutrófilos, aproximadamente 60%. Eles são leucócitos ativos e numerosos, mas morrem ao fagocitarem as bactérias. Este tipo de leucócito também pode ser chamado de piócito ou corpúsculo de pus.
  • Eosinófilos, aproximadamente 4%. Eles são mais comuns na mucosa intestinal e quando o seu número aumenta muito no sangue, é um sinal claríssimo de algum processo alérgico.
  • Basófilos, aproximadamente 2%. Eles são os menos numerosos, mas são importantes por produzirem a heparina que é anticoagulante, além da histamina, que é a substância vasodilatadora liberada nos estados alérgicos.
  • Linfócitos, aproximadamente 29%. Eles são ativos nas reações a antígenos e estão envolvidos na produção de anticorpos. Este tipo de leucócito participa do mecanismo de rejeição dos enxertos, podendo ser chamados de células de rejeição.
  • Monócitos, aproximadamente 5%. Eles são leucócitos bem grandes e de intensa atividade fagocitária. Eles estão concentrados em grande número sempre nas regiões onde é o foco das infecções.

Leucócitos? Valor de referência

Geralmente o valor de referência dos leucócitos é entre 4.500 a 11.000 leucócitos/mm³ de sangue nos adultos. Quando estes valores estão alterados, pode ser um sinal de alguma infecção recente, situações de estresse ou até mesmo AIDS.

Leucócitos altos

Quando o número de leucócitos está alto, é um problema chamado de leucocitose. As principais causas são:

  • Infecções
  • Doenças recentes
  • Estresse
  • Efeito colateral de medicamento
  • Alergias
  • Leucemia

Leucócitos baixos

Quando o número de leucócitos está baixo, é um problema chamado de leucopenia. As principais causas são?

  • Anemia
  • Uso de antibióticos
  • Uso de diuréticos
  • Má nutrição
  • Sistema imunológico debilitado
  • HIV
  • Leucemia
  • Lúpus
  • Quimioterapia

Leucócitos na urina: O que pode ser?

Saiba que é natural apresentar leucócitos na urina, visto que esta é a via de eliminação dos leucócitos quando o seu tempo de vida acaba. Entretanto, existem situações em que o número aumento aumenta muito e isso é sinal de problema de saúde. Entre as mulheres, o aumento de leucócitos na urina pode ser um sinal de gravidez!

Bom agora vocês já sabem tudo sobre os leucócitos e se quiser saber algo mais de alguma parte específica do corpo, basta deixar nos comentários e quem sabe a sua sugestão não vire tema de um artigo!

Se tiver ficado alguma dúvida, deixe nos comentários que iremos responder com maior prazer.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)