O que é amnésia? Quais as causas de amnésia? Como tratar amnésia? Neste artigo vamos responder estas perguntas e dar muitas outras informações importantes sobre a amnésia e os seus sintomas.

Amnésia: O que é?

A amnésia é caracterizada pela perda total ou parcial da capacidade de recordar as experiências ou acontecimentos que aconteceram há poucos segundos ou nos dias anteriores.

Muita gente não imagina, mas várias áreas do cérebro estão envolvidas na memória, e uma lesão em qualquer uma destas áreas pode causar problemas de memória parcial ou total, caracterizando a amnésia.

Amnésia: Quais as causas?

As causas da amnésia ainda não são completamente compreendidas, mas estudos mostram que a duração da perda de memória está diretamente relacionada com o grau da lesão, ou seja, quanto mais grave for a lesão, mais afetada a memória fica!

Quais os sintomas da amnésia?

Conheça as principais causas da amnésia! Saiba como agir em caso de amnésia.

A avaliação da perda de memória é feita de forma bem simples! Geralmente os médicos fazem perguntas relacionadas ao cotidiano da pessoa. Existem 3 classificações para a perda de memória, são elas:

  • Retrógrada – Neste tipo a perda de memória é para os eventos antes da causa da amnésia.
  • Anterógrada – Neste tipo a perda de memória é para os eventos após a causa da amnésia.
  • Sensação específica – Neste tipo, a perda de memória é para eventos processados a partir de alguma sensação, como por exemplo, a audição.

Nos casos de amnésia, a perda de memória envolve lembranças e sentimentos, mas em alguns casos mais raros, algumas aptidões aprendidas também são afetadas. As possíveis causas de amnésia são:

  • Problemas nutricionais
  • Traumatismo craniano
  • Redução do fluxo sanguíneo no cérebro
  • Consumo excessivo de álcool
  • Tumor cerebral
  • Efeito colateral de medicamentos
  • AVC
  • Paradas cardíacas
  • Convulsões
  • Infecções cerebral
  • Demência
  • Alzheimer

A amnésia temporária geralmente acontece depois de um forte impacto, assim como acontece nos casos de traumatismo craniano. A amnésia permanente não pode ser revertida, ocorrendo principalmente nos casos de encefalite ou AVC. Por último vem a amnésia progressiva que como o próprio nome já diz, está relacionada com distúrbios degenerativos que afetam o cérebro, tendo como principal exemplo a doença de Alzheimer.

Sintomas de amnésia

Os sintomas da amnésia as vezes nem são notados, pois o problema pode durar apenas alguns minutos, mas em vários casos a amnésia pode durar várias horas ou até semanas. Em grande parte dos casos de perda de memória parcial, as pessoas recuperam a memória sem nenhum tratamento. Entretanto, nos casos em que as lesões cerebrais são mais graves, a pessoa pode ficar incapacitada até de formar novas memórias.

As pessoas afetadas são mais propensas a lembrar de coisas do passado distante. Por exemplo, as pessoas podem se lembrar de seu cônjuge de seu primeiro casamento, mas não do casamento atual.

No vídeo abaixo você pode conferir ainda mais informações sobre a perda de memória. Vale muito a pena assistir para facilitar ainda mais a sua compreensão sobre o tema!

Amnésia: Quais os tratamentos?

Em grande parte dos casos o problema não pode ser tratado! O que pode ser feito é tratar os causadores, se for possível. Vale lembrar que o tratamento pode ou não diminuir a amnésia, tudo vai depender da evolução de cada caso.

Este assunto é realmente muito complexo, visto que muitas informações ainda não são totalmente conclusivas. A pessoa com amnésia precisa de muito apoio. As pessoas que convivem com alguém com perda de memória precisam ter muita paciência para lidar com a situação, porque é muito comum que a vítima esqueça até mesmo dos parentes ou conjugues.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou tenha uma sugestão sobre o tema, deixe nos comentários que iremos responder com maior prazer. A sua opinião é muito importante para melhorar a qualidade do conteúdo que apresentamos aqui no Buscar Saúde.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)