A dor de ouvido é um problema que pode prejudicar demais a qualidade de vida de uma pessoa, causando outros tipos de incômodos como por exemplo, estresse, dor de cabeça e alteração na qualidade do sono. Neste artigo vamos falar tudo sobre a dor de ouvido, além de explicar como prevenir e mostrar quais são as principais causas da dor de ouvido.

Dor de ouvido: O que é?

Cientificamente conhecida como otalgia, a dor de ouvido é tratada como um sintoma de vários problemas relacionadas ou não ao aparelho auditivo. A dor de ouvido geralmente surge em apenas um dos ouvidos, mas existem casos em que o sintoma pode aparecer nos dois ouvidos!

Uma das primeiras coisas que a pessoa com dor de ouvido deve observar, é como a dor se manifesta, se é uma espécie de pontada, queimação ou até mesmo pressão. Outra observação importante é se a dor é constante ou oscilante.

Dor de ouvido: Sintomas

Como falamos, é comum que a pessoa com dor de ouvido sinta outros incômodos, além dos 3 que já citamos, a dor de ouvido também pode vir acompanhada de:

Remédio para dor de ouvido

Veja o que causa dor de ouvido e como evitar este problema!

Dor de ouvido em bebês e crianças

Esta é uma dúvida frequente, visto que é muito comum que este problema afete os bebês e as crianças, então como identificar a dor de ouvido nos pequenos? Neste caso, os pais ou responsáveis devem ficar atentos aos sinais secundários que mostram que algo está errado. Os principais sinais são:

  • Aumento na irritabilidade
  • Cheiro ruim no ouvido
  • Choro constante
  • Líquido excretado pelo ouvido
  • Puxar ou esfregar demais a orelha
  • Febre alta
  • Alteração no apetite
  • Alteração no equilíbrio
  • Dificuldade para dormir
  • Dificuldade para ouvir
  • Inquietação durante a noite

Os bebês e as crianças são os mais suscetíveis a ter dor de ouvido. Porém, apesar de ser um problema perigoso, basta observar e tratar corretamente caso ocorra!

Os pais e responsáveis não precisam se desesperar, porque a dor de ouvido entre os bebês e as crianças é comum, visto que o sistema imunológico deles está em constante desenvolvimento, e como a tuba auditiva é naturalmente menor, as chances de obstrução que leva à uma infecção é muito maior.

Dor de ouvido: Quais as causas?

Este problema pode ser causado por vários fatores, mas as causas mais comuns estão relacionadas às infecções por vírus ou bactérias. Na sequência do artigo vamos explicar as principais causas e você vai entender melhor como surge a dor de ouvido.

Dor de ouvido: Barotrauma

A pessoa com este problema sente uma pressão desigual no ouvido, e geralmente é causado por um bloqueio na tuba auditiva. Entretanto, este problema também pode ser provocado quando a pressão externa sofre uma mudança brusca e repentina, fazendo com que o ouvido demore a se adaptar. Este desconforto pode ou não causar uma perda auditiva parcial temporária!

O Barotrauma é muito comum durante a decolagem e pouso de avião, além dos mergulhos. Mas uma pessoa que nunca mergulhou ou entrou em um avião também pode ter este problema, visto que ele também pode ser causado quando há uma produção excessiva de muco na garganta e/ou nariz. As pessoas que têm gripes, sinusite, ou rinite são as mais propensas!

Dor de ouvido: Infecções

A dor de ouvido quase sempre está relacionada à alguma infecção de ouvido, que acontece quando um vírus ou bactéria que causou infecções na garganta sobem pela tuba auditiva, deixando o tímpano inflamado.

Este tipo de infecção é chamado de otites e caso a infecção não seja tratada corretamente, pode resultar em dor de ouvido intensa, sendo que em alguns casos a pessoa chega a ter perda auditiva. Caso você não saiba, existem dois tipos de otites que são: Otite externa e Otite média.

Dor de ouvido: Lesões

A dor de ouvido pode surgir quando alguma parte do ouvido é lesionada, e isso é comum, pois se trata de uma região muito sensível. A lesão mais comum e mais conhecida é a perfuração do tímpano. As lesões podem ser causadas por:

  • Objetos penetrantes
  • Bruxismo
  • Excesso de pressão com algum objeto estranho
  • Sinusite
  • Alterações na mandíbula
  • Excesso de cera
  • Nevralgia do trigêmeo
  • Alterações pelo nascimento do dente do siso
  • Disfunção temporomandibular

Dor de ouvido: Quando procurar um médico?

Quando a dor de ouvido é intensa e permanece por mais de 24 horas, o médico deve ser consultado, pois pode ser um sinal de algum problema mais grave. Porém, se houver presença de secreções e mau cheiro no ouvido, o médico deve ser consultado assim que perceber estes sinais.

Remédio para dor de ouvido

Na maioria dos casos, a dor de ouvido para sozinha, mas nos casos de infecções a pessoa deve seguir rigorosamente as orientações médicas. Os tratamentos para dor de ouvido podem ou não contar com medicamentos para aliviar os sintomas, mas a pessoa jamais deve se automedicar ou alterar o tratamento proposto pelo especialista.

Quando o caso é mais grave pode ser necessário um procedimento cirúrgico, geralmente para desobstruir o ouvido. Neste tipo de tratamento um tubo de ventilação é inserido no tímpano, evitando uma nova obstrução e permitindo o equilíbrio da pressão interna e externa.

Remédio caseiro para a dor de ouvido

O procedimento caseiro mais conhecido para combater a dor de ouvido é o uso de compressa quente! Esta aplicação pode reduzir a intensidade da dor até que a pessoa possa tratar a causa do problema.

Os especialistas indicam que a pessoa use as compressas próprias, mas caso não seja possível, ela pode usar um pano quente. O alerta que fica, é que a pessoa não exagere na temperatura, ou seja, é compressa morna e não extremamente quente.

Dor de ouvido: Como prevenir?

A melhor forma de prevenção da dor de ouvido é evitando as lesões e infecções! Para isso a pessoa deve manter uma ótima higienização do ouvido. Como falamos, a infecção de ouvido pode decorrer de uma infecção de garganta, então é necessário prevenir também este tipo de risco. Evite compartilhar copos, talheres e outros objetos pessoais de uso oral, e lave sempre as mãos para eliminar os microrganismos.

A dor de ouvido pode afetar as pessoas de qualquer idade, mas se for tratada corretamente, dificilmente vai trazer complicações mais graves. Portanto, observe os sintomas e se achar que algo está fora do normal, busque o acompanhamento médico e siga o tratamento corretamente.

Se tiver gostado deste artigo, nos ajude a compartilhar estas importantes informações enviando para seus amigos e familiares. Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe nos comentários que iremos responder com maior prazer.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Dor de ouvido, o que fazer? Causas, sintomas e tratamento!”

  1. Jose

    Muito bom

    Responder
    • Bruno

      Obrigado pelo elogio, espero que continue lendo o Buscar Saúde!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)