O Coronavírus tem deixado muitas pessoas em pânico! Este vírus é poderoso e o número de vítimas fatais só aumenta no mundo todo. Neste artigo o Buscar Saúde vai explicar o que é Coronavírus, quais os sintomas do Coronavírus, além de mostrar o que fazer para evitar a transmissão e contaminação pelo Coronavírus.

O que é Coronavírus?

Quando falamos em Coronavírus, na verdade estamos falando de um grupo de vírus que fazem parte da família Coronaviridae. Caso você não saiba, estes vírus são os causadores das infecções respiratórias.

É importante compreender que existem vários tipos de vírus desta família, sendo que a maioria destes Coronavírus não causam infecções ou doenças graves! Dentre os principais tipos de Coronavírus podemos citar:

  • 229E
  • 2019-nCoV
  • NL63
  • SARS-CoV
  • OC43
  • MERS-CoV
  • HKU1
Tipos de Coronavírus.

Saiba o que é Coronavírus e como se proteger desta grave doença!

Os vírus NL63, HKU1, OC43 e 229E são os causadores dos resfriados comuns e doenças respiratórias leves. Estes tipos de vírus são combatidos naturalmente pelo sistema imunológico do próprio organismo! Porém, existem os outros 3 tipos que estão diretamente associados às doenças respiratórias graves.

O primeiro é o SARS-CoV, responsável pela Síndrome Respiratória Aguda Grave, e o segundo é o MERS-CoV, responsável pela Síndrome Respiratória do Oriente Médio. Atualmente quase todo mundo ficou sabendo de um outro tipo de Coronavírus, ele é chamado de 2019-nCoV e tem relação direta com as doenças respiratórias na China.

Infelizmente ainda não existem muitas informações sobre esse último tipo de Coronavírus, mas diversas pesquisas e estudos já estão sendo realizados. O que se sabe até o momento é que assim como os vírus SARS-CoV e MERS-CoV, o vírus 2019-nCoV também provoca infecção respiratória gravíssima, podendo causar insuficiência respiratória e levar ao óbito!

Coronavírus: Transmissão

Este vírus pode ser liberado no ar ao tossir, espirrar ou por meio do contato via fecal-oral. A transmissão do Coronavírus pode acontecer de animais para as pessoas, e também de pessoa para pessoa. Geralmente a primeira transmissão é de animal para a pessoa, e depois acontece em grande escala de pessoa para pessoa, assim como está acontecendo com o vírus 2019-nCoV.

As primeiras informações mostram que o vírus foi encontrado em várias pessoas que frequentaram um mercado de comida exótica na China. Entretanto, também já existem casos de pessoas que não frequentaram este mercado, dificultando um pouco o caminho para encontrar a origem do problema.

Coronavírus: Sintomas de infecção

Um dos principais motivos para facilitar a transmissão é que o Coronavírus tem um tempo de incubação que varia entre 2 e 14 dias, ou seja, em alguns casos o vírus pode demorar duas semanas para causar os primeiros da doença. Outro grande problema no combate é que os sintomas da infecção por Coronavírus são bem parecidos com os da gripe comum, são eles:

  • Mal estar
  • Coriza
  • Dor de garganta
  • Febre
  • Tosse
  • Dor de cabeça

Em alguns casos específicos e mais graves, a pessoa também pode sentir dores musculares e problemas gastrointestinais como por exemplo, diarreia e vômito. Nos exames de sangue também podem ser notadas alterações na quantidade de plaquetas, linfócitos e neutrófilos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o diagnóstico deste tipo de infecção por Coronavírus deve ser baseado nos parâmetros clínicos e epidemiológicos. Deve-se observar sempre se houve viagens ou contato com pessoas que estiveram em lugares onde já foram identificados casos de Coronavírus.

Coronavírus: Como tratar?

No momento não existe um tratamento específico para a infecção pelo Coronavírus. A orientação é manter uma ótima hidratação corporal, ficar de repouso, além de adotar uma alimentação leve e equilibrada.

Como ainda não existe uma vacina contra este novo vírus, o mais indicado é adotar todas as formas de prevenção. De acordo com os especialistas, você deve evitar qualquer tipo de contato com pessoas que possuem sintomas de infecção respiratória. Também deve evitar o contato com animais doentes e manter a boa higienização corporal, principalmente lavar as mãos frequentemente.

Se quiser saber mais sobre este problema, abaixo tem vídeo que fala exclusivamente do assunto, vale a pena assistir para se informar ainda mais.

Continue acessando o Buscar Saúde para saber como se prevenir de problemas graves. Isso vai melhorar demais a sua qualidade de vida e também de toda a sua família!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)