A conjuntivite é um dos problemas mais comuns nos olhos e como muitas pessoas pesquisam sobre tratamento e sintomas de conjuntivite, resolvemos trazer este artigo que vai falar o que fazer e o que não fazer quando pegar conjuntivite, fiquem bem atentos!

Conjuntivite: O que é?

A conjuntivite consiste em uma inflamação da conjuntiva que é uma membrana que reveste os olhos e as pálpebras. Dentre os principais sintomas de conjuntivite, os mais comuns são vermelhidão intensa e muita secreção. Aqui no Buscar Saúde já fizemos um artigo completo sobre a conjuntivite e suas complicações, vale a pena conferir!

Conjuntivite: Causas

A conjuntivite é causada pela infecção por bactérias ou vírus e essas características explicam porque ela é transmitida com tamanha facilmente para as demais pessoas que convivem com a pessoa infectada. É importante frisar que as chances de contaminação são ainda maiores quando há contato direto com a pessoa ou com seus objetos.

Sintomas de conjuntivite

Saiba o que fazer quando pegar conjuntivite!

Conjuntivite: O que fazer?

Mesmo sendo um problema muito comum, várias pessoas ainda cometem erros primários e por isso resolvemos fazer este artigo com dicas de como agir quando estiver com conjuntivite. Saiba que essas informações podem ajudar a reduzir bastante o risco de transmissão, além de acelerar o processo de recuperação.

Conjuntivite: Evite usar lentes de contato

Quando a pessoa está com conjuntivite, os olhos ficam extremamente sensíveis e vulneráveis. A lente de contato que naturalmente já é um corpo estranho no olho, nessas condições pode ser muito perigosa pois pode facilitar o acumulo de vários tipos de bactérias.

Portanto, usar lentes de contato quando estiver com conjuntivite é perigoso por duas razões. A primeira é que pode agravar a infecção, atrasando bastante o tratamento e a recuperação, o segundo motivo é a chance das bactérias se espalharem para o outro olho é muito grande, principalmente se elas forem manuseadas próximas.

O uso das lentes naturalmente é liberado quando o prazo do trabalho e o uso dos antibióticos receitados pelo médico chegam ao fim. Geralmente isso acontece quando não existe mais qualquer secreção acumulada no olho ou nos olhos afetados.

Conjuntivite: Evitar o contato com objetos pessoais

A pessoa infectada pode transmitir a conjuntivite para outras pessoas até mesmo pelo seus objetos pessoais, que podem facilmente estar contaminados! Sendo assim, você deve evitar o contato com os objetos pessoais da pessoa infectada, porque tanto os vírus quanto as bactérias podem ser transmitidos com extrema facilidade através. Quando o assunto é conjuntivite, os objetos pessoais que mais devem ser evitados são as toalhas de banho e de rosto, além dos óculos e pincéis de maquiagem.

Conjuntivite: Lave sempre as mãos

Talvez você não saiba, mas é através das mãos que vários microrganismos chegam ao nosso corpo. Pare e pense quantas partes do corpo são tocadas diariamente, ou seja, todos estes locais podem estar recebendo e transmitindo vários tipos de microrganismos.

A pessoa com conjuntivite usa a mão para tocar e coçar o olho frequentemente, e neste momento muitas bactérias passam para a mão, e ao tocar outro objeto ela vai contaminar aquele objeto, por isso é tão importante lavar as mãos várias vezes durante o dia.

Aqui no canal já fizemos um artigo completo falando dos locais mais sujos que colocamos as mãos praticamente todos os dias. Indicamos esta leitura complementar porque vale muito a pena!

Conjuntivite: Cuidado ao tossir e espirrar

Através da saliva também há secreção que pode transmitir os microrganismos causadores da conjuntivite. Sendo assim, a pessoa infectada deve ter muito cuidado ao espirrar ou tossir, sendo aconselhado cobrir a boca com as mãos para evitar que uma enorme quantidade de bactérias seja lançada ao ar, podendo contaminar objetos e outras pessoas!

Conjuntivite: Limpar bem os olhos

Naquelas remelas que ficam no canto dos olhos também existem microrganismos, então a pessoa precisa fazer a limpeza sempre porque durante a conjuntivite, a produção desta remela é muito grande e se forem acumulando podem causar bastante incomodo e dificultar o tratamento.

Além disso, as remelas grudam muito facilmente às mãos, o que acaba aumentando o risco de transmissão da conjuntivite, já que as mãos tocam em vários objetos e pessoas durante o dia. Para limpar as remelas deve-se utilizar um pano limpo ou um guardanapo, sendo que depois é importante lavar com água bem quente ou jogar no lixo para não ficar desenvolvendo bactérias.

Conjuntivite: Usar óculos de sol

Apesar dos óculos de sol não serem fundamentais no tratamento e nem para impedir a transmissão da conjuntivite, eles são ótimos aliados da pessoa infectada para protegê-la da sensibilidade à luz. Quando a pessoa está com conjuntivite e precisa ir à locais claros como na rua em dias ensolarados por exemplo, o uso do óculos de sol reduz o incomodo pela luz, minimizando a irritação do olho.

Conjuntivite: Consuma vitamina A

O fortalecimento do sistema imunológico é muito importante, principalmente quando estamos com alguma doença ou problema de saúde. Para fortalecer o sistema imune, é indicado acrescentar muitos alimentos ricos em vitamina A como por exemplo, o leite, a cenoura, a manga e também o tomate. Além dos benefícios citados, a vitamina A também é importante para a manutenção da boa saúde dos olhos.

Chegamos ao final deste artigo e esperamos que tenham gostado das dicas e caso tenha ficado alguma dica sem citar, deixe nos comentários e ajude-nos a instruir outros leitores. Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe também nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)